Correio de Carajás

Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

Foto: Dado Ruvic/Reuters
Foto: Dado Ruvic/Reuters
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Secretaria Municipal de Saúde de Canaã dos Carajás recebeu do Governo do Estado 3.140 doses de vacina contra o novo coronavírus. Em uma entrevista coletiva a gestão informou que a prioridade, é atender os idosos acima de sessenta anos com ou sem comorbidades, além dos profissionais da saúde e educação da rede pública e privada que ainda não tomaram a primeira dose. Outras 1085 vacinas serão aplicadas nos servidores da rede municipal de ensino.

O dia D será neste sábado (19) nos postos de saúde da cidade e vai acontecer das 8h às 17h. “É importante que as pessoas se dirijam às unidades onde são cadastradas, levem CPF, Cartão do SUS e sendo trabalhador não esquecer do comprovante de vínculo ativo como um contra-cheque atual, por exemplo”, explicou Douglas Pacheco, Coordenador de Vigilância em Saúde do Município.

A Coordenação de Vigilância em Saúde da prefeitura fez alguns alertas. Quem se vacinou contra a gripe tem de esperar 14 dias para poder receber o imunizante contra o Covod-19. A mesma regra vale para quem estiver com os sintomas da doença.

Leia mais:

A conta gotas

De janeiro a junho de 2021, Canaã dos Carajás aparece entre os municípios que menos receberam vacinas contra o covid-19 no Pará perdendo para cidades como Portel no Marajó, uma das mais pobres do Estado que foi atendido com 22.085 doses. Para se ter uma ideia, das 3.637,280 imunizantes entregues pelo Ministério da Saúde ao Governo do Estado, a cidade do minério recebeu menos de 12 mil unidades para uma população que chega a mais de 55 mil habitantes”. Para o governo federal, a distribuição das vacinas se dá pelo último censo do IBGE e não pela demanda do Sistema Único de Saúde. Em Canaã a população cresceu nos últimos anos e não houve nova pesquisa, explica Dayane Celestrini, secretária municipal de saúde.

DISTRIBUIÇÃO DE VACINAS

Segundo o Governo Federal, desde o início da pandemia, o Ministério da Saúde já enviou mais de 110 milhões de doses de vacina contra o Covid-19 aos Estados. Só em maio deste ano foram distribuídos 33 milhões de imunizantes. Em média a entrega das vacinas acontece a cada 48 horas, tornando o Brasil o quarto país no mundo em número de doses aplicadas. A distribuição é tripartite. O Ministério da Saúde recebe os carregamentos e repassa aos Estados que encaminham, por ordem de prioridade, aos municípios.

Em Canaã dos Carajás, o último boletim epidemiológico mostra que o número de mortos por covid-19 chegou a 105 vítimas. (Nyelsen Martins)

 

Comentários

Mais

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

A cearense Pamella Holanda, vítima de agressões de DJ Ivis, revelou que o cantor enviou uma suposta carta, por meio do advogado, com um pedido de perdão.…
Rede estadual retoma aulas no início de agosto

Rede estadual retoma aulas no início de agosto

A redução do número de novos casos e de óbitos por Covid-19, bem como a adesão à vacinação contra o…
Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Uma cena comum em Parauapebas e que choca muita gente é a de uma mulher andando sem roupas pelas ruas…
Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Com grande parte do corpo atrofiado, conseguindo movimentar apenas uma das mãos e a cabeça, o jovem Handriw Rafael Vasconcelos…
Intervalo maior de doses da vacina Pfizer aumenta níveis de anticorpos

Intervalo maior de doses da vacina Pfizer aumenta níveis de anticorpos

Um intervalo maior entre as duas doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 proporciona um nível maior de anticorpos…
Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Estudo internacional com participação de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) revela um mecanismo que explica o motivo pelo…