Correio de Carajás

Lojas, escolas e até crossfiteiros capricham no arraiá de Parauapebas

Clima junino não foi deixado de lado em Parauapebas e até os crossfiteiros embarcaram / Foto: Acervo Pessoal / André Christian
Clima junino não foi deixado de lado em Parauapebas e até os crossfiteiros embarcaram / Foto: Acervo Pessoal / André Christian
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Entre brincadeiras, decorações e pequenas festas, clima junino não passa despercebido mesmo durante a pandemia

O Dia de São João é comemorado nesta quinta-feira (24) e Parauapebas entrou com tudo no clima junino de diferentes formas. Uma das celebrações mais amadas em todo o Brasil, a clássica quermesse de festa junina ficou de lado por conta do período de pandemia, mas na Capital do Minério alternativas seguras foram desenvolvidas pelos “foliões” de São João.

Gesica Ribeiro, gerente de uma loja de decorações na Rua F, no Bairro União, comemorou os bons resultados provenientes de vendas de artigos para festa junina, como balões, bandeirolas e roupas “caipiras”. “Tivemos um 2020 difícil por conta da pandemia e até esperávamos que este ano seria parecido, mas a procura tem sido muito intensa”, comentou Gesica, surpresa com o lucro recebido no mês de Junho.

Gesica Ribeiro ficou surpresa com vendas de artigos de festa juninas neste ano/ Foto: Juliano Corrêa
Gesica Ribeiro ficou surpresa com vendas de artigos de festa juninas neste ano/ Foto: Juliano Corrêa

“Tem coisa que chega e já sai, não dá nem tempo de guardar no estoque. O pessoal compra pra decorar lojas e academias, pra fazer festas temáticas e aniversários… Todos que fazem festa de família nessa época usam tema de São João”, declarou Gesica, que chegou a dizer que em 2021 é esperado que as receitas do mês superem até as de Junho de 2019, quando a pandemia não estava nos planos de ninguém.

Leia mais:

Em um colégio particular do Bairro Paraíso, a tradicional quadrilha dos alunos não foi esquecida – mas foi tratada com cuidado para acontecer. Solange D’Arco, coordenadora da Educação Infantil, compartilhou o “esquema” para realizar a festa junina com todos os cuidados necessários: “Esse ano, tivemos uma festa na segunda-feira (21) internamente com nossos alunos, durante o período de aula, e durante a semana apresentações fechadas”, comentou.

Solange D'Arco explicou como a Educação Infantil de colégio fez para comemorar o São João de forma segura/ Foto: Juliano Corrêa
Solange D’Arco explicou como a Educação Infantil de colégio fez para comemorar o São João de forma segura/ Foto: Juliano Corrêa

“Contamos com barraca de pescaria, boca do palhaço, argola, corrida do saco, com as turmas divididas para não termos aglomeração. A partir da terça-feira (22), demos vez à apresentação das danças, com Maternal, 1º e 2º períodos e 1º e 2º anos divididos em cada dia [terça, quarta e quinta]. Foi permitida a entrada de um representante da família de cada aluno para fazer fotos e vídeos da apresentação”, explicou Solange.

Na distribuidora de bebidas de Illa Lima a decoração de festa junina não poderia faltar. “Os festejos juninos sempre foram presentes na nossa família, que é de base nordestina. Desde pequena contava os dias pra chegada do mês de junho. E me atrevo a dizer que aqui o São João é o evento mais esperado por nós”, declarou a dona do empreendimento, localizado no Bairro Parque dos Carajás.

Illa fez questão de decorar seu negócio com a cara da festa junina/ Foto: Acervo Pessoal
Illa fez questão de decorar seu negócio com a cara da festa junina/ Foto: Acervo Pessoal

“A ideia de decorar a loja foi a forma que encontramos de viver o calor junino em meio à pandemia, já que não vamos ter as tradicionais quadrilhas e festas para colocar ‘o forró em dia’”, comentou Illa, adicionando que além da decoração está sendo servido licor, pipoca, rapadura e pinga “por conta da casa”, o que ajuda a alavancar o marketing e as vendas da distribuidora.

E como uma boa festa junina é feita principalmente das comidas típicas da época, a alternativa dos “crossfiteiros” do box de André Christian, no Bairro Cidade Jardim, foi fazer um jantar com muita comida e bebida logo após o treino. “Estamos passando por um momento complicado e acredito que devemos olhar com mais carinho e fazer um esforço para deixar viva culturas que levem o mínimo de alegria para nossos clientes”, disse André.

“Praticamos tanto o conceito da união e os próprios alunos se juntaram para fazermos um jantar ‘estilo americano’, onde cada um traz uma coisa”, pontuou o dono da academia de crossfit. No maior estilo “meninos levam bebida, meninas levam comida” os colaboradores do local compuseram uma mesa bem farta. “Tivemos uma comemoração bem legal e que também serviu para atrair mais colaborações pelas redes sociais”, disse André, muito satisfeito com o “arraiá do crossfit”. (Juliano Corrêa)

Comentários

Mais

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

A cearense Pamella Holanda, vítima de agressões de DJ Ivis, revelou que o cantor enviou uma suposta carta, por meio do advogado, com um pedido de perdão.…
Rede estadual retoma aulas no início de agosto

Rede estadual retoma aulas no início de agosto

A redução do número de novos casos e de óbitos por Covid-19, bem como a adesão à vacinação contra o…
Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Uma cena comum em Parauapebas e que choca muita gente é a de uma mulher andando sem roupas pelas ruas…
Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Com grande parte do corpo atrofiado, conseguindo movimentar apenas uma das mãos e a cabeça, o jovem Handriw Rafael Vasconcelos…
Intervalo maior de doses da vacina Pfizer aumenta níveis de anticorpos

Intervalo maior de doses da vacina Pfizer aumenta níveis de anticorpos

Um intervalo maior entre as duas doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 proporciona um nível maior de anticorpos…
Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Estudo internacional com participação de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) revela um mecanismo que explica o motivo pelo…