Daniele Monteiro também confirmou o aumento de vagas para Medicina/ Foto: Josseli Carvalho

A Universidade do Estado do Pará (UEPA) anunciou esta semana a instalação do curso de licenciatura em Música. A confirmação foi feita pela coordenadora da instituição, Daniele Monteiro. Segundo ela, a expectativa é de que o edital seja publicado em maio, seguido pela prova de habilitação no mês de junho e início das atividades em agosto.

[pro_ad_display_adzone id="528"]

Ao CORREIO, a coordenadora também confirmou o aumento do número de vagas para o curso de medicina. De acordo com ela, serão disponibilizadas mais 20, o que totalizará 40 vagas.

Feira Ecológica

Um levantamento feito pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) em 2017 mostrou que cerca de 70% dos alimentos que chegam à mesa da população brasileira são produzidos pela agricultura familiar. Por isso, para incentivar a produção de pequenos agricultores locais e o consumo de alimentos orgânicos e livres de agrotóxicos, o Campus de Marabá, da Universidade do Estado do Pará (Uepa) realiza frequentemente a Feira Ecológica.

Sempre no intuito de beneficiar a comunidade local, qualquer cidadão de Marabá pode comprar legumes, verduras e hortaliças diretamente de pequenos produtores rurais durante o evento, que já ocorre desde o ano passado em parceria com a Comissão Pastoral da Terra e Assentamentos do Movimento Sem Terra (MST).

Todos os produtos disponibilizados são orgânicos, produzidos por agricultores e familiares de algumas áreas próximas de Marabá, ligados ao MST (Movimento Sem Terra) e ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais. No local, há diversos produtos regionais, como castanha do Pará, açaí, cupuaçu, macaxeira, inhame, abacaxi, abóbora, ovos caipiras, entre outros.

Corrida universitária

Amanhã, dia 14, será realizada a 3ª Corrida Universitária de Marabá, uma realização de duas Instituições de Ensino Superior, a Universidade Norte do Paraná (Unopar) e Universidade do Estado do Pará (Uepa). O evento esportivo já entrou para o calendário de corridas da cidade fazendo, inclusive, com que atletas de outros municípios venham participar. A iniciativa nasceu com a intenção de promover a corrida e caminhada como esportes no meio acadêmico, mas de forma que toda a comunidade pudesse participar. (Karine Sued, com informações de Josseli Carvalho)

[pro_ad_display_adzone id="530"]