Correio de Carajás

Farra: Jeová paga diárias de R$ 15.750 para servidores de Canaã fazerem nada em Foz do Iguaçu

Servidores passaram cinco dias com dinheiro público na linda Foz do Iguaçu (Foto: Welinton Martins/RPC)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Quatro servidores de Canaã dos Carajás passaram cinco dias de cara para cima na turística Foz do Iguaçu, famosa internacionalmente pelas Cataratas do Iguaçu, tendo todos os gastos pagos pela Prefeitura Municipal, administrada pelo prefeito Jeová Andrade.
A Prefeitura de Canaã dos Carajás desembolsou R$ 15.750,00 em diárias para seis servidores públicos em decorrência de um evento que não aconteceu. Os valores foram pagos pela Fundação Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, que depositou cinco diárias no valor de R$ 2.450 e uma de R$ 3.500,00.
Os valores são referentes a sete dias em Foz do Iguaçu, no Paraná, objetivando participação no 15º Congresso Brasileiro de Pregoeiros, com ida dia 13 de março e retorno no dia 20 de março de 2020. As quantias foram pagas um dia antes da ida, em 12 de março. No dia seguinte, o Grupo Negócios Públicos divulgou comunicado informando o adiamento do evento.


A justificativa foi a disseminação de coronavírus e a edição de diversas normativas vedando temporariamente a participação de servidores em eventos em todo o território nacional, bem como, as múltiplas recomendações no sentido de se evitar aglomerações. A Prefeitura de Canaã dos Carajás, entretanto, não havia cancelado a exposição dos servidores ao vírus.
Conforme a própria administração municipal, procurada pelo Correio de Carajás, quatro servidores chegaram a embarcar para Foz do Iguaçu. A Assessoria de Comunicação justifica que somente no destino eles tomaram conhecimento do adiamento do curso. “Na mesma data, os servidores já tentaram retornar, mas só conseguiram passagens para cinco dias depois”, informou a assessoria de comunicação.
A Reportagem questionou se as diárias não utilizadas foram devolvidas aos cofres públicos e cobrou comprovação dessa devolução, caso houvesse. As diárias, entretanto, não haviam retornado para o município até esta terça-feira, dia 9 de junho, quase três meses após o pagamento delas.


O município alegou que como as diárias já haviam sido liberadas, a Funcel estava na expectativa da remarcação do curso “e tão logo foi informada que ele seria realizado apenas online, já determinou a todos restituição das diárias não utilizadas para os cofres públicos”, segundo a ascom. Não foi informada a data em que a fundação solicitou a devolução.
O Grupo Negócios Públicos divulgou que realizará o encontro Nacional de Compras Públicas em ambiente virtual entre 10 e 13 de agosto de 2020, não mais presencialmente.
Desde o dia 1º de janeiro a administração de Jeová Andrade gastou R$ 117.900,00 em diárias, mesmo com uma pandemia que impede a realização da maioria das viagens. O órgão que mais gastou em diárias foi o Fundo Municipal de Saúde, com R$ 48.150,00.
O órgão utiliza grande parte das diárias para transferência de pacientes para atendimento em centros de referência ou tratamentos fora de Canaã dos Carajás. Mesmo sendo o órgão que mais necessita utilizar das diárias a mais alta foi de R$ 1.600, em fevereiro, para que uma servidora fosse a Belém participar de um curso do Centro de Coaching da Febracis.
Ainda que alta, a diária é bem menor que a de R$ 3.500 paga pela Funcel para um evento não realizado. O órgão é o segundo que mais gastou em diárias neste ano, totalizando R$ 29.600,00 em diárias até esta semana. (Luciana Marschall)

Leia mais:
Comentários

Mais

Presidente faz discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas

Presidente faz discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas

O presidente Jair Bolsonaro faz, hoje (21), o discurso de abertura da sessão de debates da 76ª Assembleia Geral das…
Ministro diz que efeitos adversos não podem interromper vacinação

Ministro diz que efeitos adversos não podem interromper vacinação

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta segunda-feira (20) que a existência de eventos adversos não é motivo para…
Governo propõe PL que limita remoção de conteúdos em redes sociais

Governo propõe PL que limita remoção de conteúdos em redes sociais

O governo federal enviou ao Congresso um Projeto de Lei (PL) que limita a remoção de conteúdos em redes sociais…
Publicado decreto que aumenta IOF para custear Auxílio Brasil

Publicado decreto que aumenta IOF para custear Auxílio Brasil

O Diário Oficial da União (DOU) publicou hoje (17) um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro com as novas alíquotas do Imposto sobre Operações…
Ministro aponta erros de estados e diz que limitou vacinação de adolescentes por cautela

Ministro aponta erros de estados e diz que limitou vacinação de adolescentes por cautela

O ministro Marcelo Queiroga disse nesta quinta-feira (16) que a decisão de restringir a vacinação de adolescentes apenas aos grupos prioritários (deficiência…
Ministério estuda aproveitar créditos de cursos profissionalizantes

Ministério estuda aproveitar créditos de cursos profissionalizantes

O Ministério da Educação estuda permitir que estudantes formados em cursos técnico-profissionalizantes aproveitem os créditos acadêmicos caso decidam continuar os…