Correio de Carajás

Guseira, aeronave e carro serão leiloados por dívidas tributárias

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O juiz federal Heitor Moura Gomes, titular da 2ª Vara Federal em Marabá, determinou o leilão das antigas instalações da Usina Siderúrgica de Marabá Sociedade Anônima (Usimar), avaliadas em R$ 9 milhões dois anos atrás. O bem foi penhorado em decorrência de execução no valor de R$ 264.077,47, a partir de uma ação civil pública da Fazenda Nacional, por dívida de contribuição social/tributário.

O imóvel está localizado na Rodovia PA-150, à altura do Distrito Industrial, de Marabá, com área total de 23,1080 hectares, contendo benfeitorias, edificações, servidões ativas e acessões. A Usimar foi uma das diversas siderúrgicas que fecharam as portas em decorrência de crise econômica e também de autuações trabalhistas e ambientais nesta região.

O magistrado determinou, ainda, o leilão de uma aeronave e um veículo da Junqueira Taxi Aéreo (Juta), por dívida de R$ 461.418,6 com a Fazenda Nacional. A aeronave é de marca PTRFZ, Fabricante Embraer, modelo EMB-810C, série 810388, categoria de registro TPX, em bom estado de conservação e está avaliada em R$ 700 mil. O veículo trata-se de Pajero, ano 2014/2015, avaliado em R$ 51.375,00 (cinquenta e um mil trezentos e setenta e cinco reais).

Leia mais:

As duas hastas – de ambos os leilões – acontecem nos dias 10 e 25 do próximo mês, às 10 horas, na Sede da Subseção Judiciária de Marabá, localizada na Travessa Ubá, Bairro Amapá. O responsável pelos leilões é Sandro de Oliveira, com endereço em Marituba e que pode ser encontrado pelo telefone (91) 3033-9009 ou na página www.norteleiloes.com.br.

De acordo com as regras estabelecidas, o pagamento pode ser realizado à vista ou parcelada em no máximo 60 vezes. Na primeira hasta, para os dois casos, o bem será arrematado pela maior oferta, não inferior a 70% do valor da avaliação. Caso no primeiro leilão o bem não alcance os 70% do valor da avaliação, lance de valor inferior a 50% da avaliação.

O Correio de Carajás tentou entrar em contato com as empresas, mas por enquanto não conseguiu completar as ligações. (Luciana Marschall)

 

O juiz federal Heitor Moura Gomes, titular da 2ª Vara Federal em Marabá, determinou o leilão das antigas instalações da Usina Siderúrgica de Marabá Sociedade Anônima (Usimar), avaliadas em R$ 9 milhões dois anos atrás. O bem foi penhorado em decorrência de execução no valor de R$ 264.077,47, a partir de uma ação civil pública da Fazenda Nacional, por dívida de contribuição social/tributário.

O imóvel está localizado na Rodovia PA-150, à altura do Distrito Industrial, de Marabá, com área total de 23,1080 hectares, contendo benfeitorias, edificações, servidões ativas e acessões. A Usimar foi uma das diversas siderúrgicas que fecharam as portas em decorrência de crise econômica e também de autuações trabalhistas e ambientais nesta região.

O magistrado determinou, ainda, o leilão de uma aeronave e um veículo da Junqueira Taxi Aéreo (Juta), por dívida de R$ 461.418,6 com a Fazenda Nacional. A aeronave é de marca PTRFZ, Fabricante Embraer, modelo EMB-810C, série 810388, categoria de registro TPX, em bom estado de conservação e está avaliada em R$ 700 mil. O veículo trata-se de Pajero, ano 2014/2015, avaliado em R$ 51.375,00 (cinquenta e um mil trezentos e setenta e cinco reais).

As duas hastas – de ambos os leilões – acontecem nos dias 10 e 25 do próximo mês, às 10 horas, na Sede da Subseção Judiciária de Marabá, localizada na Travessa Ubá, Bairro Amapá. O responsável pelos leilões é Sandro de Oliveira, com endereço em Marituba e que pode ser encontrado pelo telefone (91) 3033-9009 ou na página www.norteleiloes.com.br.

De acordo com as regras estabelecidas, o pagamento pode ser realizado à vista ou parcelada em no máximo 60 vezes. Na primeira hasta, para os dois casos, o bem será arrematado pela maior oferta, não inferior a 70% do valor da avaliação. Caso no primeiro leilão o bem não alcance os 70% do valor da avaliação, lance de valor inferior a 50% da avaliação.

O Correio de Carajás tentou entrar em contato com as empresas, mas por enquanto não conseguiu completar as ligações. (Luciana Marschall)

 

Comentários

Mais

Fiocruz: acordo vai combater transmissão congênita da doença de Chagas

Fiocruz: acordo vai combater transmissão congênita da doença de Chagas

Um convênio assinado hoje (14) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a agência internacional Central Internacional para a Compra de…
Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa

Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa

Em 2020, foram abertas 3,3 milhões de novas empresas, segundo levantamento da Serasa Experian. O número representa um crescimento de…
Covid: saúde mental piorou para 53% dos brasileiros sob pandemia, aponta pesquisa

Covid: saúde mental piorou para 53% dos brasileiros sob pandemia, aponta pesquisa

Mais da metade dos brasileiros entrevistados por uma pesquisa declararam que sua saúde emocional e mental piorou desde o início…
Como escolher um bom café? Mitos e curiosidades sobre a bebida queridinha dos brasileiros

Como escolher um bom café? Mitos e curiosidades sobre a bebida queridinha dos brasileiros

A segunda bebida mais consumida no mundo é também aquela que hoje serve como instrumento para aproximar ainda mais as…
Terminam hoje inscrições para o Sisu do primeiro semestre

Terminam hoje inscrições para o Sisu do primeiro semestre

Termina hoje (14), às 23h59, o prazo de inscrições para o processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do primeiro semestre…
Decisão judicial ratifica atuação da Arcon no combate ao transporte clandestino

Decisão judicial ratifica atuação da Arcon no combate ao transporte clandestino

Decisão favorável do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA), no final do mês passado, ratifica o poder de…