Correio de Carajás

Marabá nega que tenha aplicado vacina vencida

Foto: Reuters /Henry Nicholls

ASTRAZENECA

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Registros oficiais do Ministério da Saúde, divulgados nesta sexta-feira, 2, por veículos de comunicação do País, dão conta que pelo menos 26 mil doses vencidas da vacina AstraZeneca foram aplicadas em diversos postos de saúde do país, o que compromete sua proteção contra a covid-19.

Belém aparece no ranking como segunda cidade com maior quantidade de doses vencidas aplicadas em residentes na cidade, com 2.673 imunizantes vencidos da AstraZeneca, ficando atrás apenas de Maringá-PR, com 3.536 doses.

Marabá aparece com 1 dose vencida, que teria sido aplicada na Unidade Básica de Saúde Pedro Cavalcante. Parauapebas surge com 6 doses fora do prazo de aplicação e Curionópolis com 60 doses vencidas.

Leia mais:

Em nota, a Secretaria Municipal de Comunicação de Marabá enviou à Redação do CORREIO DE CARAJÁS a seguinte nota:

“A Secretaria de Saúde de Marabá informa que recebeu 1.740 doses do lote 4120Z025 (AstraZeneca). Elas foram aplicadas do dia 3 a 6 de março e no dia 1 de abril de 2021, portanto dentro do prazo de validade do imunizante. Do lote CTMAV501 (AstraZeneca) com validade para 30 de abril, Marabá recebeu 5.920 doses, que foram aplicadas entre os dias 1 e 31 de março de 2021 e de 1º a 30 de abril, portanto dentro do prazo de validade do lote. O lote seguinte 4120Z005 (Astrazeneca) com 1.510 doses foram aplicadas nos dias 29 de janeiro, também de 1º a 26 de fevereiro, 5 de março e 1º de abril, portanto também dentro do prazo de validade.

A Secretaria de Saúde informa ainda que ocorreu um erro de digitação no sistema, dando a entender que apenas um paciente teria sido vacinado fora do prazo de validade dos lotes. Imediatamente, foi feita uma busca ativa no sistema, fazendo a correção do erro de digitação.

A Secretaria de Saúde informa que executa uma inspeção criteriosa em todos os lotes recebidos da Secretaria Estadual de Saúde, conferindo quantidades de doses, validade do lote enviado e data limite para aplicação das doses. Com relação aos lotes recebidos estarem vinculados aos Postos de Saúde, a Secretaria informa que, por questão de logística e espaços maiores, a aplicação das doses foram feitas em Escolas, a fim de respeitar todos os protocolos de segurança sanitária e atender a grande demanda de forma mais rápida, além de não inviabilizar a operação do posto de saúde.

Portanto, ressaltamos que os lotes acima descritos estavam dentro dos prazos estabelecidos. Eles foram aplicados nas datas informadas acima e apenas uma dose foi equivocadamente inserida no sistema, o que já foi devidamente retificado”.

A Secretaria de Saúde de Curionópolis informou que está apurando as informações internamente.

Abaixo, veja a lista de municípios do sudeste do Pará que tiveram vacinas vencidas e a quantidade de cada um deles:

SUDESTE DO PARÁ (VACINAS VENCIDAS)

Curionópolis 60

Piçarra 32

Novo Repartimento 19

Breu Branco 8

Nova Ipixuna 7

Parauapebas 6

Dom Eliseu 6

Rondon do Pará 3

Eldorado do Carajás 2

Marabá 1*

Jacundá 1

São Domingos do Araguaia 1

 

* No caso de Marabá, a Secretaria de Saúde justifica como erro de digitação no sistema do Ministério da Saúde o único caso registrado.

 

Comentários

Mais

Fragmento de arroz não é ‘resto’ e é vendido desde antes do governo Bolsonaro

Fragmento de arroz não é ‘resto’ e é vendido desde antes do governo Bolsonaro

INVESTIGADO POR:    VERIFICADO POR:     Enganoso Os fragmentos de arroz são um subproduto apto para o consumo humano.…
Site omite que pesquisa com vantagem para Bolsonaro foi feita apenas em SC

Site omite que pesquisa com vantagem para Bolsonaro foi feita apenas em SC

INVESTIGADO POR:  VERIFICADO POR: Enganoso Título de artigo compartilhado em grupos bolsonaristas no Facebook omite que uma pesquisa eleitoral que…
É falso que áudio mostre Luana Piovani defendendo Jair Bolsonaro

É falso que áudio mostre Luana Piovani defendendo Jair Bolsonaro

INVESTIGADO POR: VERIFICADO POR: São falsos posts virais no Facebook e no TikTok com áudio em que supostamente a atriz…
Estudo francês em hamsters não prova eficácia da ivermectina contra a covid-19 em humanos

Estudo francês em hamsters não prova eficácia da ivermectina contra a covid-19 em humanos

Enganoso É enganosa a publicação no site Terça Livre que afirma que um estudo francês apontou a eficácia da ivermectina…
A recusa de vacinação contra a covid-19 pode gerar demissão por justa causa

A recusa de vacinação contra a covid-19 pode gerar demissão por justa causa

Esta semana um assunto polêmico ganhou o noticiário nacional: uma pessoa foi demitida por justa causa por se recusar a…
Em dois meses, CCZ realiza mais de 300 testes de detecção

Em dois meses, CCZ realiza mais de 300 testes de detecção

Do final de maio até o mês de julho, 314 animais foram testados contra a leishmaniose. O médico veterinário Flávio…