Correio de Carajás

Junta de dilatação de ponte na PA-150 causa preocupação (e acidentes)

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Uma junta de dilatação da ponte sobre o Rio São Domingos, a 19 quilômetros da cidade de Jacundá, cedeu cerca de 20 centímetros na manhã de domingo, 1º de outubro, e causou manifestações com fotos nas redes sociais desde então. Juntas de dilatação, também conhecidas como juntas de movimento, são dispositivos criados para absorver a variação volumétrica dos materiais, e também usadas para mitigar os efeitos da vibração e movimentações inerentes a cada tipo de estrutura.

O problema merece atenção redobrada de quem dirige veículos por aquele trecho da PA-150 entre os municípios de Jacundá e Nova Ipixuna e a probabilidade de acidente envolvendo veículos é grande, principalmente à noite. O problema estrutural afetou a ponte no sentido Jacundá a Nova Ipixuna e quando veículos se encontram exatamente em cima da ponte correm risco de colisão frontal, sem contar possível acidente com choque do veículo direto na junta de dilatação.

Segundos motoristas, a ponte apresenta problemas desde o ano passado. A situação foi agravada e a trafegabilidade de veículos comprometida após o rebaixamento de umas das divisórias.

Leia mais:

O motorista Diomarcos Rocha, que faz diariamente o percurso entre as cidades de Jacundá e Marabá, conta que o problema é considerado grave pelos condutores. “Aqueles menos atentos podem se envolver em acidente”. Extraoficialmente, há relatos de acidentes com veículos que passaram pela ponte, no entanto, a Reportagem não encontrou nenhuma vítima.

A ponte sobre o Rio São Domingos está localizada no KM 58 da Rodovia PA-150 e foi construída quando a rodovia passou por reconstrução, há 4 anos. Após o acidente que causou o rebaixamento da estrutura em concreto, motoristas improvisaram “sinalização” com galhos de árvores e um pedaço de uma placa sinalizadora, interditando principalmente o sentido de quem viaja de Jacundá a Nova Ipixuna. No sentido contrário, a interdição é parcial.

Em nota, o Governo do Estado, por meio da Setran (Secretaria de Estado de Transportes) informou que “tomou conhecimento esta manhã sobre a situação da ponte sobre o Rio São Domingos, próximo ao município de Jacundá, na PA-150, e já solicitou que os técnicos do 5º Núcleo Regional realizem a inspeção no local para que os reparos sejam providenciados”. (Antonio Barroso)

Uma junta de dilatação da ponte sobre o Rio São Domingos, a 19 quilômetros da cidade de Jacundá, cedeu cerca de 20 centímetros na manhã de domingo, 1º de outubro, e causou manifestações com fotos nas redes sociais desde então. Juntas de dilatação, também conhecidas como juntas de movimento, são dispositivos criados para absorver a variação volumétrica dos materiais, e também usadas para mitigar os efeitos da vibração e movimentações inerentes a cada tipo de estrutura.

O problema merece atenção redobrada de quem dirige veículos por aquele trecho da PA-150 entre os municípios de Jacundá e Nova Ipixuna e a probabilidade de acidente envolvendo veículos é grande, principalmente à noite. O problema estrutural afetou a ponte no sentido Jacundá a Nova Ipixuna e quando veículos se encontram exatamente em cima da ponte correm risco de colisão frontal, sem contar possível acidente com choque do veículo direto na junta de dilatação.

Segundos motoristas, a ponte apresenta problemas desde o ano passado. A situação foi agravada e a trafegabilidade de veículos comprometida após o rebaixamento de umas das divisórias.

O motorista Diomarcos Rocha, que faz diariamente o percurso entre as cidades de Jacundá e Marabá, conta que o problema é considerado grave pelos condutores. “Aqueles menos atentos podem se envolver em acidente”. Extraoficialmente, há relatos de acidentes com veículos que passaram pela ponte, no entanto, a Reportagem não encontrou nenhuma vítima.

A ponte sobre o Rio São Domingos está localizada no KM 58 da Rodovia PA-150 e foi construída quando a rodovia passou por reconstrução, há 4 anos. Após o acidente que causou o rebaixamento da estrutura em concreto, motoristas improvisaram “sinalização” com galhos de árvores e um pedaço de uma placa sinalizadora, interditando principalmente o sentido de quem viaja de Jacundá a Nova Ipixuna. No sentido contrário, a interdição é parcial.

Em nota, o Governo do Estado, por meio da Setran (Secretaria de Estado de Transportes) informou que “tomou conhecimento esta manhã sobre a situação da ponte sobre o Rio São Domingos, próximo ao município de Jacundá, na PA-150, e já solicitou que os técnicos do 5º Núcleo Regional realizem a inspeção no local para que os reparos sejam providenciados”. (Antonio Barroso)

Comentários

Mais

Fiocruz: acordo vai combater transmissão congênita da doença de Chagas

Fiocruz: acordo vai combater transmissão congênita da doença de Chagas

Um convênio assinado hoje (14) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a agência internacional Central Internacional para a Compra de…
Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa

Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa

Em 2020, foram abertas 3,3 milhões de novas empresas, segundo levantamento da Serasa Experian. O número representa um crescimento de…
Covid: saúde mental piorou para 53% dos brasileiros sob pandemia, aponta pesquisa

Covid: saúde mental piorou para 53% dos brasileiros sob pandemia, aponta pesquisa

Mais da metade dos brasileiros entrevistados por uma pesquisa declararam que sua saúde emocional e mental piorou desde o início…
Como escolher um bom café? Mitos e curiosidades sobre a bebida queridinha dos brasileiros

Como escolher um bom café? Mitos e curiosidades sobre a bebida queridinha dos brasileiros

A segunda bebida mais consumida no mundo é também aquela que hoje serve como instrumento para aproximar ainda mais as…
Terminam hoje inscrições para o Sisu do primeiro semestre

Terminam hoje inscrições para o Sisu do primeiro semestre

Termina hoje (14), às 23h59, o prazo de inscrições para o processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do primeiro semestre…
Decisão judicial ratifica atuação da Arcon no combate ao transporte clandestino

Decisão judicial ratifica atuação da Arcon no combate ao transporte clandestino

Decisão favorável do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA), no final do mês passado, ratifica o poder de…