Correio de Carajás

Covid-19: Belém aplicou 2.673 doses vencidas da AstraZeneca

Foto: Tânia Rêgo

PANDEMIA

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

As doses administradas fora da validade pertencem a oito lotes.

Cerca de 26 mil doses da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca fora da validade foram aplicadas em 1.532 municípios (confira os lotes abaixo). Os dados são de registros oficiais do Ministério da Saúde e foram divulgados pela Folha.

A cidade que mais usou vacinas vencidas é Maringá, no Paraná, que vacinou 3.536 pessoas com o produto fora da validade em primeiras doses. Depois vem Belém, no Pará, que aplicou 2.673; a cidade de São Paulo aplicou 996; Nilópolis, no Rio de Janeiro, 852, e Salvador, na Bahia, 824.

As outras cidades aplicaram menos de 700 vacinas vencidas, mas a maioria não passou de 10 doses.

Leia mais:

Outras 114 mil doses do imunizante da AstraZeneca distribuídas a estados e municípios dentro do prazo de validade também já venceram, mas não se sabe foram descartadas ou se continuam sendo aplicadas.

Mais da metade (57%) das doses aplicadas neste ano no Brasil foram da AstraZeneca. Vale lembrar que a grande maioria foi utilizada de acordo com as orientações do fabricante — ou seja, dentro da validade estabelecida.

O que fazer agora?

Os imunizantes aplicados fora da validade fazem parte de oito lotes da AstraZeneca importados ou adquiridos por consórcio. São eles:

  • 4120Z001 expirou em 29/03
  • 4120Z004 expirou em 13/04
  • 4120Z005 expirou em 14/04
  • CTMAV505 expirou em 30/04
  • CTMAV506 expirou em 31/05
  • CTMAV520 expirou em 31/05
  • 4120Z025 expirou em 04/06

Quem tiver recebido uma dose de um desses oito lotes de AstraZeneca após a data de validade deve procurar uma unidade de saúde para orientações. Segundo o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19, quem tomou imunizante fora da validade precisa se revacinar pelo menos 28 dias depois de ter recebido a dose aplicara erroneamente.

(Fonte:IG)

Comentários

Mais

Testagens indicam menor circulação do coronavírus no Pará

Testagens indicam menor circulação do coronavírus no Pará

Desde o começo da pandemia da covid-19 até julho de 2021, como informa a Secretaria de Estado de Saúde Pública…
Vereadora Vanda se licencia da Câmara e Badeco assumirá em seu lugar

Vereadora Vanda se licencia da Câmara e Badeco assumirá em seu lugar

Na sessão ordinária desta terça-feira, 3, foi lida, em Plenário, uma “Carta ao povo de Marabá”, em que a vereadora…
Grupamento de Bombeiros em Marabá tem novo comandante

Grupamento de Bombeiros em Marabá tem novo comandante

O major QOBM Felipe Galúcio de Souza, de 45 anos, é o novo comandante do 5º Grupamento de Bombeiros Militar…
Bike adaptada leva Eric e a família para a Orla

Bike adaptada leva Eric e a família para a Orla

Aos 21 anos, Eric Fernandes Silva Souza integra o grupo de pedal Brutas e Cia MBA, juntamente com a mãe,…
A “magrela” que transforma vidas em Marabá

A “magrela” que transforma vidas em Marabá

Marabá ganhou um presente neste verão. É a uma ciclofaixa de cerca de 9 quilômetros, que vai do Km 6,…
MPPA firma TAC com Itupiranga para realização de concurso público

MPPA firma TAC com Itupiranga para realização de concurso público

Nesta sexta-feira (30), a Promotoria de Justiça de Itupiranga firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Município.…