Correio de Carajás

Dono do Trem da Alegria afirma que garoto não foi esmagado

O trem da Alegria vai passar por perícia e aguarda em frente da 21ª Seccional - Foto: Evangelista Rocha

TRAGÉDIA NO SÃO FÉLIX

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Após o acidente envolvendo o Trem da Alegria e um adolescente, que acabou morrendo, Glauber Miranda Bispo, proprietário do caminhão, utilizou as redes sociais para dar sua versão do caso.

Segundo ele, o garoto não foi esmagado pelo veículo. Em nota, ele afirma que a vítima, que estava acompanhando o percurso de bicicleta nas laterais, foi puxada pelas costas e caiu na frente do caminhão. “O caminhão anda no máximo a 30km/h e no momento do acidente não estava nem a 20 km/h”, diz o trecho.

De acordo com Glauber, o menino caiu e bateu forte com a cabeça.

Leia mais:

Em outro esclarecimento sobre o fato, em um áudio de Whatsapp, Glauber explica com mais detalhes. Ele afirma que após o acidente o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado imediatamente para prestar o socorro à vítima. Contudo, demorou a chegar, segundo o relato.

Glauber afirma que os representantes do Trem da Alegria ficaram no local o tempo inteiro. Foi realizado o teste do bafômetro no motorista e deu negativo. Além disso, todos os documentos foram entregues ao Departamento de Trânsito e para a Polícia Civil.

“Fomos para a Delegacia, prestamos depoimento, foi feito um Boletim de Ocorrência. A carreta ficou retida para fazer a perícia hoje de manhã e analisar o campo de visão do motorista e esclarecer os fatos”, diz no áudio.

Ainda no relato, ele conta que os ciclistas estavam acompanhando a carreta nas laterais. Um deles fez uma manobra arriscada e entrou na frente no caminhão. “Outro que estava com eles foi fazer a mesma manobra, foi quando o pneu traseiro da vitima e o pneu dianteiro de outra pessoa se chocaram, fazendo com que um caísse mais para um lado da carreta e o outro, infelizmente, caiu embaixo da carreta, pegando a lateral do corpo. Não chegou a passar por cima dele”, conta.

A Reportagem do CORREIO aguarda investigação da Polícia Civil e laudo do IML para atualização do caso.

(Ana Mangas e Ulisses Pompeu)

Comentários

Mais

Cerca de 89m³ de toras de madeira transportadas ilegalmente são apreendidos

Cerca de 89m³ de toras de madeira transportadas ilegalmente são apreendidos

Duas cargas de madeira transportadas de maneira ilegal foram apreendidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Pará. Uma delas tinha…
Dupla em moto executa homem em Serra Pelada

Dupla em moto executa homem em Serra Pelada

Um homicídio foi registrado na Rua São Francisco, em Serra Pelada, município de Curionópolis, nesta segunda-feira (18). A vítima foi…
Câmera registra furto de bicicleta avaliada em R$ 16 mil

Câmera registra furto de bicicleta avaliada em R$ 16 mil

Câmera de segurança privada registrou um furto em concessionária da Avenida Liberdade, próximo ao Bairro da Paz, em Parauapebas, na…
Garçom serve facada em estabelecimento e cliente é hospitalizado

Garçom serve facada em estabelecimento e cliente é hospitalizado

No final de semana, a Polícia Militar atendeu ocorrência em um estabelecimento onde funciona uma boate de shows, localizado na…
Final de semana com dois casos de violência doméstica

Final de semana com dois casos de violência doméstica

Nesse final de semana de Círio, que deveria ser de fé e prosperidade ao próximo, a Polícia Civil em Marabá…
Equatorial dá dicas para evitar assaltos em falsos atendimentos

Equatorial dá dicas para evitar assaltos em falsos atendimentos

A concessionária de energia elétrica Equatorial se pronunciou após uma tentativa de assalto ser registrada na última quinta-feira (14), no…