Correio de Carajás

Lei Aldir Blanc beneficia 234 artistas de Marabá

Quadrilhas juninas, que não tiveram arena este ano por causa da pandemia, também serão contempladas com recursos financeiros
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os quatro editais para incentivo à cultura por meio da Lei Aldir Blanc, em Marabá, alcançaram 234 artistas, que receberão mais de R$ 1 milhão para desenvolverem seus projetos, inscritos e aprovados. A divulgação aconteceu no dia 25 deste mês de dezembro, no site da Prefeitura Municipal de Marabá.

Os recursos recebidos pelo município de Marabá estão sendo geridos pela Secretaria Municipal de Cultura, contemplado quatro categorias: Mestres da Cultura Popular e dos Saberes Tradicionais; Literatura; Cultura Popular; e Cultura em Movimento.

Entre as quatro, a mais aquinhoada foi Cultura em Movimento, com 80 artistas beneficiados em artes literárias, artes visuais, audiovisual, cultura alimentar, dança, expressões culturais populares e periféricas, moda, design, música e teatro. Entre estes, a música levou 28 prêmios em dinheiro.

Leia mais:

Na categoria Cultura Popular, 31 artistas foram contemplados com recursos da Lei Aldir Blanc; 13 no Prêmio Eduardo de Castro de Literatura; e 40 no Prêmio Mestras e Mestres da Cultura Popular e do Saber Tradicional do Município de Marabá.

ENTENDENDO A LEI ALDIR BLANC

A Lei Federal delibera aos estados a distribuição dos recursos destinados ao incentivo cultural. A partir disso, o Governo do Estado do Pará criou uma página na internet – o Mapa Cultural –  onde o interessado tem acesso ao cadastramento de forma simples.

A Lei Aldir Blanc já repassou valores por meio de editais a nível estadual, nos quais artistas de todos os municípios puderam se inscrever, mas que são frentes diferentes de distribuição.

A lei é dividida em três incisos. O primeiro concedeu auxílio para quase mil artistas do Pará que não tiveram o auxílio emergencial aprovado. O segundo destinou recursos aos espaços culturais, não necessariamente físicos. Já o terceiro é a destinação de premiações a nível municipal, para a qual estão abertas as inscrições.

Os mestres de saberes populares serão contemplados com R$ 5 mil cada, totalizando R$ 200 mil em premiações. Já no prêmio de literatura, vinte e seis obras autorais serão estimuladas com R$ 6 mil cada, perfazendo o total de R$ 156 mil.

Já a premiação de cultura popular deve beneficiar, com R$ 480 mil no total, quadrilhas juninas dos grupos A e B, além das juninas mirins e dos bois. Serão nove quadrilhas do grupo A, cada uma recebendo R$ 20 mil; oito do grupo B, com R$ 15 mil para cada; seis juninas mirins, cada uma com R$ 10 mil; e seis bois, com R$ 20 mil para cada.

O Cultura em Movimento terá prêmios diversos para música (28), expressões culturais periféricas (10), artes visuais (12), audiovisual (8), teatro (3), circo (2), dança (6), cultura alimentar (2), moda (2), design (1) e artes literárias (6). São oitenta premiações, no valor total de R$ 622 mil a ser distribuído entre os participantes.

Mas, no dia 30 deste mês de dezembro, encerram as inscrições para a categoria audiovisual, que distribuem recursos generosos aos artistas deste segmento também.

Mais

Helder inaugura, entrega cheques e assina ordens de serviço em Marabá

Helder inaugura, entrega cheques e assina ordens de serviço em Marabá

Em visita a Marabá nesta quarta-feira (12) o governador Helder Barbalho rodou a cidade fazendo inaugurações, assinando ordens de serviço,…
Cruzamento na VS-10 causa graves acidentes de trânsito

Cruzamento na VS-10 causa graves acidentes de trânsito

Um cruzamento entre a Avenida VS-10 e a Rua Florita, na altura do Bairro Morada Nova, em Parauapebas, tem causado…
Sete em cada dez empreendedores fizeram vendas online na pandemia

Sete em cada dez empreendedores fizeram vendas online na pandemia

Sete em cada dez micro, pequenas ou médias empresas (73,4%) do país estão fazendo vendas online durante a pandemia do novo coronavírus.…
Brasil inaugura primeira antena rural para a internet 5G

Brasil inaugura primeira antena rural para a internet 5G

O Brasil já tem instalada a sua primeira antena rural destinada à quinta geração de internet (5G). A tecnologia funcionará,…
Defensoria recomenda vacina a pessoas presas de grupos prioritários

Defensoria recomenda vacina a pessoas presas de grupos prioritários

A Defensoria Pública do Pará (DPE) emitiu uma recomendação ao Governo do Estado para que as pessoas privadas de liberdade…
Comissão da OMS faz recomendações para evitar próxima pandemia

Comissão da OMS faz recomendações para evitar próxima pandemia

Um novo sistema global transparente deveria ser criado para apurar surtos de doenças, habilitando a Organização Mundial da Saúde (OMS)…