Correio de Carajás

Instituto Miguel Chamon faz quatro dias de atendimento na VS-10

CONSULTAS E EXAMES

Instituto Miguel Chamon está atendendo no Complexo VS-10
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Nesta terça (26) e quarta-feira (27) o Instituto Miguel Chamon muda de endereço, mas continua atendendo a população do Complexo VS-10.

Os caminhões que funcionam como consultórios estarão na Rua Abaeté, esquina com Avenida Alzira Camilo, realizando consultas com clínico geral, dentista e oftalmologista, além de exames de ultrassonografia e doação de óculos.

O projeto social chegou ao complexo no domingo (24) e se instalou na Rua Rio do Ouro, próximo à Escola Mario Lago, onde segue atendendo nesta segunda (25).

Leia mais:

Conforme a coordenadora do Instituto, Amanda Cavalcante, está sendo realizada a média de 400 atendimentos diários em Parauapebas, onde as ações iniciaram no Residencial Alto Bonito e já passaram pelas regiões dos bairros Tropical, Altamira e Liberdade.

Coordenadora do Instituto, Amanda Cavalcante observa a alta procura pelo atendimento

“A procura tem sido muito alta desde o início. Hoje completamos 13 dias de atendimentos e quanto mais os dias passam mais a procura aumenta. Aqui (VS-10) não está sendo diferente, é o nosso segundo dia nessa localização e como é um bairro muito grande dividimos em dois pontos para fazer o atendimento”, explica.

Segundo ela, mesmo com chuva, as pessoas compareceram em massa nos locais de atendimento ao longo do final de semana. “Está sempre bem movimentado, sempre as pessoas buscando se informar e chegando já um dia antes para garantir o atendimento para o dia seguinte”, diz, explicando que é montada uma estrutura para oferecer conforto aos usuários.

“O atendimento acontece de forma espontânea, a procura é livre. Há uma estrutura com cadeiras para as pessoas sentarem e para cada atendimento tem uma quantidade de senhas. Às 6 horas da manhã a gente faz a entrega de senhas para quem já está sentado, aí faz o cadastro de cada paciente e iniciamos o atendimento por volta das 8 com os médicos. Temos duas unidades funcionando simultaneamente, cada uma com uma equipe de médicos”.

De acordo com a coordenadora, o serviço mais procurado é o oftalmológico, principalmente devido ao alto custo do par de óculos, que pelo instituo é doado. “É o nosso carro chefe. A procura é sempre maior porque, além da consulta, caso o paciente precise de óculos, nós temos uma ótica que nos acompanha e aqui mesmo ele já escolhe os óculos e os recebe de 30 a 40 dias. Esse é o diferencial”, diz.

Ela explica que, posteriormente, serão agendados dias e horários para a entrega dos óculos e a divulgação ocorrerá pelas redes sociais do instituto e do deputado Chamonzinho (MDB), idealizador do projeto.

Na quarta-feira será o encerramento da ação em Parauapebas, onde completará 15 dias de atendimento. Em seguida, os caminhões partem para outra cidade. “Estamos há sete meses fazendo a ação e já passamos por 29 cidades, aqui é a 30ª”, conta.

Manoel Moraes: “O atendimento é rápido e é à domicilio, quase chega na casa da gente”

Manoel Almeida de Moraes, de 57 anos, procurou o instituto nesta segunda em busca de um exame de ultrassom para tentar identificar o que vem causando dores nas costas e nos quadris. “Sinto um incômodo e quero identificar se é no rim, ou nas costas. Esse atendimento é muito bom porque vemos muita gente necessitada aqui. Chegou em boa hora”, diz o trabalhador informal. Ele acrescenta que exames desta natureza demoram muito no sistema público de saúde. “Isso aqui é muito bom porque o atendimento é rápido e é à domicilio, quase chega na casa da gente. Ainda tem a tranquilidade de ter cadeira pra sentar, sombra, uma água pra beber…”.

Leinda Rodrigues: “Se a gente for pagar é muito caro”

Leinda Rodrigues da Luz Moraes, de 47 anos, também aguardava pelo mesmo exame. “A gente é agricultora e é fraca de condição, então resolveu vir fazer porque se for pagar é muito caro. O atendimento aqui é muito bom, estamos gratos a Deus e a estas pessoas que nos atendem aqui tão bem”. (Luciana Marschall – com informações de Ronaldo Modesto)

Comentários

Mais

Instituto Miguel Chamon entrega óculos no Liberdade, em Parauapebas

Instituto Miguel Chamon entrega óculos no Liberdade, em Parauapebas

Durante o mês de outubro, o Instituto Miguel Chamon esteve em diferentes localidades de Parauapebas e do Pará realizando atendimentos…
Assinado convênio para implantação do Centro Nacional de Vacinas

Assinado convênio para implantação do Centro Nacional de Vacinas

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) assinou hoje (8) um convênio para implantação do Centro Nacional de Vacinas,…
Pelé é internado para tratamento de tumor do cólon

Pelé é internado para tratamento de tumor do cólon

Pelé voltou a ser internado no Hospital Israelita Albert Einstein para dar sequência ao tratamento do tumor de cólon, identificado…
Ômicron chega a 57 países e hospitalizações devem subir

Ômicron chega a 57 países e hospitalizações devem subir

A variante Ômicron já foi notificada em 57 países, e o número de pacientes que precisarão de internação hospitalar provavelmente aumentará…
Portadores de fibromialgia começam a receber carteirinha a partir de sexta-feira (10)

Portadores de fibromialgia começam a receber carteirinha a partir de sexta-feira (10)

Na próxima sexta-feira (10), às 10h da manhã, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Departamento de Doenças…
Operações da Semas no período de defeso apreendem mais de 15 toneladas de pescado

Operações da Semas no período de defeso apreendem mais de 15 toneladas de pescado

A fim de combater a captura ilícita de peixes no período do defeso, (prazo estabelecido de acordo com a época…