Correio de Carajás

Governo do Estado lança o projeto “Creches Por Todo o Pará”

Foto: Marco Santos / Ag. Pará
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

No Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta quarta-feira (8), o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), lançou o projeto “Creches Por Todo O Pará”. A iniciativa visa garantir vagas para crianças de 0 a 5 anos de idade, além de possibilitar que as mães, através de um espaço com conforto e comodidade, possam deixar seus filhos em segurança e ocupar espaços no mercado de trabalho. 

“Hoje, Dia Internacional da Mulher, certamente há inúmeros desafios que este país e o mundo ainda devem enfrentar para garantir a igualdade e os direitos das mulheres, além de cada vez mais fazer com que elas ocupem o mercado de trabalho e mostrem o seu talento. Cada mãe sabe que, ao avaliar o sustento da sua família, não pode esquecer o aconchego e a educação dos seus filhos”, destacou o chefe do Executivo Estadual.

Helder Barbalho também destacou que, “o que nós estamos fazendo aqui, nesta data de grande importância, é assegurar com que este Estado possa recuperar o passivo histórico de defasagem educacional, na fase inicial das nossas crianças e que, ao longo dos anos e a ausência de políticas públicas efetivas em âmbitos federal, estadual e as dificuldades dos municípios, contribuíram para este grande acumulado de defasagem nesta fase de aprendizagem”, afirmou o governador do Estado. 

Leia mais:

O programa de creche-escola funcionará em regime de colaboração entre o Estado e os municípios e, neste primeiro momento, cerca de 100 creches serão disponibilizadas com  o intuito de promover a inclusão e a valorização da primeira infância em respeito à vida. Cada unidade escolar terá a capacidade de atender 200 crianças de 0 até 5 anos de idade, oferecendo um espaço com 10 salas de aulas, berçário, lactário, além de toda a estrutura necessária para a educação infantil, como área recreativa coberta, brinquedoteca, sala multiuso, auditório e biblioteca.

“É um momento muito importante, porque nós vamos na origem do problema, para corrigir o fluxo da distorção série-idade. Eu acredito muito que é um passo gigantesco na direção de melhorar os nossos indicadores educacionais e, sobretudo, de combater qualquer tipo de desrespeito à infância e trabalhar essa criança que está em situação de vulnerabilidade. E hoje, no Dia Internacional das Mulheres, ofertar a essas mães a possibilidade de entre um ano e um ano e meio, dos municípios terem esses equipamentos totalmente montados. A creche será construída e equipada pelo Estado, e dotada das melhores condições para que possa, de fato, fazer uma educação de qualidade”, ressaltou a titular da Seduc, Elieth Braga. 

Além de reduzir o déficit educacional do Estado, o programa visa impulsionar e avançar o processo de aprendizagem no Ensino Infantil. Para a presidente do Conselho Estadual de Educação do Pará (CEE – PA), Beatriz Fidalgo, a iniciativa é uma inserção necessária para o desenvolvimento das crianças. 

“É um programa que vem suprir o déficit de mais de 30 mil crianças no Pará, que não possuem acesso à Educação Infantil. A obrigatoriedade do Estado é apenas, a partir de seis anos, ingressar a criança na Educação Básica. Portanto, o sistema colaborativo que o Governo do Estado lanç hoje, é a oportunidade de desenvolver não só cognitivamente, como socialmente, afetivamente e, principalmente, oferecer uma inserção necessária na escolaridade para essas crianças de 0 a 6 anos de idade”, disse a presidente do CEE-PA. 

De forma bastante inovadora no país, esta política educacional entre governo e municípios, proporcionará para as crianças um ensino prematuro e necessário para que possam ter sucesso na escolaridade ao ingressar no Ensino Fundamental. 

“O programa “Creches Por o Todo Pará” tem a missão de assegurar ofertas de vagas para crianças de 0 a 5 anos, de todos os municípios paraenses. De acordo com dados do Ministério da Educação (MEC), hoje, 30 mil vagas representam o déficit na educação infantil no Pará. Portanto, esta ação tem por meta reduzir este número em nosso estado. O projeto permite que, ao tempo da construção dos espaços, possamos incrementar 20 mil novas vagas em salas de aula por todo o nosso estado”, frisou o governador Helder Barbalho.

ADESÃO AO PROGRAMA

O projeto “Creches Por Todo o Pará” foi encaminhado para apreciação dos deputados na Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) que, entre 10 a 15 dias, a partir da sua aprovação, a Seduc vai orientar e instruir os municípios sobre como a iniciativa funcionará. Cada cidade que participar do projeto, deverá assinar um termo de adesão, disponibilizando um terreno para que a creche seja construída.

“Encaminhamos à Alepa, o Projeto de Lei que cria o programa “Creches Por Todo O Pará”. Certo da sensibilidade do Poder Legislativo, que em um breve espaço de tempo esta lei seja aprovada, para que possamos abrir o edital de chamamento e os municípios interessados possam se inscrever e, ao mesmo tempo, viabilizar os terrenos às suas creches. O Governo do Estado vai construir e equipar os espaços, entregá-las aos municípios para assistirem às suas crianças e atender aos que tanto precisam e zerar o déficit existente”, ponderou o chefe do Executivo Estadual.

O governador também afirmou que, “a expectativa é que haja um investimento de R$ 400 milhões reais, de acordo com a região do nosso estado, variando entre R$ 250 e R$ 300 milhões, a construção das 100 creches. E mais R$ 100 milhões para equipar todas as unidades no padrão de qualidade que garanta humanização, dignidade, respeito à vida e, através da educação, a inclusão social”, finalizou Helder Barbalho.

A cerimônia de lançamento ocorreu no Palácio dos Despachos e contou com a presença do governador do Estado, Helder Barbalho; da primeira-dama, Daniela Barbalho; da secretária de Estado de Educação, Elieth Braga; da secretária de Estado de Planejamento e Administração, Hanna Gassan; da assessora comunicacional do Unicef, Ilda Pietra de Oliveira; da presidente do Conselho Estadual de Educação do Pará, Betânia Fidalgo, dentre outras autoridades. O evento também foi transmitido virtualmente para prefeitos e secretários municipais de educação dos 144 municípios paraenses.  (Agência Pará)

Comentários

Mais

Publicado decreto que aumenta IOF para custear Auxílio Brasil

Publicado decreto que aumenta IOF para custear Auxílio Brasil

O Diário Oficial da União (DOU) publicou hoje (17) um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro com as novas alíquotas do Imposto sobre Operações…
Ministro aponta erros de estados e diz que limitou vacinação de adolescentes por cautela

Ministro aponta erros de estados e diz que limitou vacinação de adolescentes por cautela

O ministro Marcelo Queiroga disse nesta quinta-feira (16) que a decisão de restringir a vacinação de adolescentes apenas aos grupos prioritários (deficiência…
Ministério estuda aproveitar créditos de cursos profissionalizantes

Ministério estuda aproveitar créditos de cursos profissionalizantes

O Ministério da Educação estuda permitir que estudantes formados em cursos técnico-profissionalizantes aproveitem os créditos acadêmicos caso decidam continuar os…
Ministério mantém previsão de crescimento da economia em 5,3% este ano

Ministério mantém previsão de crescimento da economia em 5,3% este ano

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia manteve a projeção para o crescimento da economia este ano…
Caçula põe irmão mais velho em enrascada

Caçula põe irmão mais velho em enrascada

Um curioso caso de receptação (adquirir mercadoria proveniente de roubo ou furto) foi registrado na Vila Carimã, zona rural de…
Transporte público volta a ser criticado na Câmara de Marabá

Transporte público volta a ser criticado na Câmara de Marabá

Serviço que afeta grande parte da população, o transporte público de Marabá está sempre em pauta nas discussões políticas da…