Correio de Carajás

João Salame assume importante cargo no Ministério da Saúde

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Ainda esta semana, o ex-prefeito de Marabá, João Salame Neto, deverá assumir o cargo de diretor do Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, em Brasília.

A nomeação oficial ocorreu nesta terça-feira, dia 15, com publicação no Diário Oficial da União (conforme imagem abaixo). Por volta de 11h30 desta terça-feira, em conversa com o ex-prefeito de Marabá pelo Whatsapp, este passou a seguinte mensagem ao Portal Correio de Carajás ao ser questionado sobre sua nomeação: “Ainda não assumi. Essa é apenas a portaria de nomeação. Estou apresentando hoje os documentos necessários para tomar posse, o que deve ocorrer esta semana.

A prioridade (da nova função) é fortalecer as ações de atenção básica em todo o País em parceria com os secretários estaduais e municipais de saúde, tornando-as mais eficientes, seguindo a orientação do ministro Ricardo Barros de economizar recursos nos meios para investir na ponta. E certamente priorizar o atendimento às demandas dos municípios paraenses”.

Leia mais:

Por fim, o ex-prefeito disse que o cargo de diretor do Departamento de Atenção Básica é muito disputado. “Tem um poder de fogo grande. Se a gente se unir aí no Pará dá pra ajudar muito nossos municípios”, finalizou.

O que faz a atenção básica?

A Atenção Básica é o primeiro nível de atenção em saúde e se caracteriza por um conjunto de ações de saúde, no âmbito individual e coletivo, que abrange a promoção e a proteção da saúde, a prevenção de agravos, o diagnóstico, o tratamento, a reabilitação, a redução de danos e a manutenção da saúde com o objetivo de desenvolver uma atenção integral que impacte positivamente na situação de saúde das coletividades. Este trabalho é realizado nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), nas Unidades Básicas de Saúde Fluviais, nas Unidades Odontológicas Móveis (UOM) e nas Academias de Saúde. (Ulisses Pompeu)

Ainda esta semana, o ex-prefeito de Marabá, João Salame Neto, deverá assumir o cargo de diretor do Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, em Brasília.

A nomeação oficial ocorreu nesta terça-feira, dia 15, com publicação no Diário Oficial da União (conforme imagem abaixo). Por volta de 11h30 desta terça-feira, em conversa com o ex-prefeito de Marabá pelo Whatsapp, este passou a seguinte mensagem ao Portal Correio de Carajás ao ser questionado sobre sua nomeação: “Ainda não assumi. Essa é apenas a portaria de nomeação. Estou apresentando hoje os documentos necessários para tomar posse, o que deve ocorrer esta semana.

A prioridade (da nova função) é fortalecer as ações de atenção básica em todo o País em parceria com os secretários estaduais e municipais de saúde, tornando-as mais eficientes, seguindo a orientação do ministro Ricardo Barros de economizar recursos nos meios para investir na ponta. E certamente priorizar o atendimento às demandas dos municípios paraenses”.

Por fim, o ex-prefeito disse que o cargo de diretor do Departamento de Atenção Básica é muito disputado. “Tem um poder de fogo grande. Se a gente se unir aí no Pará dá pra ajudar muito nossos municípios”, finalizou.

O que faz a atenção básica?

A Atenção Básica é o primeiro nível de atenção em saúde e se caracteriza por um conjunto de ações de saúde, no âmbito individual e coletivo, que abrange a promoção e a proteção da saúde, a prevenção de agravos, o diagnóstico, o tratamento, a reabilitação, a redução de danos e a manutenção da saúde com o objetivo de desenvolver uma atenção integral que impacte positivamente na situação de saúde das coletividades. Este trabalho é realizado nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), nas Unidades Básicas de Saúde Fluviais, nas Unidades Odontológicas Móveis (UOM) e nas Academias de Saúde. (Ulisses Pompeu)

Comentários

Mais

CPI da Covid-19 pode ter sua primeira reunião na próxima semana

CPI da Covid-19 pode ter sua primeira reunião na próxima semana

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 pode ser instalada já na próxima semana. O último obstáculo, a leitura…
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

O salário mínimo em 2022 será de R$ 1.147 e não terá aumento acima da inflação, anunciou o Ministério da…
Fachin pede para mudar para a Primeira Turma do STF

Fachin pede para mudar para a Primeira Turma do STF

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), formalizou hoje (15) o pedido para ser…
TSE prevê compra de 176 mil urnas eletrônicas para 2022

TSE prevê compra de 176 mil urnas eletrônicas para 2022

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realiza amanhã (16) uma audiência pública sobre a compra de até 176 mil urnas eletrônicas…
Em carta a Biden, Bolsonaro promete fim do desmatamento ilegal

Em carta a Biden, Bolsonaro promete fim do desmatamento ilegal

O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu a acabar com o desmatamento ilegal até 2030. Em carta enviada ontem (14) ao…
Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia

Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia

O governo federal publicou nesta quarta-feira (14) o Plano Amazônia 2021/2022, que estabelece diretrizes para ações de fiscalização e combate…