Correio de Carajás

“Medida Certa” atende policiais acima do peso

O Programa “Medida Certa” atendeu a 100 policiais militares de Redenção até Marabá/ Fotos: Josseli Carvalho
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Encerrou nesta sexta-feira (23) mais uma etapa do programa “Medida Certa”, que foi criado pela Polícia Militar para auxiliar policiais que estão acima do peso. A equipe que deu acompanhou o treinamento e vem fazendo o acompanhamento dos militares em Marabá é composta por dois nutricionistas, dois educadores físicos, dois enfermeiros e dois fisioterapeutas. No sul e sudeste do Pará, nada menos de 100 policiais estão inseridos no programa.

À frente da equipe técnica, a major Ana Carolina Silva de Miranda, que é nutricionista, explica que o programa “Medida Certa” tem feito uma busca ativa em todo o Estado onde existem policiais obesos, com objetivo de oferecer planos de reeducação alimentar, incentivar práticas de atividades físicas, além de acompanhar a pressão arterial e as taxas de glicemia.

Major Carolina: “Nosso corpo é nossa ferramenta de trabalho”

Major Carolina explica que inicialmente é feita uma pré-seleção dos militares, por meio da qual se detecta os obesos, que são obrigados a participar do programa. Mas quem não for escalado para o “Medida Certa” e tiver interesse, também pode participar, porque o programa é aberto às demandas espontâneas.

Leia mais:

A oficial observa que atualmente se perdeu um pouco da prática efetiva das atividades físicas, não apenas entre os policiais, mas de forma geral, e isso tem contribuído para o crescimento do índice de obesidade. No caso dos policiais militares, isso pode ser um problema. “Nosso corpo é nossa ferramenta de trabalho”, resume, ao explicar que um policial, em plena ação, pode carregar até 20 kg, entre colete e armamentos. “Para suportar todo esse peso o corpo precisa estar preparado”.

Ainda de acordo com a major Carolina, a alimentação errada também é um problema para os militares, assim como o consumo de álcool também. Por isso, o programa incentiva a diminuição na ingestão de bebidas de alto teor etílico.

Sempre em forma

Entre os militares que participaram do “Medida Certa”, o cabo Naeldson Correa Brito, lotado na 1ª Companhia Independente de Missões Especiais (1ª CIME), classificou o programa como de grande valia, pois a sociedade precisa de policiais no ápice de sua forma física, até pela própria natureza da atividade policial.

Cabo Brito diz que sociedade precisa de policiais preparados

Seguindo o mesmo discurso da major Carolina, o cabo observa que o policial precisa ter consciência de que seu corpo é seu instrumento trabalho. Mas a própria correria do dia-a-dia, que afeta tantos trabalhadores, também impõe certas dificuldades aos PMs, que muitas vezes se alimentam rápido e em qualquer local, o que pode acarretar problemas de saúde.

“Por isso o policial tem que buscar esse suporte para melhorar sua qualidade de vida. A sociedade precisa de policiais que estejam bem psicologicamente, tecnicamente, mas fisicamente também, para resolução das ocorrências”, explica.

SAIBA MAIS

O “Medida Certa” começou pela Região Metropolitana e depois atendeu aos militares do 2º Comando de Policiamento Regional (CPR-II), com sede em Marabá, e CPR-V, sediado em Redenção, atendendo a todos os policiais do sul e sudeste do Pará.

(Chagas Filho e Josseli Carvalho)

Mais

Madrugadas são marcadas por crimes e mortes em Marabá

Madrugadas são marcadas por crimes e mortes em Marabá

Na madrugada desta segunda-feira (10), Delegacia de Homicídios de Marabá foi informada, através do Núcleo Integrado de Operações Policiais (Niop-190),…
Van e bitrem se envolvem em acidente na BR-158

Van e bitrem se envolvem em acidente na BR-158

Uma van e uma carreta bitrem se envolveram em um acidente na Rodovia BR-158, nas proximidades do distrito conhecido como…
Briga entre mulheres termina com uma esfaqueada

Briga entre mulheres termina com uma esfaqueada

Uma confusão na Vila Brejo do Meio, zona rural de Marabá, terminou com uma mulher esfaqueada e outra presa na…
Agressor de mulher se arma com facões e ganha spray de pimenta da PM

Agressor de mulher se arma com facões e ganha spray de pimenta da PM

Cosmo de Brito Lacerda deu trabalho para a Polícia Militar após agredir a companheira, na madrugada desta segunda-feira (10), na…
Homem é assassinado no Residencial Magalhães

Homem é assassinado no Residencial Magalhães

Um homem, ainda não identificado, foi morto por um único golpe de faca desferido no Residencial Magalhães, no Núcleo São…
Após tentativa de assalto, dois morrem em intervenção policial

Após tentativa de assalto, dois morrem em intervenção policial

Antônio da Silva Costa, conhecido como Negão do 15, de 42 anos, e outro homem ainda não identificado morreram na…