Correio de Carajás

Frequentadores do lago de Parauapebas reclamam de sujeira e animais soltos

Mesmo havendo lixeiras, resíduos são jogados no chão/ Foto: Theiza Cristhine
Mesmo havendo lixeiras, resíduos são jogados no chão/ Foto: Theiza Cristhine
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O lago do Bairro Nova Carajás é um dos cartões postais de Parauapebas, localizado na entrada do município para quem trafega na Rodovia PA-275. O local é procurado por praticantes de atividades físicas, para ensaios fotográficos e por aqueles que buscam lazer nos fins de tarde e finais de semana. Apesar de toda a beleza do local, animais soltos e a sujeira que vem se acumulando nas últimas semanas estão gerando reclamações.  

O eletrotécnico Maciel de Jesus é frequentador do lago e disse ao Correio de Carajás estar preocupado com a sujeira nos arredores do lago e com a falta de consciência da população que o frequenta, isso porque é possível ver que mesmo nos pontos onde há lixeiras instaladas os resíduos são lançados no chão.

“Acredito que os comerciantes poderiam se responsabilizar pela limpeza, no fim do expediente, já que muitos clientes não o fazem”, sugere Maciel, referindo-se aos quiosques que servem comida e bebida em torno do lago. Moradora do bairro e praticante da caminhada diária, pontualmente às 6 horas, a jornalista Luciana Marschall destaca ser comum ver grupos de cavalos soltos no local, assim como gatos e cachorros abandonados, uma tristeza para a petlover. 

Leia mais:

FISCALIZAÇÃO

Sobre a situação, o coordenador de fiscalização da Secretaria Municipal de Urbanismo (Semurb), Francisco Vieira Soares, concedeu entrevista ao Correio de Carajás na manhã desta sexta-feira (5), tratando de pontos a serem melhorados pelo município e também da responsabilidade dos frequentadores.   

Coordenador da Semurb alega ser feita a limpeza e pede que a população denuncie animais soltos ao órgão

Um dos exemplos a serem corrigidos, afirma, é a fiscalização de usuários que fazem churrasco no gramado, o que não é permitido. Entretanto, conforme ele, o contingente de fiscais atualmente não é o suficiente para atender a todas as demandas semanais, mesmo sendo realizadas rondas diariamente nos bairros da cidade. 

Sobre a limpeza, Francisco destaca que é realizada coleta seletiva de lixo no local, assim como a domiciliar, acrescentando haver programação mensal de coleta completa, incluindo a remoção de entulhos, como resíduos da construção de quiosques que está sendo realizada às margens do lago.

No local estão sendo construídos 12 boxes – 10 na entrada, um no meio e outro no final do perímetro –  que serão distribuídos para a comercialização de comidas e bebidas, mas proibidas as alcoólicas.

Referente aos animais, defende que a Semurb tem se responsabilizado pelo recolhimento deles, além de tentar localizar o proprietário e notificá-lo. “É uma advertência para que esse proprietário tome os cuidados devidos com o animal”.

Francisco pede a população utilize os canais do órgão para fazer as denúncias, por meio dos números de telefone: (94) 98414-9907/ 3356-1807/3356-23/3356-1482. (Theíza Cristhine/Colaboração Ítalo Almeida)

Comentários

Mais

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

José Divino Naves, mais conhecido como Dr. Naves, desembarcou às 16h30 deste sábado (18) em Marabá, após passar 5 meses…
Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Passados 11 anos desde a realização do último censo nacional, o Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, uma associação sem…
Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na noite desta sexta-feira que aprovou a indicação do medicamento baricitinibe para…
Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

O Pará contabilizou mais 51 casos de Covid-19 e 4 mortes causadas pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“O Forma Pará, antes de qualquer coisa, é um programa que cuida de pessoas. E vocês também serão profissionais que…
Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

A família do adolescente Marcos Henrique dos Santos, de 14 anos, que foi morto na noite desta quinta-feira (16), no…