Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Ads

O Curso de Justiça em Números e a Oficina de Planejamento intregraram a programação do Encontro de Gestão Participativa do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), realizado na Comarca de Marabá, nos dias 22 e 23 de agosto, com cerca de 21 Comarcas das Regiões Judiciária de Tucuruí, Marabá, Xinguara e Redenção. O evento é coordenado pela Presidência com o apoio do Departamento de Planejamento, Gestão e Estatística (DPGE).

Ads

O encontro integra cerca de 110 magistrados e diretores de Secretaria a fim de aprimorar a gestão das unidades judiciárias para os resultados, melhoria do clima organizacional, aperfeiçoamento de práticas de gestão judiciária e integração das atividades meio e finalísticas do Poder Judiciário do Pará. A corregedora de Justiça das Comarcas do Interior, desembargadora Diracy Nunes Alves, também acompanha as atividades.

O presidente do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), desembargador Leonardo de Noronha Tavares, participa do encontro, que também teve o auxílio de consultoria da Fundação Getúlio Vargas. O desembargador agradeceu o empenho de magistrados e servidores da região na contribuição para que o Poder Judiciário paraense continue desfrutando “do respeito e do destaque entre os seus congêneres de médio porte no País”.

“Que este Encontro se constitua em mais uma oportunidade para que nos confraternizemos, em nome da espinhosa, mas nobre missão de prestar serviços de Justiça. Trocaremos ideias, compartilharemos experiências certos de que serão úteis para continuarmos trabalhando pela melhoria de desempenho e consequente reconhecimento institucional e social”, afirmou o desembargador presidente Leonardo de Noronha Tavares, que agradeceu a presença de todos os participantes.

Na ocasião, foi abordado o encerramento, no próximo sábado, 31, o prazo para inscrições e conclusão ao Curso de Nivelamento dos Servidores do Poder Judiciário, disponível na plataforma de Ensino a Distância (EAD) do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores do Poder Judiciário (CEAJud), do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Por meio do curso, servidores terão acesso a temas que possibilitam o domínio de competências que permitem o melhor exercício da atividade profissional no Judiciário. As inscrições devem ser feitas no portal do CEAJud.

Nos dois dias de encontro, o foco da formação foi em cursos semipresenciais de Justiça em Números e Gestão Judiciária, além das oficinas de planejamento. No dia 22, as atividades ocorreram nos turnos matutino e vespertino e, no dia 23, somente no turno matutino.

(Fonte: TJPA)

Ads