Correio de Carajás

Jovem é assassinada e encontrada em grota

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Na manhã desta segunda-feira (24), populares acionaram a Polícia Militar informando que havia o corpo de uma mulher jogado numa grota no final da chamada Rua Principal, no bairro Nossa Senhora Aparecida, mais conhecido como “Invasão da Coca-Cola”, periferia da Nova Marabá. O local é de difícil acesso e até mesmo a polícia teve dificuldades para chegar até lá. A vítima foi identificada como Bianca Félix da Silva, de 18 anos, moradora do São Félix Pioneiro.

Ao chegar ao local, a polícia e também os peritos do Instituto Médico Legal (IML) constataram que se tratava de uma mulher bem jovem. Ela estava de camiseta e bermuda, deitada na grota e com manchas de sangue no peito do lado esquerdo. Foi possível verificar também que havia uma perfuração de arma branca à altura da costela.

Embora o local estivesse cheio de curiosos – inclusive com a presença de dezenas de crianças – ninguém quis comentar sobre o caso. Os populares apenas comentaram que a vítima não era das redondezas, pois ninguém a conhecia. De fato, ela não era moradora do bairro.

Leia mais:

Na avaliação do subtenente Rodrigues, à frente da primeira guarnição da Polícia Militar que chegou ao local, a julgar pelo estado do corpo no momento da perícia (por volta das 10h da manhã), possivelmente o crime ocorreu entre meia-noite de domingo e 2h da manhã de ontem.

Como o local é bastante deserto e as casas mais próximas ficam a pelo menos 30 metros, ninguém disse ter ouvido barulho de moto ou nenhum outro som que indicasse a presença de pessoas na área entre a noite de domingo e a madrugada desta segunda.

O jornal tentou contato telefônico com familiares da vítima, mas eles não quiseram comentar sobre o caso. Apenas uma tia dela disse que eles não têm informações que possam ser relevantes nesse momento, pois, segundo ela, ninguém da família tem ideia da motivação e tampouco da possível autoria desse crime: “Nem nós sabe direito também”, resumiu, por telefone, a tia da vítima.

No início da noite, procurada pelo jornal, também por telefone, a delegada Raíssa Beleboni, titular do Departamento de Homicídios da Polícia Civil, disse que ainda não tinha novidades sobre a investigação, até porque as pessoas próximas à vítima só devem começar a ser ouvidas no decorrer da semana.

Síntese

Populares encontraram uma jovem morta a facadas numa grota no final da Invasão da Coca-Cola. O corpo foi removido e identificado, mas a polícia ainda não tem pistas sobre autoria do crime e também os familiares alegam que nada sabem sobre o caso.

(Chagas Filho)

Na manhã desta segunda-feira (24), populares acionaram a Polícia Militar informando que havia o corpo de uma mulher jogado numa grota no final da chamada Rua Principal, no bairro Nossa Senhora Aparecida, mais conhecido como “Invasão da Coca-Cola”, periferia da Nova Marabá. O local é de difícil acesso e até mesmo a polícia teve dificuldades para chegar até lá. A vítima foi identificada como Bianca Félix da Silva, de 18 anos, moradora do São Félix Pioneiro.

Ao chegar ao local, a polícia e também os peritos do Instituto Médico Legal (IML) constataram que se tratava de uma mulher bem jovem. Ela estava de camiseta e bermuda, deitada na grota e com manchas de sangue no peito do lado esquerdo. Foi possível verificar também que havia uma perfuração de arma branca à altura da costela.

Embora o local estivesse cheio de curiosos – inclusive com a presença de dezenas de crianças – ninguém quis comentar sobre o caso. Os populares apenas comentaram que a vítima não era das redondezas, pois ninguém a conhecia. De fato, ela não era moradora do bairro.

Na avaliação do subtenente Rodrigues, à frente da primeira guarnição da Polícia Militar que chegou ao local, a julgar pelo estado do corpo no momento da perícia (por volta das 10h da manhã), possivelmente o crime ocorreu entre meia-noite de domingo e 2h da manhã de ontem.

Como o local é bastante deserto e as casas mais próximas ficam a pelo menos 30 metros, ninguém disse ter ouvido barulho de moto ou nenhum outro som que indicasse a presença de pessoas na área entre a noite de domingo e a madrugada desta segunda.

O jornal tentou contato telefônico com familiares da vítima, mas eles não quiseram comentar sobre o caso. Apenas uma tia dela disse que eles não têm informações que possam ser relevantes nesse momento, pois, segundo ela, ninguém da família tem ideia da motivação e tampouco da possível autoria desse crime: “Nem nós sabe direito também”, resumiu, por telefone, a tia da vítima.

No início da noite, procurada pelo jornal, também por telefone, a delegada Raíssa Beleboni, titular do Departamento de Homicídios da Polícia Civil, disse que ainda não tinha novidades sobre a investigação, até porque as pessoas próximas à vítima só devem começar a ser ouvidas no decorrer da semana.

Síntese

Populares encontraram uma jovem morta a facadas numa grota no final da Invasão da Coca-Cola. O corpo foi removido e identificado, mas a polícia ainda não tem pistas sobre autoria do crime e também os familiares alegam que nada sabem sobre o caso.

(Chagas Filho)

Comentários

Mais

Homem é assassinado na Feira do Rio Verde quando jogava bozó

Homem é assassinado na Feira do Rio Verde quando jogava bozó

Por volta das 13h deste domingo (18) um homem identificado como Pedro Alife Reis França foi assassinado na Feira do…
Colisão de motos deixa dois mortos e um ferido no bairro Betânia

Colisão de motos deixa dois mortos e um ferido no bairro Betânia

Por volta das 15 horas deste sábado (17), uma colisão frontal entre duas motos no bairro Betânia, em Parauapebas, resultou…
Trio é detido por tráfico no bairro Altamira

Trio é detido por tráfico no bairro Altamira

Na noite desta sexta-feira (16), a policia autuou três jovens por tráfico de drogas no bairro Altamira, em Parauapebas. Viniciu…
Menor de idade é baleado no bairro Liberdade

Menor de idade é baleado no bairro Liberdade

Na noite desta sexta-feira (16), um menor de idade foi alvejado no antebraço em sua casa, no bairro Liberdade, em…
Dr. Jairinho é investigado por agressões a três crianças; entenda

Dr. Jairinho é investigado por agressões a três crianças; entenda

Com o novo depoimento de uma ex-namorada de Dr. Jairinho, Débora Melo Saraiva, já são três casos investigados pela polícia sobre crianças…
Drogas levam dois à cadeia em Marabá

Drogas levam dois à cadeia em Marabá

Os indivíduos Wagner Souza Andrade e Rodrigo Nascimento foram presos pela Polícia Militar por volta das 4h30 da madrugada desta…