Correio de Carajás

Idoso faz relato emocionante ao vencer o coronavírus em Marabá

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A semana começou com o encorajador relato da recuperação de um idoso diagnosticado com a covid-19 em Marabá. Seu José Andrade de Farias, de 62 anos, travou uma batalha de mais de 20 dias no hospital após ter 30% do pulmão tomado pela doença.

Residente no núcleo Cidade Nova, ele foi o caso que acendeu o alerta para a transmissão comunitária no município. Isso porque, assim que testou positivo para o novo coronavírus, seu José revelou não ter feito viagem para fora. “Eu acho que foi (se referindo ao local onde contraiu o vírus da doença) ou na lotérica ou no supermercado. Eu não estava seguindo a quarentena e saía (de casa) sem usar máscara”, admite ele.

O idoso passou mais da metade de um mês entre o Hospital Municipal e o Hospital de Campanha, de onde saiu na última sexta-feira (24). Ele recebeu alta pelo médico cardiologista Juan Felipe Castillo Schrul, da Unidade de Cuidados Especiais (UCE). “Ele (o médico) cuidou de mim na linha de frente assim que eu cheguei ao hospital”, reconhece José.

Leia mais:

A alta foi motivo de comemoração e alívio, visto que ele integra o grupo de risco (das pessoas com mais de 60 anos). O vídeo em que seu José aparece acenando e agradecendo aos profissionais da saúde que dele cuidaram repercutiu nas redes, sendo, inclusive, compartilhado pela página da Prefeitura de Marabá no Facebook. “Estou curado, graças a Deus”, declara.

Seu José, emocionado, narra os dissabores que passou acamado em leito hospitalar. “Eu fiquei com muito medo, porque a falta de ar era grande. Era como se eu estivesse me afogando”, descreve. “Eu perdi o paladar completamente. Não comia nada, porque (a comida) não descia”, completa.

O idoso é mais um dos 1.118 recuperados apontados pela Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa) na última atualização do site na internet. Mesmo assim, José e sua família devem permanecer em isolamento domiciliar, respeitando a quarentena e observando as medidas de prevenção à doença. (Da Redação)

Linha do tempo mostra avanço da covid-19 em Marabá
Comentários

Mais

Exposição excessiva de crianças em redes sociais pode causar danos

Exposição excessiva de crianças em redes sociais pode causar danos

A menina Alice, de 5 anos, ama tirar fotos e vídeos. Ela tem um perfil na rede social Instagram administrado…
Pará recebe mais 157.950 mil doses de vacina contra a Covid-19 neste sábado (25)

Pará recebe mais 157.950 mil doses de vacina contra a Covid-19 neste sábado (25)

O Pará recebeu, na madrugada deste sábado (25), a 89ª remessa de vacinas contra a Covid-19 com 157.950 doses da…
Carne e leite: Pará adere ao Sistema Brasileiro de Inspeção

Carne e leite: Pará adere ao Sistema Brasileiro de Inspeção

Nesta sexta-feira (24), o governador do estado, Helder Barbalho, entregou o Certificado de Adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de…
Marido denuncia que esposa teve útero e intestino perfurados no HMI

Marido denuncia que esposa teve útero e intestino perfurados no HMI

Nada menos que 18 entidades civis, a maioria de defesa da mulher e combate a violências, assinaram uma nota denunciando…
Pará registra 589.962 casos e 16.635 mortes pela Covid-19

Pará registra 589.962 casos e 16.635 mortes pela Covid-19

O Pará contabilizou mais 334 casos de Covid-19 e 5 mortes causada pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família têm à disposição a nova versão do aplicativo do programa. A principal mudança consiste no…