Correio de Carajás

Marquinhos Marabá é o novo técnico da seleção

Desportistas locais fizeram questão de prestigiar a cerimônia no Estádio Zinho Oliveira/Fotos: Divulgação/LEMAR

LEMAR

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na mesma cerimônia em que aconteceu o anúncio de Marquinhos, a LEMAR também apresentou os membros da comissão disciplinar para suas competições do ano

Esta semana, a Liga Esportiva de Marabá (LEMAR) fez a apresentação da nova comissão técnica da Seleção de Marabá. E o técnico escolhido para comandar a galera que pretende “destruir” nas competições intermunicipais de futebol amador na região é ninguém menos de Marquinhos Marabá. O nome do desportista é praticamente uma unanimidade, afinal de contas experiência não lhe falta. Marquinhos foi um craque no futebol amador e no profissional mais ainda, seu currículo dispensa maiores comentários.

Durante a solenidade de apresentação da nova comissão técnica – que ocorreu no Estádio Zinho Oliveira com a presença de diversos desportistas locais – foi feita a apresentação dos novos uniformes da seleção, tendo como modelos dois atletas que vão ter a honra de representar Marabá nas competições.

A “velha guarda”, sempre presente, mantém acesa a chama do futebol amador de Marabá

Comissão disciplinar

Leia mais:

Na mesma cerimônia de apresentação da comissão técnica da seleção, também ocorreu a divulgação dos membros que vão compor a Comissão Disciplinar da LEMAR, que via julgar os casos que ocorrerem nos campeonatos marabaenses da 1ª e 2ª divisões. O ato de posse foi acompanhado pelo secretário municipal de Esportes, Thiago Miranda.

Tanto a comissão disciplinar da LEMAR quanto a Comissão Técnica da Seleção de Marabá têm papel fundamental (cada um dentro do seu quadrado) no bom andamento do calendário esportivo marabaense de 2021.

Entre o público presente há cerimônia, há de se destacar a presença de personagens marcantes no futebol marabaense, que ainda hoje militam em prol do esporte local, como Mozer Teixeira, Viola, Corujito, Eni do Vale, entre outros. (Chagas Filho colaborou Weliton Moreira/TV Correio)

Comentários

Mais

Com ouro de Ana Marcela Cunha, Brasil ultrapassa recorde de mulheres medalhistas em uma Olimpíada

Com ouro de Ana Marcela Cunha, Brasil ultrapassa recorde de mulheres medalhistas em uma Olimpíada

Se o Brasil ainda busca ultrapassar o recorde de medalhas da Rio-2016, onde atingiu 19 conquistas no quadro geral, o…
Seleção de vôlei vence Rússia e encara Coreia do Sul na semi

Seleção de vôlei vence Rússia e encara Coreia do Sul na semi

A Seleção Brasileira feminina de vôlei venceu o Comitê Olímpico Russo por 3 sets a 1, de virada, com parciais…
Rebeca Andrade será porta-bandeira do Brasil em cerimônia de encerramento das Olimpíadas

Rebeca Andrade será porta-bandeira do Brasil em cerimônia de encerramento das Olimpíadas

Despedida em grande estilo. Medalhista de ouro e prata nos Jogos de Tóquio, Rebeca Andrade será a porta-bandeira do Brasil na…
Ana Marcela Cunha é campeã olímpica na maratona aquática em Tóquio

Ana Marcela Cunha é campeã olímpica na maratona aquática em Tóquio

A espera acabou. Depois de quatro ciclos olímpicos, Ana Marcela Cunha, de 29 anos, colocou em sua gigantesca galeria de…
No Z4 da Série B, Cruzeiro acerta retorno de Vanderlei Luxemburgo

No Z4 da Série B, Cruzeiro acerta retorno de Vanderlei Luxemburgo

O Cruzeiro anunciou nesta terça-feira (3) o retorno de Vanderlei Luxemburgo. O técnico de 69 anos se apresenta à Toca da…
Brasil avança à final de saltos no hipismo em Tóquio com Yuri Mansur

Brasil avança à final de saltos no hipismo em Tóquio com Yuri Mansur

O cavaleiro Yuri Mansur é o primeiro finalista da delegação brasileira de hipismo na Olimpíada de Tóquio (Japão). O paulistano,…