Correio de Carajás

Denúncias de maus tratos contra animais crescem 50% em Marabá

Fiscais da Semma retiram aves de uma residência de Marabá após constatarem maus tratos/ Fotos: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Só neste início de 2021, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma) já realizou dois resgates de animais em situação de maus tratos no município. Na semana passada foi resgatada uma cadela de grande porte, no Bairro São Félix, que estava amarrada sob condições de maus tratos. A cadela se encontra agora na ONG Focinhos Carentes, aguardando adoção.

No início do ano já havia sido realizado o resgate de uma cadela próximo à Coca Cola, muito debilitada e cheia de carrapatos. Ela ainda não se recuperou completamente e também está na ONG. As duas irão para adoção.

No ano de 2020, a Secretaria atendeu a 83 denúncias de maus tratos de animais no município. Os números demonstram um crescimento de mais de 50% em comparação com 2019, quando foram atendidas 53 denúncias. Em 2018, foram apenas 11 denúncias apuradas.

Leia mais:

A coordenadora da Divisão de Maus-Tratos da Semma, Tatiana Gomes, explica que esse tipo de resgate de animais domésticos, na verdade, não é uma atribuição da Semma, que consiste em averiguar as situações e aplicar a advertência e a multa.

Por isso, a Semma atualmente atua em parceria com a ONG Focinhos Carentes. Ela recebe a denúncia, se dirige até o local e constata se há situação de risco. Caso haja necessidade, o animal é levado ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), onde são realizados os testes para identificação de doenças como a leishmaniose, e os veterinários verificam o estado de saúde do animal. Dependendo da situação, o bicho é acolhido pela ONG, que cuida dos animais até estarem aptos a serem colocados para adoção.

Após denúncia anônima, fiscais encontraram cães com suspeita de maus tratos em uma casa

“É importante ressaltar que em 90% dos casos trabalhamos na orientação. Muita gente acha que maltrato é só bater, mas inclui-se não alimentar, deixar preso o tempo todo, não ter abrigo. Normalmente, explicamos ao dono o modo correto de proceder, as punições ocasionadas caso descumprimento e voltamos para averiguar 10 ou até 20 dias depois”, comenta.

Onde é constatado maus-tratos intencional é aberto um processo administrativo, que pode resultar em advertência ou multa. O valor varia de R$ 500,00 a R$ 3.000,00, sendo triplicado o valor caso o animal venha a óbito conforme Lei Nº 9605/98, artigo 32 e Decreto Federal nº 6514/2008, artigo 29.

Todos os processos são encaminhados ao Ministério Público Estadual, que pode ou não abrir uma denúncia, podendo resultar até em prisão de 2 anos a 5 meses, segundo a lei 1095/2019. Vale ressaltar, no entanto, que a Semma é um órgão administrativo e não tem poder de prisão, ficando a cargo da Polícia Civil avaliar essa possibilidade. Em Marabá, ainda não houve casos de prisão por maus tratos.

O coordenador de fiscalização ambiental da Semma, Paulo Chaves, destaca que as denúncias para a secretaria são anônimas e pede para que as pessoas não tenham receio em denunciar. “Muitas vezes a pessoa não quer se indispor com o vizinho. Tem medo do que possa acontecer, principalmente em caso de pessoas agressivas. Pedimos que façam as denúncias para que possamos ir até o local averiguar e constatar se há ou não irregularidade”, comenta.

Para denunciar, utilize o número 99233-0523, que também é Whatsapp.

Este ano, já foi realizado um resgate de um cachorro selvagem em parceria com o Exército Brasileiro

Animais Silvestres

A Semma também atua regularmente no resgate de animais silvestres. Este ano, já foi realizado um resgate de um cachorro selvagem em parceria com o Exército Brasileiro. O animal passou por uma cirurgia e está recebendo tratamento para poder voltar ao seu habitat natural. No ano de 2020 foram 42 denúncias de resgate de animais recebidas.

Macacos, araras, curiós são alguns dos outros animais que já foram resgatados pela Secretaria. Ano passado foi realizada uma operação até o município de Cumaru do Norte, onde foram resgatados dois filhotes de onça que estavam confinados e debilitados em uma fazenda da região. (Fonte: Ascom PMM)

Comentários

Mais

Máscaras de proteção contra Covid deixam as pessoas mais atraentes, diz pesquisa

Máscaras de proteção contra Covid deixam as pessoas mais atraentes, diz pesquisa

As pessoas ficam mais atraentes com o uso de máscaras de proteção contra a Covid-19. Pelo menos é o que…
SP e Rio adiam desfiles de escolas de samba para abril devido a aumento de casos de Covid

SP e Rio adiam desfiles de escolas de samba para abril devido a aumento de casos de Covid

Os prefeitos de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), e do Rio, Eduardo Paes (DEM), anunciaram em conjunto na noite desta…
Rio Tocantins desce 39 centímetros em quatro dias

Rio Tocantins desce 39 centímetros em quatro dias

Depois de ter batido a casa dos 13,09 metros no início da semana, o Rio Tocantins começou a recuar nos…
Governo confirma 3ª onda no Pará e divulga estratégias

Governo confirma 3ª onda no Pará e divulga estratégias

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) anunciou uma série de ajustes nas estratégias de combate à Covid-19 em…
Cadastro de quem não está em abrigos começa hoje para vítimas da enchente

Cadastro de quem não está em abrigos começa hoje para vítimas da enchente

Na manhã desta sexta-feira (21), centenas de pessoas formavam filas em frente a Defesa Civil de Marabá atrás do cadastramento…
Anac autoriza delivery por drones no Brasil

Anac autoriza delivery por drones no Brasil

Entregas comerciais poderão ser realizadas via drones no Brasil, inclusive de alimentos, autorizou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) nesta…