Correio de Carajás

Helder lança pacote de R$ 500 milhões para reduzir danos da pandemia

Coletiva com Governador do Estado do Pará Helder Barbalho
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, anunciou na tarde desta segunda-feira (15) um pacote gigantesco de medidas econômicas, em um montante de R$ 500 milhões, para diversas categorias afetadas pelas restrições sociais e de circulação adotadas para conter a pandemia da Covid-19. O setor de bares e restaurantes, além de músicos, autônomos, profissionais de educação física e diversas outras áreas foram contempladas pelo pacote.

De acordo com o governador Helder Barbalho, a primeira medida estabelecida foi a retomada do programa Renda Pará, que já beneficiou 1 milhão de famílias em 2020, injetando 100 milhões de reais. Neste ano, mais 100 milhões serão injetados novamente. O pagamento começou neste domingo (14).

Além disso, foi anunciado mais três recargas do vale-alimentação para alunos da rede pública estadual de ensino. No total, 576 mil alunos receberão as três próximas recargas, o que totaliza um montante de R$ 120 milhões somente neste ano.

Leia mais:

Veja outras medidas anunciadas pelo governador:

1) Auxílio de R$ 500 para músicos, técnicos, auxiliares técnicos, garçons, profissionais de educação física autônomos, profissionais de salão de beleza.

2) Auxílio direto de 2 mil para bares, lanchonetes, restaurantes e atividades afins  que estejam cadastrados junto à Sefa ou à Jucepa

3) Reativação do Fundo Esperança para microempreendedores com limites ampliados para R$ 50 mil, seis meses de carência e três anos de amortização.

4) Isenção do IPVA 2021 para veículos de bares, restaurantes, academias, hotéis e empresas de turismo

5) Redução do ICMS de 5% para 2% para bares, lanchonetes e resturantes entre março e maio deste ano.

6) Postergação do vencimento do ICMS para bares, restaurantes e lanchonetes entre os meses de março e maio deste ano. A data de pagamento passa do dia 10 para o dia 25 de cada mês.

7) Auxílio Direto de R$ 400 (duas parcelas de R$ 200) para trabalhadores informais como catadores, flanelinhas, feirantes e ambulantes exclusivamente dos municípios que estão em lockdown da Região Metropolitana de Belém e que estiveram em lockdown no Baixo Amazonas e Calha Norte.

8) Foi prorrogado o pagamento do Simples Nacional para empresas paraenses cujo benefício venceria entre março e maio deste ano.

9) Pagamento do programa Bora Belém, em parceria com a Prefeitura de Belém, para famílias que não são contempladas pelo Bolsa Família; O Governo contribui com R$ 30 milhões, e a prefeitura de Belém com R$ 30 milhões.

[Ag. Pará]

Comentários

Mais

Ricardo Salles pede demissão do governo

Ricardo Salles pede demissão do governo

o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu hoje demissão do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Logo depois, Salles…
STF confirma decisão que considera Moro parcial no caso do tríplex

STF confirma decisão que considera Moro parcial no caso do tríplex

Por 7 votos a 4, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (23) manter a decisão que reconheceu a parcialidade…
CPI vai requisitar proteção policial para deputado Luis Miranda e irmão

CPI vai requisitar proteção policial para deputado Luis Miranda e irmão

O senador Randolfe Rodrigues, vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid-19, afirmou que vai solicitar proteção policial para…
Deputado diz ter afirmado a Pazuello que iria "explodir na mídia" caso sobre denúncia na compra da Covaxin

Deputado diz ter afirmado a Pazuello que iria "explodir na mídia" caso sobre denúncia na compra da Covaxin

O deputado federal Luís Miranda (DEM-DF) afirmou na última terça-feira, 22, que o servidor Luís Ricardo Fernandes Miranda, chefe de…
CPI da Vale chega a Marabá e deputados vão às instalações da mineradora

CPI da Vale chega a Marabá e deputados vão às instalações da mineradora

Iniciou por Marabá nesta quarta-feira, 23, uma série de diligências nas instalações da mineradora Vale no Estado. A ação faz…
Sete pretendem disputar prefeitura de Goianésia em 3 de outubro

Sete pretendem disputar prefeitura de Goianésia em 3 de outubro

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marcou para o dia 3 de outubro deste ano a eleição suplementar para a escolha…