Correio de Carajás

Distensão: Acordo permite volta às aulas

Os professores decidiram em assembleia suspender o ‘estado de greve’ e dar mais um voto de confiança para a prefeitura do município
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Durante a tarde inteira da última segunda-feira (28) o prefeito Ismael Barbosa, secretária de Educação, Leila Barbosa, coordenação do Sintepp e Câmara de Jacundá se reuniram para discutir a pauta de reivindicações elaborada pela categoria sindical dos professores que ameaçava entrar em greve caso a prefeitura não sentasse para negociar. Ao final da reunião, um acordo selado paralisou o “estado de greve” por 30 dias. Com a notícia, pais e alunos respiraram aliviados e as aulas na rede municipal de ensino voltaram ao normal.

A pauta reivindicatória apresentada pela coordenação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp), através da subsede de Jacundá, inclui licença prêmio progressões, retroativo do reajuste dos assistentes e insalubridade e periculosidade são negadas e/ou postergadas com a justificativa da falta de recursos financeiros. “É uma pauta justa, dentro de nossas necessidades”, afirmou o coordenador do Sintepp local, Tony Gomes.

“Temos ainda a indefinição do refeito Ismael Barbosa em relação a pauta dos precatório, que mais uma vez adia a viagem de uma comissão à Brasília com intuito de acelerar a liberação deste tão sonhado recurso”, questiona o líder sindical.

Leia mais:

Após o encontro, o prefeito Ismael Barbosa destacou que a reunião teve resultado positivo. “O diálogo é a melhor alternativa para resolvermos os problemas, e aqui não é diferente. Ouvimos atentamente as reivindicações. Agora temos 30 dias para apresentar uma proposta e acredito que tudo dará certo”.

Em relação aos precatórios da Educação, que é um recurso oriundo da diferença de repasse do antigo Fundef para o Fudenb, e que causou um montante superior a R$ 50 mi, o prefeito informou que “todo o esforço tem sido empreendido para liberação dos recursos, inclusive, com diversas viagens à Brasília para pedir que a Justiça Federal acelere a liberação dos recursos”. (Antonio Barroso, freelancer)

Mais

DMTU esclarece suposta “casinha” feita por agente de trânsito

DMTU esclarece suposta “casinha” feita por agente de trânsito

Desde o final da noite de quarta-feira (5), o nome do agente de trânsito Etervan Ferreira Sousa está circulando em…
Sespa divulga orientações sanitárias para o Dia das Mães, com base em protocolos sanitários

Sespa divulga orientações sanitárias para o Dia das Mães, com base em protocolos sanitários

Para reduzir os riscos de propagação da Covid-19 durante as celebrações pelo Dia das Mães, a Secretaria de Estado de…
ONU pede investigação imparcial sobre operação no Jacarezinho

ONU pede investigação imparcial sobre operação no Jacarezinho

O Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas (ONU) para Direitos Humanos, com sede em Genebra, na Suíça, pediu hoje…
Covid-19: mortes seguem caindo lentamente, mas casos voltam a subir

Covid-19: mortes seguem caindo lentamente, mas casos voltam a subir

As mortes por covid-19 no Brasil têm apresentado uma leve tendência de queda, segundo dados do Boletim Epidemiológico do Ministério…
Tentativa de furto aos Correios da Folha 33 termina com menor baleado

Tentativa de furto aos Correios da Folha 33 termina com menor baleado

Na semana em que a Polícia Federal desmantelou uma quadrilha que arrombava agências dos Correios do sul, sudeste do Pará…
Novo presidente da Eletrobras defende capitalização da empresa

Novo presidente da Eletrobras defende capitalização da empresa

Em sua cerimônia de posse, o novo presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp, disse hoje (7) que vai dar sequência às ações já em implementação previstas no plano estratégico e…