O presídio de Tremembé, em São Paulo Foto: Gabriel de Paiva / Agência O Globo
Ads

O juiz corregedor Paulo Eduardo de Almeida Sorci, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), determinou a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Penitenciária II de Tremembé “José Augusto César Salgado”,conhecido como ‘presídio dos famosos’, localizada no interior de São Paulo, onde deve cumprir o restante da pena de 8 anos e 10 meses por condenação na Lava-Jato , no caso do tríplex em Guarujá , no litoral de São Paulo. A data da transferência não foi definida.

Ads

O juiz atendeu a pedido formulado pela juíza da 12ª Vara Federal de Curitiba, Carolina Lebbos, que determinou nesta quarta a remoção do ex-presidente da carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba para uma unidade prisional de São Paulo, atendendo a um pedido da PF.

“Expeçam-se as comunicações necessárias, observando que as tratativas quanto à escolta e transporte deverão ser realizadas entre o distrito da culpa e a administração penitenciária do estado”, escreveu Almeida Sorci.

A defesa do ex-presidente entrou com um pedido no mesmo processo de habeas corpus que já tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) para que seja dada liberdade ao líder petista diante da decisão da juíza Carolina Lebbos. Dirigido ao ministro Gilmar Mendes,  o pedido também pleitea que se a liberdade não for concedida, seja determinada a permanência de Lula em uma sala de Estado de Maior ou seja suspensa a transferência de Curitiba para São Paulo.

Como o recurso foi apresentado no mesmo processo que Gilmar Mendes pediu vista, o pedido foi para o gabinete dele. O ministro deve encaminhar esse pedido ao gabinete do ministro Edson Fachin, o relator do caso. Caberá a Fachin decidir se concede liminar, se nega, ou se aguarda a retomada do julgamento do processo na Segunda Turma do STF.

(O Globo)

Ads