Correio de Carajás

Homem tenta matar ex-namorada a facada

Está devidamente preso, depois de autuado em flagrante, o indivíduo Elson Lopes dos Santos, de 28 anos. Ele tentou matar a ex-namorada Jéssica Rodrigues de Oliveira, com uma facada no abdômen. O crime aconteceu na tarde de domingo (1º), por volta das 15h30, na rua Araçagi, bairro Bom Planalto, núcleo Cidade Nova.

A vítima foi levada às pressas para o Hospital Municipal de Marabá (HMM), onde permanecia internada até ontem à noite. Por pouco este caso não se configurou em outro crime consumado de feminicídio na cidade, diante de tantos outros que vêm ocorrendo nos últimos meses.

Responsável pela autuação do acusado, o delegado Luiz Otávio Barros explicou que Elson seguiu a vítima e tentou puxa-la para um matagal, uma vez que a rua onde tudo aconteceu é um tanto deserta e há vários terrenos baldios naquela área do bairro Bom Planalto.

Leia mais:

Ainda segundo o delegado, no momento em que a vítima era puxada pelo braço para o matagal, uma irmã de Jéssica presenciou o ataque e tentou socorrê-la. Foi nessa hora que o acusado puxou a faca e deu um golpe no abdômen de Jéssica, para em seguida fugir.

Diante disso, a irmã clamou por socorro e vários populares foram para a rua, até que alguém avistou uma viatura da Polícia Militar e acionou a guarnição, que passou a fazer buscas no local e avistou o criminoso correndo. Os militares perseguiram Elson, que tentou se esconder justamente num terreno baldio, mas foi capturado pelos policiais que o conduziram para a delegacia.

O acusado mostrou aos policiais onde tinha jogado a faca, enquanto os familiares de Jéssica deram um jeito para leva-la para o Hospital Municipal de Marabá. Horas mais tarde, o delegado plantonista Luiz Otávio Barros esteve no HMM, onde tomou depoimento da vítima e em seguida, após constatar que Jéssica apresentava um quadro clínico aparentemente estável, voltou para a delegacia onde procedeu a autuação em flagrante de Elson por tentativa de feminicídio.

Logo depois da audiência de custódia, ocorrida no final da manhã de ontem (2), o acusado foi autuado na 3ª Vara Criminal de Marabá, pelo juiz Alexandre Hiroshi Arakaki, por “Homicídio Qualificado, Crime Tentado” e encaminhado para a penitenciária Agrícola Mariano Antunes. O rito normal indica que ele será levado ao Tribunal do Júri Popular.

O jornal tentou ouvir o acusado, para que este exercesse o direito de se defender, mas Elson se recusou a falar sobre o assunto, embora não tenha negado o crime. Mas aos policiais militares que o prenderam, ele disse que vinha dando dinheiro para a ex-namorada, que já estava tendo outro relacionamento, por isso ele se sentiu iludido e decidiu matá-la, num ato de desprezo pela vida daquela que um dia já foi sua amada. (Chagas Filho)

foto: Josseli Carvalho

 

Está devidamente preso, depois de autuado em flagrante, o indivíduo Elson Lopes dos Santos, de 28 anos. Ele tentou matar a ex-namorada Jéssica Rodrigues de Oliveira, com uma facada no abdômen. O crime aconteceu na tarde de domingo (1º), por volta das 15h30, na rua Araçagi, bairro Bom Planalto, núcleo Cidade Nova.

A vítima foi levada às pressas para o Hospital Municipal de Marabá (HMM), onde permanecia internada até ontem à noite. Por pouco este caso não se configurou em outro crime consumado de feminicídio na cidade, diante de tantos outros que vêm ocorrendo nos últimos meses.

Responsável pela autuação do acusado, o delegado Luiz Otávio Barros explicou que Elson seguiu a vítima e tentou puxa-la para um matagal, uma vez que a rua onde tudo aconteceu é um tanto deserta e há vários terrenos baldios naquela área do bairro Bom Planalto.

Ainda segundo o delegado, no momento em que a vítima era puxada pelo braço para o matagal, uma irmã de Jéssica presenciou o ataque e tentou socorrê-la. Foi nessa hora que o acusado puxou a faca e deu um golpe no abdômen de Jéssica, para em seguida fugir.

Diante disso, a irmã clamou por socorro e vários populares foram para a rua, até que alguém avistou uma viatura da Polícia Militar e acionou a guarnição, que passou a fazer buscas no local e avistou o criminoso correndo. Os militares perseguiram Elson, que tentou se esconder justamente num terreno baldio, mas foi capturado pelos policiais que o conduziram para a delegacia.

O acusado mostrou aos policiais onde tinha jogado a faca, enquanto os familiares de Jéssica deram um jeito para leva-la para o Hospital Municipal de Marabá. Horas mais tarde, o delegado plantonista Luiz Otávio Barros esteve no HMM, onde tomou depoimento da vítima e em seguida, após constatar que Jéssica apresentava um quadro clínico aparentemente estável, voltou para a delegacia onde procedeu a autuação em flagrante de Elson por tentativa de feminicídio.

Logo depois da audiência de custódia, ocorrida no final da manhã de ontem (2), o acusado foi autuado na 3ª Vara Criminal de Marabá, pelo juiz Alexandre Hiroshi Arakaki, por “Homicídio Qualificado, Crime Tentado” e encaminhado para a penitenciária Agrícola Mariano Antunes. O rito normal indica que ele será levado ao Tribunal do Júri Popular.

O jornal tentou ouvir o acusado, para que este exercesse o direito de se defender, mas Elson se recusou a falar sobre o assunto, embora não tenha negado o crime. Mas aos policiais militares que o prenderam, ele disse que vinha dando dinheiro para a ex-namorada, que já estava tendo outro relacionamento, por isso ele se sentiu iludido e decidiu matá-la, num ato de desprezo pela vida daquela que um dia já foi sua amada. (Chagas Filho)

foto: Josseli Carvalho

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.