Correio de Carajás

Empresas de ônibus vão ao TRT para garantir parte da frota na rua

Garagem de ônibus foi “lacrada” pelos motoristas: ninguém foi para as ruas nesta segunda-feira. O caos parece irreversível.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Depois que os motoristas e cobradores de ônibus coletivo das empresas TCA e Nassom paralisaram 100% da frota em Marabá, nesta segunda-feira, 7, às 10h20, o advogado que as representa, Robert Silva, informou à Redação do CORREIO DE CARAJÁS, por telefone, que está acionando o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) devido à paralisação ter afetado 100% da frota.

“Nós temos uma liminar determinando que 60% dos ônibus devem circular para não prejudicar a população. Como essa liminar não está sendo respeitada, teremos de acionar o TRT para que tome as providências cabíveis”, explica o advogado.

Sobre a questão dos salários e vales alimentação atrasados, Robert relembrou que já existe um acordo firmado com a Prefeitura de Marabá para compensação. “A Prefeitura vai compensar o crédito do Imposto Sobre Serviço (ISS) com o bem da empresa e a diferença será paga com esse saldo acumulado de vale alimentação. Os salários estão sendo pagos com 50% do faturamento”, garantiu Robert.

Leia mais:

O advogado conclui falando sobre os motivos que levam a precarização do transporte público em Marabá, uma vez que estava sendo levantada a questão da ineficiência dos serviços da empresa. “Na contramão, há uma ineficiência também na estrutura para o transporte público. Não tem um terminal definitivo de integração, não tem compra de vale transporte, não há subsídios por parte do governo já que a tarifa está congelada, além da perda de usuários para transportes alternativos. Então, a nova licitação é basicamente para resgatar todo dano que o transporte público em Marabá perdeu”, conclui. (Zeus Bandeira)

Comentários

Mais

Coronafobia: transtornos compulsivos e de ansiedade por conta da pandemia

Coronafobia: transtornos compulsivos e de ansiedade por conta da pandemia

Há um ano que todo o Brasil vem enfrentando a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Sentimentos como incerteza e ansiedade…
Pará recebe mais 170.300 doses de vacinas contra a Covid-19 nesta sexta-feira (16)

Pará recebe mais 170.300 doses de vacinas contra a Covid-19 nesta sexta-feira (16)

No final da manhã desta sexta-feira (16), o Pará recebeu mais um lote com 170.300 doses de vacina contra a…
Covid-19: em uma semana, mortes aumentam 8% e casos 6%

Covid-19: em uma semana, mortes aumentam 8% e casos 6%

O total de mortes registradas em decorrência da covid-19 cresceu 8% na Semana Epidemiológica (SE) 14, de 4 a 10…
Profissionais do Hospital Regional Público da Transamazônica recebem a segunda dose da vacina contra a Covid-19

Profissionais do Hospital Regional Público da Transamazônica recebem a segunda dose da vacina contra a Covid-19

O Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, finalizou a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19…
Amigos se despedem de Raimundo Salame, sepultado em Marabá

Amigos se despedem de Raimundo Salame, sepultado em Marabá

Figura muito querida na cidade, o contabilista Raimundo Salame teve o seu corpo sepultado no final da manhã desta sexta-feira…
Crianças e grávidas vacinadas por engano contra Covid não devem tomar a 2ª dose, diz Butantan

Crianças e grávidas vacinadas por engano contra Covid não devem tomar a 2ª dose, diz Butantan

O Instituto Butantan, fabricante da vacina contra Covid-19 CoronaVac, informou que não é indicada a aplicação da 2ª dose do imunizante em…