Correio de Carajás

Início do inverno interrompe obras e marabaense enfrenta transtornos

A Rua Vitória no Bairro Belo Horizonte recebia cuidados do Município quando foi atingida pela chuva / Foto: TV Correio Marabá
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Novembro chegou trazendo algo que o marabaense pedia há um bom tempo: chuva. Desde o último final de semana o clima mudou repentinamente, ficando comum observar pessoas circulando pela cidade com guarda-chuvas e capas de proteção. Apesar do alívio que o novo tempo trouxe para uns, outros queixam-se das consequências do mau tempo.

Uma das diversas reclamações recebidas pelos veículos de comunicação do Grupo Correio foi sobre a Rua Vitória, no Bairro Belo Horizonte, onde uma obra inacabada ameaçava derrubar parte das residências ao redor. Na manhã da quarta-feira (5) a Reportagem da TV Correio esteve no local e se deparou com lonas colocadas pela Defesa Civil do Município, na tentativa de conter o assoreamento que poderia provocar o desabamento de algumas casas.

Equipes da Defesa Civil cobriram com lonas as manilhas na Rua Vitória / Foto: TV Correio Marabá

Vanessa Oliveira é estudante de engenharia e reside na via que está refém da obra, relatando ser difícil sair e entrar em casa, por conta do transtorno. “Quando saio preciso ir me apoiando nas paredes dos vizinhos porque, se não, é arriscado cair na lama, até choque levei em um padrão de energia. Procurei o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil e até mesmo veículos de comunicação para nos ajudar nessa situação”, relata a estudante.

Leia mais:
Vanessa relata que teve que dormir na casa de sua prima, devido aos transtornos / Foto: TV Correio Marabá

Apesar das lonas colocadas pelo órgão de prevenção a acidentes, Vanessa precisou deixar a casa onde vive, pois as adversidades da obra são inúmeras. “Eu percebi muitas rachaduras e assoreamentos na frente da minha casa e isso me deixou com medo de ficar presa, caso desmorone, por isso fui passar a noite na casa de uma prima. Além disso, estamos há um mês sem água devido essa obra”, queixa-se a estudante.

Raimundo reclama da forma como a empresa licitada está atuando / Foto: TV Correio Marabá

Raimundo Nonato também é morador da Rua Vitória e reclamou da empresa contratada para a execução, destacando que esta abriu várias frentes de trabalho, o que consequentemente atrasa a conclusão do serviço. “Eles não terminam nem o que eles começam e já vão mexendo em outro canto, nesse momento, por exemplo, não há ninguém aqui, como podem ver”, reclamou Nonato, apontando para a obra abandonada, sem sinais de servidores da empresa licitada ou da prefeitura.

Só depois da reclamação dos moradores e da chegada da Defesa Civil Municipal a empresa responsável pela obra deslocou funcionários que estavam em outro ponto para aterrar as manilhas que ficaram expostas na via. Não é possível prever, entretanto, se apenas esse aterro será suficiente para conter os problemas causados aos moradores.

E AGORA, PREFEITURA?

A obra da Rua Vitória é apenas uma de muitas que ficarão pausadas devido o inverno chuvoso que chega com tudo no mês de novembro. Sobre isso, o Portal Correio procurou o secretário municipal de Viação e Obras Públicas, Fábio Moreira, para dar transparência ao cronograma das reformas e demais melhorias.

Ele afirma que parte dos trabalhos de drenagem e pavimentação será concluída ainda em 2020, sendo as vias do Bairro da Paz, Carajás I, Bairro Independência, Bairro Novo Planalto, parte do Bairro Liberdade, Vila São José (Km 8), Km 7, parte do Núcleo São Félix, Vila Santa Fé, e Folhas 19, 20, 31, 33. No Bairro Jardim União e Belo Horizonte, local da Rua Vitória, serão feitos apenas os serviços de drenagem, acrescenta.

Em 2021, garante que os trabalhos são retomados quando houver um período de estiagem e será feita a conclusão do restante do Liberdade, Folhas 21, 28, e 29 e as vias do Núcleo Morada Nova. No Belo Horizonte e Jardim União as vias finalmente receberão a pavimentação, mas até lá, ruas como a mencionada na reportagem contarão com a sorte para que nenhum desastre aconteça.

O Terminal de Integração é uma das obras que continuará, mesmo com as chuvas, segundo Fábio Moreira / Foto: Evangelista Rocha

“Essas chuvas serão esporádicas, então vamos concluir algumas vias ainda em 2020. Outras obras como reforma de escolas, Unidades Básicas de Saúde, continuarão sem nenhum impedimento, pois são feitas em locais fechados. O Terminal de Integração, por exemplo, já está na próxima etapa e se tratando de obra civil continuará normalmente. Outra grande obra que não vai parar agora é a Orla de Marabá, pois estamos na etapa de montagem e as chuvas não interferem tanto, somente quando tivermos a enchente é que não será possível continuar”, explicou Fábio. (Zeus Bandeira – Colaboração de Chagas Filho)

Comentários

Mais

Caminhão a serviço do Dnit derruba tanque e VP-8 é parcialmente bloqueada

Caminhão a serviço do Dnit derruba tanque e VP-8 é parcialmente bloqueada

Uma das rotatórias da avenida VP-8 da nova Marabá estava parcialmente isolada nesta manhã de domingo (20), bem perto da…
Presidente do Incra exalta reforma agrária

Presidente do Incra exalta reforma agrária

Presidente do Incra exalta reforma agrária Em seu discurso no evento em Marabá, o presidente do Incra, Geraldo Melo Filho,…
Começa hoje a vacinação da  população sem prioridade

Começa hoje a vacinação da população sem prioridade

Um mutirão de dois dias vai marcar o momento tão esperado pelos marabaenses: o início da vacinação contra a covid-19…
Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

A Secretaria Municipal de Saúde de Canaã dos Carajás recebeu do Governo do Estado 3.140 doses de vacina contra o…
Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

A administração pública de Parauapebas trabalha para resolver a situação dos indígenas venezuelanos da etnia Warao, que estão acampados há…
Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Logo após a execução do Hino Nacional, no Parque de Exposições, nesta sexta-feira, dia 18, o prefeito de Marabá, Tião…