Correio de Carajás

Inmetro: consumidores devem ficar atentos com compras da Semana Santa

(Foto: José Cruz/Agência Brasil)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Vai fazer as compras para a Semana Santa? O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) reuniu cinco dicas para que você adquira pescados e chocolates, os produtos mais populares dessa época de forma segura.

1 – Em tempos de pandemia, prefira, sempre que possível, um estabelecimento que entregue em sua casa. Caso não conheça lojas seguras que façam vendas pelo telefone ou Internet, busque dicas com sua rede de amigos ou em grupos de bairros nas redes sociais.

2 – Após o manuseio das compras, não se esqueça de lavar suas mãos, com água e sabão. Embalagens dos produtos podem ser higienizadas com álcool 70% (gel ou líquido) ou lavadas com água e sabão.

Leia mais:

3- Fique de olho no peso dos produtos pré-embalados. Ao adquirir peixe congelado pré-embalado, como bacalhau, por exemplo, tenha atenção para o peso líquido do pescado, que deve estar indicado, de forma clara, na rotulagem do produto. Ele também não deve considerar o peso da embalagem, nem a camada de glaciamento, que consiste na aplicação de uma fina camada externa de gelo para proteção do produto.

Produtos como ovos de chocolate, bombons, chocolates e colombas devem apresentar, de forma clara, a indicação do peso líquido na embalagem. Esta indicação deve se referir somente ao peso do produto, desconsiderando o valor da embalagem (tara) e de eventuais brindes.

No caso de ovos de páscoas a numeração desses produtos serve apenas como referência para o fabricante. “Um produto com número maior não necessariamente pesa mais: cada marca adota uma escala de tamanho diferente. O mais prudente é se orientar pela indicação do peso líquido do chocolate, que deve constar obrigatoriamente na embalagem”, alerta o Inmetro.

4 – Caso você dê a uma criança um ovo com brinquedo, fique atento, na embalagem deve estar estampada a seguinte frase: “ATENÇÃO: Contém brinquedo certificado no âmbito do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade”. O brinde também apresenta o selo do Inmetro. Caso desconfie de alguma irregularidade, procure a ouvidoria do órgão pelo número: 0800 285 1818 (segunda a sexta-feira, das 9 h às 17 h) ou faça sua denúncia online.

5 – Caso saiba de algum acidente envolvendo brinquedo ou brinde, mesmo que com outra pessoa,informe ao Inmetro pelo Sistema Inmetro de Monitoramento de Acidentes de Consumo (Sinmac), preenchendo o formulário disponível.

(Agência Brasil)

Comentários

Mais

Covid: Marabá inicia vacinação da população em geral no dia 19

Covid: Marabá inicia vacinação da população em geral no dia 19

A notícia mais esperada e sonhada pela população de Marabá finalmente foi confirmada na tarde desta quarta-feira (16) pela Prefeitura…
É falso que jogador dinamarquês tenha se vacinado antes de sofrer mal súbito

É falso que jogador dinamarquês tenha se vacinado antes de sofrer mal súbito

INVESTIGADO POR: VERIFICADO POR:    Tuíte informa como fonte uma entrevista feita para uma rádio italiana, cuja existência a própria…
Estudo com hidroxicloroquina não comprova eficácia no ‘tratamento precoce’

Estudo com hidroxicloroquina não comprova eficácia no ‘tratamento precoce’

INVESTIGADO POR:  VERIFICADO POR:  É enganosa postagem no Twitter que associa um estudo pré-publicado, portanto sem revisão dos pares, com…
Produtores de citrus, na região, precisam se cadastrar na Adepará

Produtores de citrus, na região, precisam se cadastrar na Adepará

Com o objetivo de realizar um trabalho preventivo e obter dados dos produtores de citrus – laranja, limão e tangerina…
Ao contrário do que afirma post, ivermectina em altas doses pode causar até convulsão

Ao contrário do que afirma post, ivermectina em altas doses pode causar até convulsão

INVESTIGADO POR:  VERIFICADO POR: É enganosa postagem de médico no Twitter e no Instagram afirmando que a ivermectina é um…
Saiba quem não deve tomar a Sputnik V; Anvisa autorizou Pará a comprar vacina

Saiba quem não deve tomar a Sputnik V; Anvisa autorizou Pará a comprar vacina

A importação da vacina Sputnik V ao Pará, aprovada nessa terça-feira, 15, deverá ser realizada sob condições controladas. Por isso de acordo…