Correio de Carajás

Letalidade por covid-19 despenca em Parauapebas

Foto: Semsa
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Parauapebas aponta a diminuição na letalidade por covid-19. Segundo dados oficiais, houve 153 óbitos em decorrência da doença e 21.329 pessoas que já foram infectadas, conforme divulgado no boletim de domingo (9). O município ocupa o ranking da segunda cidade do Pará com o maior número de casos registrados, mas, apesar da estatística de infectados ser alta, o número de óbitos tem se mantido abaixo do número de testados positivo diariamente. 

Julho fechou o mês somando 18.787 infectados e 149 óbitos desde o início dos casos no município. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que destacam que mais de 86 mil pessoas foram testadas nas redes pública e privada em Parauapebas.

Foram 8.191 novos casos da covid-19 somente no mês de junho. Já maio ocupa o segundo lugar, com 2.374 confirmações. Na terceira colocação fica abril, que contabiliza 132 casos. Março teve o primeiro e único registro da doença. No total, 10.698 pessoas foram infectadas até 30 de junho.

Leia mais:

Sobre o número de óbitos, quem lidera o ranking é o mês de maio, quando 63 pessoas morreram em decorrência do novo coronavírus, seguido pelo mês de junho, com 57 mortes, e abril, com oito. No total, foram 128 óbitos até 30 de junho.

Ainda de acordo com a Semsa, os homens são os mais infectados pela Covid-19 na cidade, em torno de 58%, na faixa etária de 20 a 39 anos. Para o médico infectologista, Tiago Soares, o novo normal é gradativo, e não se pode menosprezar as medidas de prevenção. “Como a higienização das mãos, uso das máscaras, manter o distanciamento social, evitar aglomerações”.

Para a diretora da Vigilância em Saúde de Parauapebas, Michelle Ferreira, os números são resultados de uma série de ações iniciadas ainda em março para o combate ao novo coronavírus. Dentre elas, destaque para a ampla capacidade de testagem da população, criada pela Prefeitura em parceria com a mineradora Vale, que permite hoje que a cidade faça a chamada testagem em massa de forma preventiva, a qual vem antecipando os protocolos de enfrentamento à doença”. (Theíza Cristhine com informações da Ascom PMP)

Comentários

Mais

Mudanças na Transamazônica começam a funcionar nesta sexta-feira (6)

Mudanças na Transamazônica começam a funcionar nesta sexta-feira (6)

Os motoristas que trafegam pela rodovia Transamazônica poderão utilizar as mudanças das novas rotas já nesta sexta-feira (6). As equipes…
Pará recebe mais uma remessa de vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (5)

Pará recebe mais uma remessa de vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (5)

O Pará recebeu, na tarde desta quinta-feira (5), mais 97.110 doses da vacina Pfizer. Esta é a 52º remessa que…
MP diz que Sérgio Hondjakoff era mantido em cárcere privado em clínica, ator nega

MP diz que Sérgio Hondjakoff era mantido em cárcere privado em clínica, ator nega

O ator Sérgio Hondjakoff, de 37 anos, conhecido por fazer o personagem Cabeção em “Malhação”, da TV Globo, estava entre os internos…
Biomédica que ajudou a sequenciar DNA do coronavírus é homenageada com boneca

Biomédica que ajudou a sequenciar DNA do coronavírus é homenageada com boneca

A biomédica brasileira Jaqueline Góes de Jesus foi uma das cientistas escolhidas pela fabricantes de brinquedos Mattel para ser homenageada…
Transformação digital é desafio do MEC com volta de aulas presenciais

Transformação digital é desafio do MEC com volta de aulas presenciais

O secretário-executivo do Ministério da Educação (MEC) Victor Godoy Veiga afirmou hoje (5) que o retorno às aulas presenciais nas escolas públicas de todo o país…
Butantan recebe matéria-prima para 8 milhões de doses de vacina

Butantan recebe matéria-prima para 8 milhões de doses de vacina

O Instituto Butantan recebeu, hoje (5), mais 4 mil litros de insumo farmacêutico ativo (IFA), o suficiente para produzir cerca…