Correio de Carajás

Justiça suíça revoga efeito suspensivo, e Guerrero não atua mais em 2018

Paolo Guerrero foi contratado pelo Internacional, mas não poderá mais jogar em 2018 (Foto: Tomás Hammes/GloboEsporte.com)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Justiça Comum da Suíça revogou o efeito suspensivo superprovisório concedido em maio deste ano, e Guerrero terá que cumprir o resto da pena – mais oito meses longe dos gramados. Por ter esgotado o último recurso, o peruano não tem mais caminho jurídico para tentar modificar a decisão.

Inicialmente, o atacante foi condenado a cumprir um ano de suspensão por doping causado por um metabólito da cocaína, em outubro do ano passado, no jogo contra a Argentina pelas eliminatórias. Em dezembro, Guerrero conseguiu a redução da pena para seis meses – o que permitiu ao peruano voltar a vestir a camisa do Flamengo em maio deste ano e liberaria o jogador para disputar o Mundial da Rússia.

Guerrero voltou a jogar no dia 6 de maio, apenas três dias após ser julgado em última instância pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), em Lausanne, na Suíça. Ele participou de três jogos do Flamengo neste período, contra Inter, Ponte Preta e Chapeconese, marcando um gol contra a equipe catarinense.

Leia mais:
Guerrero comemora gol contra a Chapecoense  (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Guerrero comemora gol contra a Chapecoense (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Ainda em maio, o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), na Suíça, ampliou a pena para 14 meses de suspensão. No entanto, o peruano conseguiu efeito suspensivo superprovisório na Justiça Comum da Suíça, possibilitando sua participação no Mundial de 2018.

O atacante disputou a Copa do Mundo da Rússia pela seleção peruana, mas caiu na fase de grupos. Deixou a sua marca na vitória por 2 a 0 sobre a Austrália. Em julho, voltou ao Flamengo para aparecer em mais quatro compromissos pelo Brasileirão.

Neste mês, o atacante assinou contrato por três temporadas com o Internacional, mas não chegou a atuar com a camisa do Colorado. Conforme apurado pelo GloboEsporte.com, o clube gaúcho ofereceu um contrato de risco e produtividade. Ou seja, terá meta de participação por jogos, premiações e mais luvas, a serem quitadas juntamente com o salário. A expectativa do clube era que essa punição ao jogador voltasse à tona apenas no fim do ano.

O Globoesporte.com entrou em contato com os advogados de Paolo Guerrero, que preferem não se manifestar no momento. A cúpula do Internacional, por sua vez, recebeu com surpresa a notícia e convocou uma reunião para a manhã desta quinta-feira. O clube deve se pronunciar somente depois disso.

(Fonte: G1)

Mais

Hazard se desculpa com torcida depois de brincadeiras com adversários

Hazard se desculpa com torcida depois de brincadeiras com adversários

O meia-atacante Eden Hazard, do Real Madrid, pediu desculpas aos torcedores do clube por ter sido gravado brincando com jogadores…
Conmebol confirma dias e horários do retorno das Eliminatórias

Conmebol confirma dias e horários do retorno das Eliminatórias

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou nesta quinta-feira (6) que a partida entre Brasil e Equador, válida pelas Eliminatórias…
"Sentimento difícil de escrever", diz Neymar após eliminação

"Sentimento difícil de escrever", diz Neymar após eliminação

Neymar se pronunciou pela primeira vez desde a eliminação do Paris Saint-Germain na Champions League para o Manchester City. O…
Pfizer faz acordo para vacinar atletas da Olimpíada de Tóquio

Pfizer faz acordo para vacinar atletas da Olimpíada de Tóquio

Os laboratórios Pfizer e BioNTech anunciaram nesta quinta-feira (6) que chegaram um acordo com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para fornecer…
Águia e Itupiranga estão fora no Parazão 2021

Águia e Itupiranga estão fora no Parazão 2021

Os times de Águia de Marabá e Itupiranga não conseguiram avançar para a semifinal do Campeonato Paraense de Futebol e…
Em meio a tensão na Colômbia, Flu x Júnior Baranquilla será no Equador

Em meio a tensão na Colômbia, Flu x Júnior Baranquilla será no Equador

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) transferiu mais dois jogos desta semana para fora da Colômbia, devido a uma onda…