Correio de Carajás

Eleitora na “Fanta” cata santinho aleatório minutos antes de votar

A doméstica Delenice pega santinho aleatório para votar em candidato que não conhece propostas / Foto: Evangelista Rocha
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A velha prática de derramar santinhos de candidatos em portas de escolas continua tendo seus efeitos “positivos” perante os eleitores que não escolhem os candidatos antecipadamente por suas propostas.

Foi o que aconteceu na manhã deste domingo, 15, na Escola José Flávio, no Bairro Araguaia, o popular Fanta. A empregada doméstica Delenice Alves da Silva foi flagrada pela Reportagem do PORTAL CORREIO DE CARAJÁS agachada, procurando santinho de candidatos entre os milhares derramados na porta da escola.

“Eu tava procurando um candidato aqui para votar. Sou muito indecisa. Eu não tinha em quem votar. Estava muito difícil este ano”, justificou.

Leia mais:

Ela disse, ainda, que mora no Bairro da “Coca” (Nossa Senhora Aparecida) e sabia que tinha que escolher alguém que iria “fazer alguma coisa por nós. A rua em que moro não entra carro de jeito nenhum. Mas agora vai ser esse aqui mesmo”, finalizou.

Além da evidente falta de zelo pela cidade, jogar uma grande quantidade de “santinhos” em vias públicas, próximo a um local de votação é um crime eleitoral.

Conforme disposto na Lei das Eleições 9.504/97, artigo 39, parágrafo 5º, inciso 3º, o chamado “derramamento de santinhos” configura propaganda eleitoral irregular. Ainda que realizado na véspera do pleito.

Caso ocorra no dia e horário da eleição, o descarte de material gráfico também pode ser enquadrado como crime de boca de urna, alerta o advogado Marcelo Roseno.

“O fato de não haver contato com o eleitor é irrelevante. No dia da eleição, não pode haver divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos ou candidatos. No caso, o derrame é feito com a finalidade de burlar a regra proibitiva, e, em razão disso, mesmo quando feito na véspera do pleito, é punível”, alerta Rosano. (Zeus Bandeira, Evangelista Rocha e Ulisses Pompeu)

Comentários

Mais

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

A administração pública de Parauapebas trabalha para resolver a situação dos indígenas venezuelanos da etnia Warao, que estão acampados há…
Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Logo após a execução do Hino Nacional, no Parque de Exposições, nesta sexta-feira, dia 18, o prefeito de Marabá, Tião…
Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

O Brasil estabeleceu um novo recorde nesta quinta-feira (17) ao aplicar 2.561.553 doses de vacinas contra a covid-19 em 24…
Vereador de Marabá entrega título de Honra ao Mérito ao presidente Bolsonaro

Vereador de Marabá entrega título de Honra ao Mérito ao presidente Bolsonaro

Antes de iniciar seu discurso, o presidente Jair Bolsonaro convidou para o palco o vereador Fernando Henrique, de Marabá, e…
Em Marabá, Bolsonaro exalta “propriedade sagrada” e critica o MST

Em Marabá, Bolsonaro exalta “propriedade sagrada” e critica o MST

Festejado por apoiadores em Marabá, que estiveram aos milhares acompanhando seus passos desde o desembarque no aeroporto local, o presidente…
Parauapebas começa a vacinar pessoas sem comorbidades a partir de 50 anos

Parauapebas começa a vacinar pessoas sem comorbidades a partir de 50 anos

Neste sábado (19) todas as unidades de saúde das zonas urbana e rural de Parauapebas abrem das 9 às 17…