Correio de Carajás

Idoso denuncia não conseguir vacina em Parauapebas

Alípio diz ter ouvido de enfermeira que não havia vacinas suficientes (Imagem: Davi Andrade)

COVID-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Alípio Ribeiro gravou vídeo na Unidade Básica de Saúde do Bairro Cidade Nova alegando que não havia vacinas para o novo coronavírus; vacinação para idosos de 60 a 64 anos começou no último sábado (24)

Um vídeo no qual o advogado e professor Alípio Ribeiro, de 62 anos, alega não ter vacinas contra o novo coronavírus na Unidade Básica de Saúde do Bairro Cidade Nova circulou nas redes sociais e grupos de Whatsapp nesta terça-feira (28).

Na gravação, Alípio conta que a enfermeira o informou que não há vacinas suficientes para vacinar todos os alvos da nova etapa da campanha (idosos de 60 a 64 anos). Ele diz que falta informação por parte da Secretaria Municipal de Saúde.

Procurado pela Reportagem do CORREIO, Alípio afirma ter ido à UBS do Cidade Nova na semana passada, quando foi informado que receberia retorno do atendimento quando as vacinas chegassem à unidade. Em uma segunda oportunidade, ele esteve na UBS e obteve a mesma resposta. A terceira vez, na manhã desta terça-feira, foi quando gravou o vídeo.

Leia mais:

Ele reafirma que foi informado por uma enfermeira que não havia vacinas suficientes e que amigos dele, também elegíveis para receber a vacina na atual campanha, já tinham sido vacinados. Alípio também diz não ter sido informado sobre um agendamento de sua vacinação. O advogado não divulgou o nome da enfermeira responsável pela informação repassada a ele.

Após contato do Portal, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Parauapebas esclareceu que a vacinação está acontecendo apenas aos sábados e em algumas UBSs nos domingos, mediante agendamento prévio do recebimento da primeira dose.

A nota emitida pela administração pública também atesta que foram recebidas 3.610 doses para a campanha dos idosos entre 60 e 64 anos e que no final de semana dos dias 24 e 25 de abril 1.829 doses foram aplicadas.

A Reportagem questionou porque as aplicações só ocorrem aos finais de semana, ao que a Ascom respondeu que o objetivo é evitar aglomeração, isso porque também está havendo vacinação contra gripe para crianças de seis meses a cinco anos. (Juliano Corrêa – com informações de Ítalo Almeida)

Mais

Companhia de Trânsito de Tucuruí destrói mais de 100 kadrons

Companhia de Trânsito de Tucuruí destrói mais de 100 kadrons

Como parte da programação do Maio Amarelo, mês dedicado à segurança no trânsito, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano…
É falso tuíte afirmando que Pazuello viajou para os EUA com passaporte diplomático

É falso tuíte afirmando que Pazuello viajou para os EUA com passaporte diplomático

Falso É falso o tuíte que afirma que o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, tenha recebido um passaporte diplomático…
EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos

EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos

A Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos autorizou a vacina contra covid-19 da Pfizer e da parceira…
Quase 9% das mulheres sofreram alguma violência sexual, diz IBGE

Quase 9% das mulheres sofreram alguma violência sexual, diz IBGE

Pelo menos 8,9% das mulheres brasileiras já sofreram algum tipo de violência sexual na vida, segundo dados da Pesquisa Nacional da Saúde…
Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre

Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre

As transações por cartões (crédito e débito) registraram um aumento de 17,3% nos valores movimentados no primeiro trimestre deste ano…
Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Circulou nas redes sociais na manhã desta terça-feira (11) a foto de um caixão aberto, que possivelmente seria no Cemitério…