Correio de Carajás

Lendas regionais ganham vida em sala do Museu Municipal

Crianças interagem com as lendas vivas do mais novo espaço do Museu Francisco Coelho

INAUGURAÇÃO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Evento no Dia das Crianças vira festa e faz meninada imergir nas histórias fantásticas da cultura de Marabá

Matinta Perera, Nego D’água, Buiuna, Porca de Bobes, Mulher de Branco, Saci Pererê e Boto são as personagens do folclore regional que deram um colorido especial à Sala das Lendas do Museu Francisco Coelho, inaugurada nesta terça-feira, 12 de outubro, Dia das Crianças.

Para o evento, foi organizada uma grande festa popular, com apoio da Cia. de Artes da Fundação Casa da Cultura, jovens da Banda de Música Moisés Araújo e apoio do Mestre Zé Rodrigues, o Zé do Boi, que levou sua trupe para dar vida ao Marabazim, o Boi Bumbá exclusivo da Sala das Lendas, mas que vai percorrer espaços internos e externos para apresentações em algumas datas do ano.

Boi Marabazim desperta a curiosidade da criançada em passeio pelos espaços do Museu

O Museu Municipal é administrado pela Fundação Casa da Cultura de Marabá, que convidou vários profissionais de Marabá para ajudar na elaboração do projeto da Sala das Lendas. O artista plástico Bino Sousa pintou as paredes, o piso e redesenhou as principais lendas.

Leia mais:
Boi Marabazim desperta a curiosidade da criançada em passeio pelos espaços do Museu

Outro grupo ficou responsável por providenciar elementos que dessem à sala um tom de suspense e medo. Estão presentes no espaço informações sobre cada lenda, além da ajudinha dos guias. “Tivemos uma grande festa da popular nesta terça-feira, que resgata e fortalece uma parte da identidade da cultura de Marabá. Famílias, estudantes e demais visitantes do Museu Municipal terão nesta sala um lugar para imersão na nossa história, na nossa tradição”, diz a presidente da FCCM, Vanda Américo.

Vanda Américo fala da importância do resgate da tradição popular com a Sala das Lendas

“A inauguração da Sala das Lendas mostra a importância dessa manifestação cultural para nossa cidade, achamos que tudo isso devia fazer parte do nosso universo e como inauguramos o museu num momento de pandemia, então esperamos um pouco para inaugurar a Sala de Lendas pois, nós marabaenses, nos reconhecemos, criamos uma identidade com elas, sendo um traço importante da nossa cultura popular”, argumenta Wânia Gomes, diretora do Museu Francisco Coelho.

Na toada do Boi Marabazim, crianças de projeto da Praça da Juventude participaram da festa

Ainda sobre o Boi Marabazim, Wânia explica que ele representa uma homenagem aos mestres Cambraia e Palmica, que trouxeram para Marabá a tradição da festa do boi-bumbá. “É uma homenagem aos grandes mestres que marcaram nossa cultura. É primeira apresentação do Marabazim, que saiu da sala para se apresentar para a população marabaense e depois volta ao seu lugar na Sala das Lendas”, diz Wânia, que batizou o boi com o nome tão oportuno.

Mestre Zé do Boi também participou do evento em homenagem à tradição do boi-bumbá

Ester de Sousa Lima, 11 anos, fez questão de acordar cedo e ir ao Museu para conhecer a nova sala, pois gosta das histórias das lendas, que já ouviu sua mãe, Elitânia Sousa, contar várias vezes. “Quando eu entrei, fiquei muito assustada com aquela voz dando gargalhada tenebrosa. A fumaça que colocam junto com as lendas também parece que a gente tá no meio da mata”, resume a visitante, estudante do 5º ano do Ensino Fundamental, que se apaixonou pelo boneco da Matinta Perera.

Ester de Sousa diz que ficou encantada com a personagem Matinta Perera

A funcionária pública Delma Rodrigues da Cruz também acompanhou a inauguração. “Aqui está maravilhoso, precisávamos disso e o que mais me chamou a atenção foi o folclore, porque meu filho ao ver essa festa já identificou cada uma das lendas porque aprendeu na escola”, comemora.

Neguinho D’água “toca o terror” e faz a alegria da criançada no evento que foi um verdadeiro festival de lendas

Abaixo, leia a toada do Boi Marabazim, composta pelo músico Jorginho Ropha Carneiro:

 

TOADA DO MARABAZIM

Sou feito de pano, camurça macio, bordado de estrelas, sou todo carinho.

Desse jeitinho é o Marabazim.

Nasci do banzeiro que bateu de dois rios, no pontão de areia de estrelas na testa, balançando a cabeça, trago um desafio.

Vem brincar nesse boi, cantarolando as toadas, só quero que entendas, não vá se assombrar, que hoje é noite de lendas.

Porca de Bobes de mãos dadas com a Boiuna.

Mulher de Branco, Curupira, Nego D’água.

Eu ouvi um assovio lá na beira, era o Boto cortejando a Lua Cheia, e do seu lado Matinta Perera.

Vai dar uma volta na praça e alegrar a galera,

que o povo te espera com todo o carinho.

É desse jeitinho,

É o Marabazim!

 

Reportagem: Ulisses Pompeu

Fotos: Breno Pompeu

Comentários

Mais

Petrobras reajusta mais uma vez preços da gasolina e do diesel

Petrobras reajusta mais uma vez preços da gasolina e do diesel

A Petrobras vai reajustar mais uma vez os preços da gasolina e do diesel para as distribuidoras. Segundo comunicado divulgado nesta segunda-feira…
Policiais detalham salvamento de bebê engasgado

Policiais detalham salvamento de bebê engasgado

Uma criança engasgada foi salva no Bairro Cidade Jardim, em Parauapebas, na noite da última sexta-feira (22) por policiais militares…
Instituto Miguel Chamon faz quatro dias de atendimento na VS-10

Instituto Miguel Chamon faz quatro dias de atendimento na VS-10

Nesta terça (26) e quarta-feira (27) o Instituto Miguel Chamon muda de endereço, mas continua atendendo a população do Complexo…
“Fluxo interminável de bebês”, diz mãe após parto de 9 crianças

“Fluxo interminável de bebês”, diz mãe após parto de 9 crianças

Halima Cissé, de 26 anos, deu à luz nove crianças, no Marrocos. A jovem contou que ela e o pai dos…
Polícia não tem indícios de participação de movimentos sociais e partidos em depredação de moradias populares em Pernambuco

Polícia não tem indícios de participação de movimentos sociais e partidos em depredação de moradias populares em Pernambuco

Enganoso Vídeos virais no Facebook, YouTube, Twitter e TikTok enganam ao atribuir aos movimentos sociais MST e MTST e aos…
Embrapa lança sistema AgroTag Pará

Embrapa lança sistema AgroTag Pará

A Embrapa Amazônia Oriental e a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Pará (Semas) lançam nesta terça-feira…