Correio de Carajás

Força feminina na Câmara de Parauapebas despenca 75%

Vereadora Eliene Soares fala em live dos reeleitos durante live na manhã desta segunda-feira
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Dos 162.619 eleitores aptos a votar em Parauapebas, 79.823 mil são mulheres. O número é expressivo, mas que ainda assim elegeu apenas uma representante feminina na Câmara Municipal de Parauapebas, que ocupará uma das 15 vagas disponíveis.

A vereadora Eliene Soares foi reeleita com 2.990 votos, garantindo a ela a colocação de segunda mais votada no pleito deste ano, indo para o terceiro mandato.

Ao Correio de Carajás, a vereadora destacou a responsabilidade de ser a única representante feminina pelos próximos quatro anos. “A responsabilidade só aumenta, porque nós precisamos cumprir com esse papel, essa missão que é árdua”.

Leia mais:

Eliene ressalta estar feliz em ter sido reeleita, representando as mulheres de Parauapebas, e agregará ainda mais na sua função com a experiência e conhecimento adquiridos na trajetória política. Todavia, reconhece que será preciso que as mulheres se unam para mudar a baixa representatividade feminina na política. Atualmente, dos quinze vereadores no município, quatro são mulheres.

Renovação na Câmara

Dos 15 vereadores de Parauapebas, dois não concorreram à reeleição, que são Joelma Leite e João Assi, mais conhecido como João do Feijão.

Porém, dos 13 que disputaram a eleição, apenas seis foram reeleitos. Ivanaldo Braz alcançou uma expressiva votação com 3.988 votos, seguido pela vereadora Eliene. Luiz Castilho também se reelegeu e garantiu a terceira colocação como mais votado, somando 2.612 votos.

Os três últimos a se reelegerem foram Elias da Construforte, com 2.157 votos, sendo o sétimo mais votado. Em seguida, Joel do Sindicato garantiu a vaga com 2.024 votos. O último a se reeleger foi o vereador Zacarias, com 1.898 votos, o nono mais votado.

Sete vereadores perderam a disputa pleito de 2020 rumo à reeleição. São eles, Horácio Martins, Francisca Ciza, José Marcelo Alves Filgueira, mais conhecido como Marcelo Parcerinho, José Coutinho, José Francisco Amaral Pavão, Kellen Adriana e Maridé Gomes.

Novos vereadores

O comunicador Zé do Bode (2.437), Léo Márcio (2.264), Rafael Pinheiro (2.223), Francisco Eloecio (1.544), Aurélio Goiano (1.508), Josivaldo da Farmácia (1.437), Miquinha (1.395), Josemir (1.259) e Leandro do Chiquito (1.213) vão estrear na Câmara a partir de 1º de janeiro de 2021. (Theíza Cristhine e Ronaldo Modesto/ Com informações da Ascom da CMP)

Comentários

Mais

Governo amplia lista de produtos médicos cuja exportação é proibida

Governo amplia lista de produtos médicos cuja exportação é proibida

Decreto presidencial publicado no Diário Oficial da União de hoje (26) amplia a lista de produtos médicos, hospitalares e de higiene cuja…
Joice Hasselmann aciona polícia para investigar se ela foi agredida

Joice Hasselmann aciona polícia para investigar se ela foi agredida

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) acionou a Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados para investigar um incidente no último fim de semana. A…
Governo desbloqueia todo o Orçamento de 2021

Governo desbloqueia todo o Orçamento de 2021

A diminuição de diversas estimativas de gastos obrigatórios criou espaço no teto federal de gastos e fez o governo desbloquear…
Ministro da Economia volta a defender reforma tributária ampla

Ministro da Economia volta a defender reforma tributária ampla

O ministro da Economia Paulo Guedes voltou a defender uma reforma tributária ampla. Durante debate sobre a reforma do Imposto…
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente

Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente

O presidente Jair Bolsonaro confirmou hoje (22) que o senador Ciro Nogueira (PP-PI) vai assumir a Casa Civil da Presidência…
Bolsonaro reafirma que vetará fundo eleitoral de 2022

Bolsonaro reafirma que vetará fundo eleitoral de 2022

O presidente Jair Bolsonaro reafirmou na noite desta terça-feira (20) que vetará o fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões aprovado pelo Congresso…