Correio de Carajás

Ministério inclui pessoas com HIV em grupo prioritário da vacinação

Foto: reprodução
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O Ministério da Saúde incluiu na segunda-feira (29) na lista de prioridades da vacinação contra a Covid-19 pessoas vivendo com HIV, na faixa etária entre 18 e 59 anos. Anteriormente, o plano do governo contemplava maiores de 18 anos e com contagem de linfócitos T-CD4+. Segundo a nota técnica, a indicação é vacinar este grupo após encerrar a imunização de pessoas de 60 a 64 anos.

Pessoas vivendo com HIV foram inseridas no grupo de comorbidades, junto com outras doenças como hipertensão, diabetes e doenças cardiovasculares. A nota não informa, contudo, quantas pessoas devem entrar nesse grupo.

O ministério diz que a nova atualização visa “reduzir o impacto da pandemia nesse grupo, especialmente em relação ao risco de hospitalização e óbito”.

Leia mais:

A pasta também informa que a contraindicação da vacina para esse público segue os mesmos critérios da população geral: “hipersensibilidade ao princípio ativo ou qualquer dos excipientes da vacina; para aquelas pessoas que apresentaram uma reação anafilática confirmada a uma dose anterior a da mesma vacina Covid-19”.

Veja a ordem dos grupos prioritários, segundo o Plano Nacional de Imunização:

  • Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas
  • Pessoas com deficiência institucionalizadas
  • Povos indígenas vivendo em terras indígenas
  • Trabalhadores da Saúde
  • Pessoas de 75 anos ou mais
  • Povos e comunidades tradicionais ribeirinhas
  • Povos e comunidades tradicionais quilombolas
  • Pessoas de 60 a 74 anos
  • Pessoas de 18 a 59 anos com comorbidades
  • Pessoas com deficiência permanente grave
  • Pessoas em situação de rua
  • População privada de liberdade
  • Funcionário do sistema de privação de liberdade
  • Trabalhadores de educação
  • Forças de segurança, salvamento e Forças Armadas
  • Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros
  • Trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário
  • Trabalhadores de transporte aéreo
  • Trabalhadores de transporte de aquaviário
  • Caminhoneiros
  • Trabalhadores portuários
  • Trabalhadores industriais

(Fonte:G1)

Comentários

Mais

Covid: Marabá inicia vacinação da população em geral no dia 19

Covid: Marabá inicia vacinação da população em geral no dia 19

A notícia mais esperada e sonhada pela população de Marabá finalmente foi confirmada na tarde desta quarta-feira (16) pela Prefeitura…
É falso que jogador dinamarquês tenha se vacinado antes de sofrer mal súbito

É falso que jogador dinamarquês tenha se vacinado antes de sofrer mal súbito

INVESTIGADO POR: VERIFICADO POR:    Tuíte informa como fonte uma entrevista feita para uma rádio italiana, cuja existência a própria…
Estudo com hidroxicloroquina não comprova eficácia no ‘tratamento precoce’

Estudo com hidroxicloroquina não comprova eficácia no ‘tratamento precoce’

INVESTIGADO POR:  VERIFICADO POR:  É enganosa postagem no Twitter que associa um estudo pré-publicado, portanto sem revisão dos pares, com…
Produtores de citrus, na região, precisam se cadastrar na Adepará

Produtores de citrus, na região, precisam se cadastrar na Adepará

Com o objetivo de realizar um trabalho preventivo e obter dados dos produtores de citrus – laranja, limão e tangerina…
Ao contrário do que afirma post, ivermectina em altas doses pode causar até convulsão

Ao contrário do que afirma post, ivermectina em altas doses pode causar até convulsão

INVESTIGADO POR:  VERIFICADO POR: É enganosa postagem de médico no Twitter e no Instagram afirmando que a ivermectina é um…
Saiba quem não deve tomar a Sputnik V; Anvisa autorizou Pará a comprar vacina

Saiba quem não deve tomar a Sputnik V; Anvisa autorizou Pará a comprar vacina

A importação da vacina Sputnik V ao Pará, aprovada nessa terça-feira, 15, deverá ser realizada sob condições controladas. Por isso de acordo…