Correio de Carajás

Justiça Eleitoral lacra 684 urnas para eleição em Marabá

Juíza Adriana Tristão, de branco, acompanha o trabalho criterioso de carregamento das mídias e lacração das urnas da 23ª ZE
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Na manhã desta quarta-feira, 4 de novembro, servidores da Justiça Eleitoral em Marabá começaram a inserir os dados de todos os 349 candidatos a vereador e cinco a prefeito nas 684 urnas que serão espalhadas nos pontos de votação no próximo dia 15. O termo técnico usado pela Justiça Eleitoral é “carregamento das mídias e lacração”. Hoje, dia 4, é a vez das 348 urnas da 23ª ZE e o trabalho segue amanhã, quinta-feira, com todas as urnas da 100ª Zona Eleitoral, também com sede em Marabá.

Das 684 urnas que estão na sede do Fórum Eleitoral na Folha 16, Nova Marabá, 136 urnas – o equivalente a 20% do total – são para a reserva, caso haja necessidade de substituição.

Em entrevista ao Portal Correio na manhã desta quarta, a juíza titular da 23ª ZE, Adriana Divina da Costa Tristão, titular da 23ª Zona Eleitoral, explicou que os servidores do TRE já têm experiência nesse tipo de trabalho que culminará com o lacre de todas elas, para que não sejam violadas até o início do processo eleitoral.

Leia mais:

Questionada pela Reportagem, a magistrada não descartou possibilidade de fraude, mas lembrou que nunca foi constatada irregularidade com sistema eletrônico de votação no Brasil. Técnicos do TRE estarão disponíveis em Marabá durante o período eleitoral para trocar urnas por reservas, caso haja algum problema com uma ou outra. “Temos urnas suficientes para qualquer eventualidade”, garante.

Técnicos do TRE-PA trabalham hoje e amanhã para inserir os dados dos candidatos a prefeito e vereador nas mais de 600 urnas eletrônicas

No final da tarde desta quarta, quando todas as urnas receberem os dados dos candidatos, a própria juíza fará auditória nos equipamentos para confirmar o funcionamento delas.

A juíza Adriana Tristão destacou, ainda, que o aplicativo Pardal, disponibilizado pelo TSE, permite que qualquer cidadão faça denúncias de possíveis crimes eleitorais que possam estar sendo cometidos por candidatos ou seus representantes.

A 23ª Zona Eleitoral envolve a Marabá Pioneira, Nova Marabá e o município de Nova Ipixuna. Já a 100ª ZE cobre todo o núcleo Cidade Nova, zona rural da região do Rio Preto e o município de Bom Jesus do Tocantins. (Josseli Carvalho e Ulisses Pompeu)

Comentários

Mais

Evento com Bolsonaro em Marabá será no Parque de Exposição e aberto

Evento com Bolsonaro em Marabá será no Parque de Exposição e aberto

O maior evento de entrega de títulos de domínio e regularização fundiária do país. Assim está sendo tratada a solenidade…
Auxílio emergencial será prorrogado por mais 3 meses, afirma Guedes

Auxílio emergencial será prorrogado por mais 3 meses, afirma Guedes

O governo vai prorrogar o auxílio emergencial aos mais vulneráveis por mais três meses, informou ao Broadcast (sistema de notícias em tempo…
STF mantém quebras de sigilo da CPI da Covid

STF mantém quebras de sigilo da CPI da Covid

Os ministros Ricardo Lewandowski e Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negaram, no sábado (12) pedidos para suspender…
Parlamento de Israel aprova novo governo que encerra era Netanyahu

Parlamento de Israel aprova novo governo que encerra era Netanyahu

O Parlamento de Israel aprovou nesse domingo (13) um novo governo que encerra o tempo recorde de 12 anos no poder…
Brasil: Cinco municípios elegem seus prefeitos hoje

Brasil: Cinco municípios elegem seus prefeitos hoje

Os eleitores de cinco municípios irão às urnas hoje (13) para eleger seus prefeitos. Em Sidrolândia (MS), Nova Pata do…
Mourão diz que Bolsonaro autorizou nova operação militar na Amazônia

Mourão diz que Bolsonaro autorizou nova operação militar na Amazônia

O vice-presidente Hamilton Mourão disse hoje (11) que o presidente Jair Bolsonaro autorizou uma nova operação das Forças Armadas para combater crimes…