Correio de Carajás

Diretor do HMI tem infarto fulminante e morre em casa

O médico ginecologista e diretor técnico do Hospital Materno Infantil (HMI), Fábio de Oliveira Costa, 43 anos, foi encontrado morto dentro de casa na manhã desta quarta-feira, 13.
Suspeita-se que Fábio teria sido vítima de um infarto fulminante durante a madrugada. O médico era separado e tinha uma filha, que inclusive havia ido buscá-la em Belém recentemente para passar as férias de julho aqui na cidade com ele.
Fábio morava com a mãe dele em Marabá, e informações preliminares dão conta que foi ela quem encontrou o filho morto.
Além do HMI, o médico trabalhava no Hospital Santa Terezinha e em uma clínica particular. A Prefeitura de Marabá ainda não divulgou nota de pesar sobre a perda do profissional.

(Da Redação)

Comentários