Correio de Carajás

Enem: Marabá tem 16 mil e Pebas 11 mil fazendo prova amanhã

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Um verdadeiro batalhão de pessoas vai participar das provas Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Pará: ao todo 354.593 mil pessoas. Aqui no sul e sudeste do estado os maiores quantitativos para as provas de dias 5 e 12 de novembro estão em Marabá, com 16.693 inscritos e em Parauapebas, com 11.685. O Jornal CORREIO apurou que aqui na cidade são 39 os locais de votação, sendo dois deles preparados especificamente para receber candidatos com necessidades especiais.

Outro detalhe que o Jornal apurou é que um grande esquema de segurança foi montado para o trabalho de distribuição das provas a esses 39 locais, sendo que funcionários dos Correios e Telégrafos foram treinados para esse dia. A entrega dos malotes começará às 7 horas, sendo que policiais vão servir de batedores, escoltando os carteiros que vão levar o material.

Candidatos

Leia mais:

O Enem é organizado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais). Segundo a instituição, 60% do contingente inscrito no Pará é formado por mulheres. Em 2016 participaram do Exame 440.979 mil pessoas, bem mais que em 2017. De acordo com o Inep, a queda é consequência do Enem ter deixado de certificar o Ensino Médio, tarefa que voltou ao Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Perfil

No Pará, 23,7% dos participantes são pagantes; 58,3% foram isentos do pagamento da taxa de inscrição em função de Lei ou do Decreto e 18% obtiveram a gratuidade automática por estarem concluindo o Ensino Médio na rede pública em 2017.

Em relação à situação de ensino; 70,3% já concluiu o Ensino Médio; 21,2% é concluinte este ano e 7,6% concluirá após 2017 (treineiros). Do total de participantes do Pará, 59,8% são mulheres e 40,2% são homens.

Especiais

Em Marabá, os candidatos com necessidades especiais vão ser distribuídos em dois locais de provas apenas. Na escola Plínio Pinheiro, na Marabá Pioneira, vão ficar as pessoas com necessidades não severas, como as de baixa visão e que precisam de prova ampliada e um ledor.

Já na Faculdade Metropolitana vão ficar o intérprete de libras e o equipamento de vídeo-libras, computadores com vídeo da prova. (Patrick Roberto)

 

 

 

Um verdadeiro batalhão de pessoas vai participar das provas Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Pará: ao todo 354.593 mil pessoas. Aqui no sul e sudeste do estado os maiores quantitativos para as provas de dias 5 e 12 de novembro estão em Marabá, com 16.693 inscritos e em Parauapebas, com 11.685. O Jornal CORREIO apurou que aqui na cidade são 39 os locais de votação, sendo dois deles preparados especificamente para receber candidatos com necessidades especiais.

Outro detalhe que o Jornal apurou é que um grande esquema de segurança foi montado para o trabalho de distribuição das provas a esses 39 locais, sendo que funcionários dos Correios e Telégrafos foram treinados para esse dia. A entrega dos malotes começará às 7 horas, sendo que policiais vão servir de batedores, escoltando os carteiros que vão levar o material.

Candidatos

O Enem é organizado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais). Segundo a instituição, 60% do contingente inscrito no Pará é formado por mulheres. Em 2016 participaram do Exame 440.979 mil pessoas, bem mais que em 2017. De acordo com o Inep, a queda é consequência do Enem ter deixado de certificar o Ensino Médio, tarefa que voltou ao Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Perfil

No Pará, 23,7% dos participantes são pagantes; 58,3% foram isentos do pagamento da taxa de inscrição em função de Lei ou do Decreto e 18% obtiveram a gratuidade automática por estarem concluindo o Ensino Médio na rede pública em 2017.

Em relação à situação de ensino; 70,3% já concluiu o Ensino Médio; 21,2% é concluinte este ano e 7,6% concluirá após 2017 (treineiros). Do total de participantes do Pará, 59,8% são mulheres e 40,2% são homens.

Especiais

Em Marabá, os candidatos com necessidades especiais vão ser distribuídos em dois locais de provas apenas. Na escola Plínio Pinheiro, na Marabá Pioneira, vão ficar as pessoas com necessidades não severas, como as de baixa visão e que precisam de prova ampliada e um ledor.

Já na Faculdade Metropolitana vão ficar o intérprete de libras e o equipamento de vídeo-libras, computadores com vídeo da prova. (Patrick Roberto)

 

 

 

Comentários

Mais

"Não é sobre partidos", afirma Ivete Sangalo sobre 500 mil mortes; veja outras reações

"Não é sobre partidos", afirma Ivete Sangalo sobre 500 mil mortes; veja outras reações

O Brasil ultrapassou o número de 500 mil mortes por Covid-19 e a cantora Ivete Sangalo compartilhou uma postagem no Instagram lamentado…
Vacina contra covid não tem efeito magnético

Vacina contra covid não tem efeito magnético

INVESTIGADO POR:  VERIFICADO POR: Leia mais: + “Não é sobre partidos”, afirma Ivete Sangalo sobre 500 mil mortes; veja outras…
Unidades judiciais de Carajás e do Araguaia têm nova etapa de retorno gradual

Unidades judiciais de Carajás e do Araguaia têm nova etapa de retorno gradual

A presidência do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) estabelece que as unidades administrativas e judiciárias integrantes da Regiões do…
Produção de abacaxi e mandioca se destaca na Região do PA Lajedo

Produção de abacaxi e mandioca se destaca na Região do PA Lajedo

Da casa do agricultor Jedeon Miranda de Andrade, 33 anos, à produção de abacaxi, percorremos quase dois quilômetros, passando primeiro…
Moradores próximos ao Ramal S11D protestam em ferrovia

Moradores próximos ao Ramal S11D protestam em ferrovia

Em manifestação pacífica ocorrida neste domingo (20), no quilômetro 18 da Estrada de Ferro Carajás, em trecho do Ramal S11D,…
Conta de luz deve continuar subindo e risco de racionamento é alto

Conta de luz deve continuar subindo e risco de racionamento é alto

O Brasil é um país com enormes possibilidades energéticas, mas ainda está refém das chuvas e das usinas termoelétricas, que…