Correio de Carajás

“Maria da Penha” é tema de curso em Marabá

A Escola Superior da Magistratura do Estado do Pará (ESM) realizou neste final de semana o Curso de Capacitação Sobre a Aplicabilidade da Lei Maria da Penha, no Fórum Juiz José Elias Monteiro Lopes, em Marabá.

Foram 64 alunos participantes, dentre juristas, psicólogos e assistentes sociais, magistrados e servidores do TJPA, lotados nas regiões sul e sudeste do Estado. O curso foi ministrado pelo juiz de direito, Doutor Elder Lisboa Ferreira da Costa, professor PhD da Universidade de Salamanca (Espanha) e pesquisador da Corte Europeia de Direitos do Homem (Strasbourg/França).

“Parabenizo o Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, desembargador Ricardo Ferreira Nunes, e o diretor Geral da Escola da Magistratura, desembargador Constantino Augusto Guerreiro, pelo projeto de interiorização da Escola. Foi uma honra ministrar o curso e colaborar com a quebra de paradigmas sobre violência de gênero”, afirmou o juiz Elder Lisboa.

Leia mais:

Para o diretor geral da ESM, a oferta do curso na Comarca de Marabá atende a uma demanda recorrente e integra o projeto de interiorização da Escola. “É uma satisfação ver a participação e interesse dos magistrados e servidores na capacitação e crescimento profissional. Este é o primeiro de uma série de cursos que o Tribunal de Justiça, através da Escola da Magistratura, ofertará a comarcas do interior”, explicou o desembargador Constantino Guerreiro. (Ascom/TJPA)

A Escola Superior da Magistratura do Estado do Pará (ESM) realizou neste final de semana o Curso de Capacitação Sobre a Aplicabilidade da Lei Maria da Penha, no Fórum Juiz José Elias Monteiro Lopes, em Marabá.

Foram 64 alunos participantes, dentre juristas, psicólogos e assistentes sociais, magistrados e servidores do TJPA, lotados nas regiões sul e sudeste do Estado. O curso foi ministrado pelo juiz de direito, Doutor Elder Lisboa Ferreira da Costa, professor PhD da Universidade de Salamanca (Espanha) e pesquisador da Corte Europeia de Direitos do Homem (Strasbourg/França).

“Parabenizo o Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, desembargador Ricardo Ferreira Nunes, e o diretor Geral da Escola da Magistratura, desembargador Constantino Augusto Guerreiro, pelo projeto de interiorização da Escola. Foi uma honra ministrar o curso e colaborar com a quebra de paradigmas sobre violência de gênero”, afirmou o juiz Elder Lisboa.

Para o diretor geral da ESM, a oferta do curso na Comarca de Marabá atende a uma demanda recorrente e integra o projeto de interiorização da Escola. “É uma satisfação ver a participação e interesse dos magistrados e servidores na capacitação e crescimento profissional. Este é o primeiro de uma série de cursos que o Tribunal de Justiça, através da Escola da Magistratura, ofertará a comarcas do interior”, explicou o desembargador Constantino Guerreiro. (Ascom/TJPA)

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.