Correio de Carajás

Influenciadores digitais abraçam campanha do MP de combate à violência contra a mulher

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O primeiro passo para quebrar o ciclo de violência é pedir ajuda. Para isso é preciso existir uma forma eficaz de informação, como: onde denunciar, como funciona a rede de atendimento e apoio e, onde procurar orientação. Diante disso, o Ministério Público do Pará (MPPA), por meio das promotoras Alexssandra Muniz Mardegan e Paula Gama, titulares da Promotoria da Infância e Juventude e Promotoria de Violência Doméstica, respectivamente, convidou alguns influenciadores digitais do município de Marabá para que pudessem auxiliar na disseminação e divulgação da Campanha #ContaComigo.

“O intuito é que esses influenciadores abracem a causa e possam nos ajudar, através do alcance e da relevância que eles têm, para que suas seguidoras comecem a perceber os tipos de violência que elas podem estar sofrendo. Principalmente a violência no namoro, já que essa é uma situação pouco mensurada enquanto tipo de agressão, porque muitas vezes, ela não é percebida nem pelo agressor nem pela vítima”, explica Alexssandra.

De acordo com a promotora, é preciso alertar as mulheres, principalmente as mais jovens, sobre a romantização do abuso, que faz com que a grande maioria não consiga identificar de imediato que estão sofrendo violência.

Leia mais:

Especialistas alertam que um relacionamento abusivo é geralmente caracterizado pelo excesso, pelo desejo de controlar a parceira e tê-la para si, porém, acaba sendo sutil e, geralmente, a vítima tende a justificar o comportamento do parceiro com frases que todos nós já ouvimos ou falamos, como “ah ele tem ciúme porque me ama” ou “ele só está cuidando de mim”.

Promotoras explicaram a relevância dos influenciadores e da campanha #Conta Comigo, do MP de Marabá

A promotora explica que quanto mais cedo esse processo de violência é identificado, mais cedo ela pode agir e menos prejuízos terá. “Isso é muito grave. A mulher entra em um relacionamento, projeta um futuro, a relação evolui, tem o casamento e os filhos e, o ciclo não é interrompido. É preciso identificarmos essas mulheres vítimas de violência o mais cedo possível”.

Paula Gama, promotora de Violência Doméstica, afirma que a Campanha #ContaComigo é mais um projeto do MP que tem o intuito de conscientizar sobre os tipos de violência e facilitar o acesso das mulheres aos canais de denúncia. “Precisamos que mais mulheres possam ter acesso a essas informações, então as influenciadoras vão discutir esse tema, para que se entenda que a violência não é somente a física e que existe uma rede de apoio para auxiliar essa mulher vítima de violência doméstica”.

Segundo informações do MPPA, com a pandemia e o isolamento dentro de casa, a maioria das mulheres está tendo que conviver com o agressor em tempo integral, o que fez com que muitas vítimas tivessem coragem de denunciar. O que era esporádico passou a ser corriqueiro. “Precisa dar voz, encorajar essas mulheres que muitas vezes não conseguem sair desse ciclo, por vários motivos, como dependência financeira ou dependência emocional”, afirma Alexssandra.

Com o papel fundamental na divulgação e encorajamento, a ideia é que as influenciadoras utilizem suas redes sociais, com postagens diárias, para divulgar os tipos de agressões existentes e os telefones que as vítimas podem pedir ajuda.

O início da campanha ocorreu nesta terça (2) e ao todo, sete influenciadores digitais estão dando voz a essa empreitada. Com a capacidade que a internet possui de alcançar diversos lares e classes sociais, serão feitas divulgações de vídeos e fotos, onde cerca de 300 mil pessoas serão alcançadas através das redes sociais das convidadas.

Angélika Freitas, diretora de Jornalismo da TV Correio, possui quase 30 mil seguidores em seu Instagram e foi uma das convidadas pelo órgão para dar voz à campanha. Ativa nas redes sociais, além de postar seu dia-a-dia com a família e no trabalho, ela cria conteúdos que aproximam seus seguidores, trazendo informações, principalmente para as mulheres, sobre empoderamento.

“É muito importante que a gente use a nossa influência para o comprometimento social. A informação é a nossa principal arma no combate da violência contra as mulheres. Então, é importante usar nossos canais com informações que contribuam para que essas mulheres se sintam fortalecidas, já que muitas nem sabem as violências que sofrem. E elas só irão ficar sabendo com o compartilhamento da informação”.

Você poderá conferir a Campanha #ContaComigo nos Instagrans:

Jéssica Cardoso (@jessicardoso95)

Mylla Torres (@myllatorres_makeup)

Fablina Paixão (@fablinapaixao)

Angélika Freitas (@angelikafsousza)

Gabriela Fidelis (@gabrielafidelis_)

Fábio (@chocolateexpresso)

Lorena Albuquerque (@loreenaalbuquerque)

DENUNCIE QUALQUER VIOLÊNCIA:

Disque Denúncia 181

Whatsapp: (91) 98115-9181

#ContaComigo

(Ana Mangas)

Comentários

Mais

Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa

Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa

Em isolamento social, as pessoas tendem a sentir falta de sair e do contato com a natureza, por isso, ter…
Mundo chega a 3 milhões de mortes por Covid com piora da pandemia na América do Sul

Mundo chega a 3 milhões de mortes por Covid com piora da pandemia na América do Sul

O mundo chegou neste sábado (17) à triste marca de 3 milhões de mortes causadas pela Covid-19, em meio à…
Pará gera mais de 3 mil postos formais de trabalho no setor de serviços

Pará gera mais de 3 mil postos formais de trabalho no setor de serviços

“Eu atuo no ramo de eventos, sou segurança, e em meio à pandemia o nosso trabalho parou. Atualmente, a banda…
Novo estudo descarta elo entre tipo sanguíneo e a incidência de Covid

Novo estudo descarta elo entre tipo sanguíneo e a incidência de Covid

Uma investigação feita com mais de 100 mil pessoas nos Estados Unidos demonstrou que não há relação entre o tipo sanguíneo…
Pequeno ouvinte da Correio FM é premiado com bolo de aniversário

Pequeno ouvinte da Correio FM é premiado com bolo de aniversário

O garoto Angelo Miguel, pequeno ouvinte da nossa rádio, foi o grande ganhador da Promoção Aniversariante do Mês da Correio…
Coronafobia: transtornos compulsivos e de ansiedade por conta da pandemia

Coronafobia: transtornos compulsivos e de ansiedade por conta da pandemia

Há um ano que todo o Brasil vem enfrentando a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Sentimentos como incerteza e ansiedade…