Correio de Carajás

DMTU dá ultimato para donos de transporte por App em Marabá

DMTU apresentou, durante reunião, as leis de regularização do serviço de transporte por aplicativo em Marabá / Foto: Evangelista Rocha
DMTU apresentou, durante reunião, as leis de regularização do serviço de transporte por aplicativo em Marabá / Foto: Evangelista Rocha
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Os motoristas de aplicativo que atuam em Marabá terão prazo contado para se cadastrarem junto ao Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU). Essa foi a informação repassada durante uma reunião realizada na manhã desta segunda-feira (15), no auditório do órgão, aos responsáveis por plataformas que atuam no município.

Além disso, eles foram instruídos sobre a lei nº 17.949, que regulariza o serviço em Marabá e a mais recente, nº 18.007, que altera alguns itens da inicial. Na palestra, também foi esclarecido sobre como serão realizadas as fiscalizações do serviço e o cadastro junto ao órgão, que será a chave para uma fiscalização mais eficiente, conforme avaliou o diretor do DMTU, Jocenilson Silva Souza.

Jocenilson acrescenta que as empresas de aplicativo também podem ser penalizadas, caso não estejam cadastradas / Foto: Evangelista Rocha

“Na fiscalização, os agentes de trânsito vão abordar os condutores e solicitar a rota que eles estão seguindo, conforme o aplicativo dispõe. Aquele que não possuir a rota e estiver transportando passageiros, estará infringindo a lei, podendo ser penalizado com multa. Além disso, mensalmente a empresa que oferece o serviço deverá entregar ao órgão uma relação atualizada com os nomes de seus motoristas e seus respectivos veículos”, explica Jocenilson.

Leia mais:

Robson Santos é proprietário de uma plataforma de transporte por app no município e conta que espera entender melhor como se dará a regularização. Segundo ele, existem nove plataformas atuando em Marabá e para facilitar a fiscalização, orienta os motoristas a colocar um adesivo com a logomarca do app no para-brisa do veículo, o que é determinado por lei. “Com a regularização do cadastramento da plataforma, espero que as fiscalizações sejam mais eficientes”, aposta Robson.

Chistyano Marcos ainda tem muitas dúvidas sobre a regularização / Foto: Evangelista Rocha

Para Chistyano Marcos Barbosa, proprietário do aplicativo LOSAMO de transporte compartilhado – semelhante ao táxi-lotação – a reunião deveria elucidar o que as plataformas podem ou não fazer, alegando que a categoria sofre um pouco com as fiscalizações por parte dos órgãos de trânsito, que ainda não estão bem preparados para abordar essa inovação tecnológica.

Jair Guimarães reforça sobre o prazo para cadastramento até o final de março/ Foto: Evangelista Rocha

O secretário municipal de Segurança Institucional, Jair Barata Guimarães, reforça que as empresas têm até o final de março para se cadastrarem. Quando questionado sobre os clandestinos que atuam na cidade, ele explicou que a questão é complexa e por isso os agentes de trânsito do município tratam essas situações conforme o CTB (Código de Trânsito Brasileiro) orienta. “O DMTU está instruído a se integrar com outros órgãos para fazer valer o CTB”, completou. (Zeus Bandeira)

Comentários

Mais

Adolescente com deficiência entra para grupo prioritário de vacinação

Adolescente com deficiência entra para grupo prioritário de vacinação

O Governo Federal incluiu definitivamente gestantes, puérperas e lactantes, com ou sem comorbidade, no grupo prioritário de imunização contra a…
Moradores do Contestado se revoltam com obra parada há nove meses

Moradores do Contestado se revoltam com obra parada há nove meses

A região do Contestado, que apesar de pertencer à Marabá está localizada a 260 quilômetros da sede do município, sendo…
Taxa de desemprego fica em 14,6% no trimestre encerrado em maio

Taxa de desemprego fica em 14,6% no trimestre encerrado em maio

A taxa de desemprego no país ficou em 14,6% no trimestre encerrado em maio deste ano, segundo dados divulgados hoje…
Padre Fábio de Melo brinca com o calor de Marabá e repercute nas redes sociais

Padre Fábio de Melo brinca com o calor de Marabá e repercute nas redes sociais

Segue com grande repercussão e mais de 7 mil comentários uma postagem feita pelo padre Fábio de Melo em 29…
Famosos e autoridades lamentam incêndio em galpão da Cinemateca Brasileira

Famosos e autoridades lamentam incêndio em galpão da Cinemateca Brasileira

Famosos usaram as redes sociais para lamentar o incêndio que atingiu o galpão da Cinemateca Brasileira, localizado na Vila Leopoldina, Zona Oeste de…
Justiça do Pará proíbe programação com show de Zé Vaqueiro em Melgaço, no Pará

Justiça do Pará proíbe programação com show de Zé Vaqueiro em Melgaço, no Pará

A Justiça do Pará proibiu a programação oficial de verão da prefeitura de Melgaço, no Marajó. Um show com o…