Correio de Carajás

Homicídios caem 19% na região sudeste do Pará

“É o terceiro ano consecutivo que estamos conseguindo reduzir os principais índices", destaca o delegado Thiago Carneiro/ Foto: Evangelista Rocha
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Vinte e seis homicídios foram registrados em Marabá e região no primeiro mês de 2021. O número representa mais uma vez queda nos índices registrados pela 10ª Região Integrada de Segurança Pública – Carajás, responsável por 16 municípios. Houve redução de 19% no número de mortes em comparação a janeiro do ano anterior. No mesmo mês, em 2020, ocorreram 32 assassinatos.

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (12) pelo superintendente regional, delegado Thiago Carneiro. A autoridade atribui o resultado ao combate ao tráfico de drogas e à realização de prisões, o que reflete também em redução dos índices de roubos.

“Somente a Polícia Civil realizou quatro operações policiais (em janeiro), efetuou 23 prisões em flagrante, cumpriu 39 mandados de prisão preventiva, apreendeu duas armas de fogo e mais de dois quilos e meio de droga”, detalha. 

Leia mais:

Conforme ele, a redução também é fruto de um trabalho integrado com as demais forças de segurança, principalmente a Polícia Militar. “É o terceiro ano consecutivo da nossa gestão na superintendência que estamos conseguindo reduzir os principais índices, principalmente o homicídio e o roubo”, destaca.

Em relação aos cumprimentos de mandados de prisão, por exemplo, a 11ª Risp-Carajás foi a que apresentou melhores resultados no Estado do Pará ao longo de janeiro. “Tudo isso tem contribuído para a redução dos índices de homicídio aqui. O caminho é árduo, a gente sabe que o número ainda não é o ideal, mas estamos no caminho certo”, avaliou.

HISTÓRICO

Em janeiro, a Polícia Civil apresentou o balanço relacionado aos dois anos anteriores, que apontou queda considerável nos casos de homicídios e crimes contra o patrimônio desde 2018.

Na ocasião, o delegado Thiago Carneiro informou que em todo o ano de 2020 foram contabilizados, somente em Marabá, 90 crimes contra a vida, uma redução de 33% em relação a 2019 –  quando ocorreram 135 assassinatos – e de 48% se comparado a 2018 – ano que registrou 171 homicídios.

Em 2020, foram desencadeadas pela Polícia Civil 137 operações, apreendidas 84 armas de fogo e 68 kg de drogas. Além disso, foram realizadas 567 prisões – 318 em cumprimento a mandados judiciais e 249 em flagrante. (Luciana Marschall – com informações de Evangelista Rocha)

Comentários

Mais

Funcionária de padaria tem braço quebrado após pedir que cliente colocasse a máscara

Funcionária de padaria tem braço quebrado após pedir que cliente colocasse a máscara

A funcionária de uma padaria no município de Palmares Paulista, no estado de São Paulo, teve o braço quebrado após solicitar…
Corpo de jovem de 17 anos é achado em balneário

Corpo de jovem de 17 anos é achado em balneário

Militares do Corpo de Bombeiros de Marabá localizaram no início da tarde desta terça-feira (15) o corpo do jovem Bruno…
Mulheres, parentes de presos, fazem manifestação em frente ao Fórum

Mulheres, parentes de presos, fazem manifestação em frente ao Fórum

Cerca de 30 mulheres, mães e companheiras de detentos presos em unidades prisionais de Marabá, se reuniram na manhã desta…
Estelionatário espera Dia dos Namorados passar para enrolar a namorada

Estelionatário espera Dia dos Namorados passar para enrolar a namorada

“O golpe tá aí, cai quem quer”. Wescley Fernando Rodrigues de Abreu foi preso no Bairro Nova Marabá, em Marabá…
PRF interrompe passeio de Alexia e a manda para a prisão

PRF interrompe passeio de Alexia e a manda para a prisão

A Polícia Rodoviária Federal prendeu Alexia Pereira da Silva, de 20 anos, nesta segunda-feira (14), em abordagem realizada num ônibus…
Com extensa ficha criminal, Gugu é preso em Parauapebas

Com extensa ficha criminal, Gugu é preso em Parauapebas

Foram cumpridos nesta segunda-feira (14), em Parauapebas, três mandados de prisão, dois preventivos criminais e um civil, contra Jamilson Lopes…