Correio de Carajás

Ganso terá salário acima do teto e 50% em eventual venda no Flu

Foto: reprodução
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Da primeira proposta até o anúncio oficial, o Fluminense e Paulo Henrique Ganso viveram 18 dias de idas e vindas. Basicamente pela posição do Sevilla em esperar até o fechamento da janela europeia por um eventual comprador do meia.

Pois nenhum interessado efetivo pareceu e, então, uma das possibilidade debatidas, em 14 de janeiro, no CT Pedro Antonio, entre o diretor executivo de futebol Paulo Angioni e Giuseppe Dioguardi, empresário do jogador, foi colocada em prática: a rescisão de contrato com o time espanhol. No acordo de cinco anos, Ganso receberá acima do teto salarial de R$ 150 mil das Laranjeiras. O Tricolor, sem pagar pela negociação, assegurou 50% dos direitos econômicos dele.

O presidente Pedro Abad e o vice de futebol Fabiano Camargo também tiveram participação importante nas negociações. Dias antes do encontro entre Angioni e Giuseppe, no qual o dirigente apresentou o que o Flu poderia oferecer a Ganso, a dupla se reuniu com o empresário. Ali ficou evidente outro elemento crucial no sucesso da operação: o desejo do atleta em defender as cores verde, branco e grená.

Leia mais:
Paulo Henrique Ganso na época da apresentação ao Amiens — Foto: Reprodução / Twitter

Paulo Henrique Ganso na época da apresentação ao Amiens — Foto: Reprodução / Twitter

Sabedor da vontade, o Fluminense contou com a argumentação de Fernando Diniz. Como fez com quase todos os contratados para 2019, o técnico conversou com Ganso por telefone em mais de uma ocasião. Eles se conheceram como adversários, na época em que o treinador comandava o Audax e o atleta atuava pelo São Paulo. O conceito de atuação do time foi apresentado ao jogador, e o laço ficou mais forte. O Tricolor começava a sair da “mesmice”, termo usado por Angioni em entrevista à Rádio Globo na qual garantiu ser viável contratar um atleta deste porte.

Giuseppe, então, tomou a frente das tratativas com o Sevilla. Rumou para a Espanha e lá manteve contato com os dirigentes. Em dezembro, em combinação com os franceses do Amiens, clube ao qual Ganso estava emprestado até a metade de 2019, o agente já havia conseguido a liberação para a procura por clube no Brasil. O prazo? Justamente o dia 31 de janeiro, fim da janela de transferências internacionais nas principais ligas europeias.

A postura de saber aguardar, de Abad, Fabiano e Angioni, contou a favor. Sem ser pressionado, o Sevilla viu no Fluminense um clube que respeitava a sua posição. Tanto que, no momento em que a possibilidade de empréstimo era debatida, o clube estrangeiro cedeu: aceitou ser por um ano, em vez de seis meses, como desejava inicialmente.

Ganso não conseguiu ter sucesso no Sevilla — Foto: Julio Muñoz/EFE

Ganso não conseguiu ter sucesso no Sevilla — Foto: Julio Muñoz/EFE

Em determinado momento, o Sevilla sinalizou que havia desistido do empréstimo e só aceitaria uma venda. E Giuseppe passou a buscar alternativa para a liberação. Foi quando a opção rescisão, debatida com o Fluminense, passou a ganhar força à proposta do empréstimo.

À medida que o tempo passava e nenhum comprador surgia, Flu e Ganso caminharam para um acerto. O estafe do atleta quis diminuir ao máximo a redução salarial dele. Ciente das dificuldades financeiras do Flu, toparam ceder um pouco desde que houvesse a contrapartida de um contrato longo – a linha da operação foi diluir aproximadamente o que o jogador receberia até o fim de contrato no Sevilla (até junho de 2021) em um intervalo maior no Flu.

O Tricolor, então, aumentou o máximo que podia. E as partes acertaram que, no primeiro ano, a remuneração seria na casa de R$ 300 mil. A partir da segunda temporada, ela sobe para cerca de R$ 400 mil. Com o acerto apalavrado, o Fluminense esperou a janela.

Romper o vínculo sem necessidade de pagamento mantendo uma parte dos direitos econômicos (50% é do Flu e o restante é dividido entre jogador e clube espanhol) foi visto com uma alternativa viável pelo Sevilla, que deixaria de pagar um alto salário por um atleta fora dos planos e sem mercado na Europa e ainda poderia recuperar parte do investimento feito há 3 anos, quando comprou o jogador junto ao São Paulo. O Flu, por sua vez, não investiu e tampouco cedeu percentual ou prioridade de compra de qualquer jogador.

Com sinal positivo, na quarta-feira, o Tricolor mandou representantes a São Paulo para fazer exames médicos, assinar contrato e gravar o material de divulgação com Ganso. Não está definida ainda a data de apresentação do novo reforço – que, aliás, deve ser o último no primeiro semestre. A ideia de ele vir ao Rio sábado pode ser alterada. Mas não deve passar da próxima semana.

Crédito em venda de Sornoza será usado

O crédito de cerca de R$ 1 milhão que tem a receber do Corinthians, referente ao desacerto com Moisés e Marquinhos Gabriel na operação de venda de Sornoza, ajudará o Flu a pagar os primeiros salários de Ganso.

Expectativa de alavancar Sócio Futebol e atrair patrocinadores

Há a expectativa de que, a partir da contratação, o programa Sócio Futebol tenha novas inscrições (prorrogou promoção até o dia 18 de fevereiro) e a negociação com um patrocinador master seja concluída, o que aumentariam as receitas do clube. Até porque atualmente há atraso na CLT (13º e dezembro) e direitos de imagem (novembro e dezembro). Com Abad próximo de sair através da antecipação das eleições, a atual diretoria vê na vinda de Ganso como a realização de uma das promessas de campanha, a construção de um novo ídolo para a torcida do Fluminense. (Fonte:G1)


Mais

Grêmio enfrenta Lanús, da Argentina, logo mais pela Sul-Americana

Grêmio enfrenta Lanús, da Argentina, logo mais pela Sul-Americana

O Grêmio vai receber o argentino Lanús nesta quinta-feira (13), na Arena do Grêmio, às 19h15. Em caso de vitória do time…
Entidades do futebol inglês apoiam nova lei contra bullying virtual

Entidades do futebol inglês apoiam nova lei contra bullying virtual

As entidades que governam o futebol inglês apoiaram uma nova lei em planejamento para punir empresas de redes sociais que…
City conquista título inglês antecipadamente após derrota do United

City conquista título inglês antecipadamente após derrota do United

O Manchester City foi confirmado como campeão da Premier League com três jogos de antecedência, depois que o segundo colocado…
Técnico do United pede que torcedores evitem protestos violentos

Técnico do United pede que torcedores evitem protestos violentos

O técnico do Manchester United, Ole Gunnar Solskjaer, pediu aos torcedores que evitem mais protestos violentos antes do jogo remarcado…
Governo anuncia plano de vacinação para atletas olímpicos

Governo anuncia plano de vacinação para atletas olímpicos

O Ministério da Saúde anunciou hoje (11) a vacinação contra a covid-19 de toda a delegação olímpica e paraolímpica brasileira que vai…
Semifinais começam com Remo, Tuna, Paysandu e Castanhal

Semifinais começam com Remo, Tuna, Paysandu e Castanhal

Remo, Paysandu, Tuna e Castanhal começam neste domingo (9) as semifinais do Parazão Banpará 2021. Pelo andar da carruagem, deve…