Correio de Carajás

Junta de dilatação de ponte na PA-150 causa preocupação (e acidentes)

Uma junta de dilatação da ponte sobre o Rio São Domingos, a 19 quilômetros da cidade de Jacundá, cedeu cerca de 20 centímetros na manhã de domingo, 1º de outubro, e causou manifestações com fotos nas redes sociais desde então. Juntas de dilatação, também conhecidas como juntas de movimento, são dispositivos criados para absorver a variação volumétrica dos materiais, e também usadas para mitigar os efeitos da vibração e movimentações inerentes a cada tipo de estrutura.

O problema merece atenção redobrada de quem dirige veículos por aquele trecho da PA-150 entre os municípios de Jacundá e Nova Ipixuna e a probabilidade de acidente envolvendo veículos é grande, principalmente à noite. O problema estrutural afetou a ponte no sentido Jacundá a Nova Ipixuna e quando veículos se encontram exatamente em cima da ponte correm risco de colisão frontal, sem contar possível acidente com choque do veículo direto na junta de dilatação.

Segundos motoristas, a ponte apresenta problemas desde o ano passado. A situação foi agravada e a trafegabilidade de veículos comprometida após o rebaixamento de umas das divisórias.

Leia mais:

O motorista Diomarcos Rocha, que faz diariamente o percurso entre as cidades de Jacundá e Marabá, conta que o problema é considerado grave pelos condutores. “Aqueles menos atentos podem se envolver em acidente”. Extraoficialmente, há relatos de acidentes com veículos que passaram pela ponte, no entanto, a Reportagem não encontrou nenhuma vítima.

A ponte sobre o Rio São Domingos está localizada no KM 58 da Rodovia PA-150 e foi construída quando a rodovia passou por reconstrução, há 4 anos. Após o acidente que causou o rebaixamento da estrutura em concreto, motoristas improvisaram “sinalização” com galhos de árvores e um pedaço de uma placa sinalizadora, interditando principalmente o sentido de quem viaja de Jacundá a Nova Ipixuna. No sentido contrário, a interdição é parcial.

Em nota, o Governo do Estado, por meio da Setran (Secretaria de Estado de Transportes) informou que “tomou conhecimento esta manhã sobre a situação da ponte sobre o Rio São Domingos, próximo ao município de Jacundá, na PA-150, e já solicitou que os técnicos do 5º Núcleo Regional realizem a inspeção no local para que os reparos sejam providenciados”. (Antonio Barroso)

Uma junta de dilatação da ponte sobre o Rio São Domingos, a 19 quilômetros da cidade de Jacundá, cedeu cerca de 20 centímetros na manhã de domingo, 1º de outubro, e causou manifestações com fotos nas redes sociais desde então. Juntas de dilatação, também conhecidas como juntas de movimento, são dispositivos criados para absorver a variação volumétrica dos materiais, e também usadas para mitigar os efeitos da vibração e movimentações inerentes a cada tipo de estrutura.

O problema merece atenção redobrada de quem dirige veículos por aquele trecho da PA-150 entre os municípios de Jacundá e Nova Ipixuna e a probabilidade de acidente envolvendo veículos é grande, principalmente à noite. O problema estrutural afetou a ponte no sentido Jacundá a Nova Ipixuna e quando veículos se encontram exatamente em cima da ponte correm risco de colisão frontal, sem contar possível acidente com choque do veículo direto na junta de dilatação.

Segundos motoristas, a ponte apresenta problemas desde o ano passado. A situação foi agravada e a trafegabilidade de veículos comprometida após o rebaixamento de umas das divisórias.

O motorista Diomarcos Rocha, que faz diariamente o percurso entre as cidades de Jacundá e Marabá, conta que o problema é considerado grave pelos condutores. “Aqueles menos atentos podem se envolver em acidente”. Extraoficialmente, há relatos de acidentes com veículos que passaram pela ponte, no entanto, a Reportagem não encontrou nenhuma vítima.

A ponte sobre o Rio São Domingos está localizada no KM 58 da Rodovia PA-150 e foi construída quando a rodovia passou por reconstrução, há 4 anos. Após o acidente que causou o rebaixamento da estrutura em concreto, motoristas improvisaram “sinalização” com galhos de árvores e um pedaço de uma placa sinalizadora, interditando principalmente o sentido de quem viaja de Jacundá a Nova Ipixuna. No sentido contrário, a interdição é parcial.

Em nota, o Governo do Estado, por meio da Setran (Secretaria de Estado de Transportes) informou que “tomou conhecimento esta manhã sobre a situação da ponte sobre o Rio São Domingos, próximo ao município de Jacundá, na PA-150, e já solicitou que os técnicos do 5º Núcleo Regional realizem a inspeção no local para que os reparos sejam providenciados”. (Antonio Barroso)

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.