Correio de Carajás

Darci é empossado como prefeito de Parauapebas ao lado dos 15 vereadores

Darci Lermen, à direita, faz o seu juramento tendo ao lado o vice, João Trindade
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O prefeito reeleito de Parauapebas, Darci Lermen, tomou posse nesta sexta-feira (1°), com discurso conciliador, conclamando união. Também anunciou que o foco do quarto mandato será resolver em definitivo os problemas de saneamento do município, uma área pela qual é muito cobrado. A sessão solene, restrita, realizada na Câmara Municipal, também empossou os 15 vereadores eleitos no último pleito.      

Darci, descreveu que o trabalho será no intuito de conseguir chegar em um “índice altíssimo de tratamento de esgoto, resolvendo o problema da falta de água”, recorrente em alguns bairros da cidade. Segundo ele, saúde e educação também são prioridades. “São três pontos fundamentais que teremos que resolver problemas gigantes”, citou.

Leia mais:

Nas redes sociais, o prefeito já havia divulgado o secretariado, antes da posse marcada para as 10h, afirmando estar mudando a maneira de gerir, por isso, priorizou quadros técnicos, avisando que o titular “que não der conta” será substituído.   

Darci alcançou 48,42% dos votos, o que equivale a 57.384 votos, e cumprirá o seu quarto mandato na Prefeitura. Ao Correio de Carajás, ressaltou ter amadurecido muito nos últimos anos, chegando em um momento que sabe a melhor maneira de conduzir o município e as pessoas que pode contar.

Darci, falou que o momento não é para perseguições, mas sim, de trabalho em conjunto. “Como a vida passa ligeiro, como o poder é passageiro, e quando a gente sai, eu já passei por isso, nem o vento bate nas nossas costas”, citou.    

O mandatário aproveitou para comentar sobre rumores que correm na cidade de que ele poderia cumprir apenas dois anos do mandato de prefeito por interesse de concorrer a deputado. Sobre isso, disse: “Eu não tenho pretensão, não vou ser candidato, a cidade precisa eleger deputado estadual e federal, a gente tem condições de eleger dois estaduais e um federal, mas, não serei eu”.

Já o vice-prefeito João Trindade, mais conhecido como João do Verdurão, assume o primeiro cargo político. À reportagem, afirmou não ter almejado uma carreira política, porém, esse era um sonho que o pai tinha para ele, tornando-se realidade com o pedido das pessoas próximas para que entrasse na disputa política.

VEREADORES

Uma Câmara renovada com os vereadores empossados neste primeiro de janeiro. Dos 13 vereadores da última legislatura que disputaram a eleição, apenas seis foram reeleitos, elegendo apenas uma representante feminina, Eliene Soares. Ao todo são 15 cadeiras.

Por ser o mais idoso, o vereador reeleito Zacarias Marques presidiu a solenidade de posse, ao discursar, manifestou pretensões de se candidatar a prefeitura de Parauapebas na próxima eleição.

A solenidade também definiu a mesa diretora para o biênio 2021/2022. O vereador Ivanaldo Braz consagrou-se o novo presidente da Câmara, quem assume a vice-presidência é Josemir Santos, já Rafael Ribeiro foi eleito como o primeiro secretário, e Zacarias, o segundo secretário.

Os vereadores iniciarão oficialmente os trabalhos na sessão solene do dia 15 de fevereiro. O salário será de R$ 12.660,00, que teve um aumento de R$ 2.203,36, definido em Sessão Extraordinária no dia 21 de dezembro de 2020. Cada político pode contratar 14 assessores para o gabinete.    

Vereadores empossados para a Legislatura 2021-2024

•       Ivanaldo Braz (PDT) – 3.988 votos (reeleito);

•       Eliene Soares (MDB) – 2.990 votos (reeleita);

•       Luiz Castilho (Pros) – 2.612 votos (reeleito);

•       Zé do Bode – Elvis Cruz (MDB) – 2.437 votos;

•       Léo Márcio (Pros) – 2.264 votos;

•       Rafael Ribeiro (MDB) – 2.223 votos (suplente de Coutinho na legislatura atual);

•       Elias da Construforte (PSB) – 2.157 votos (reeleito);

•       Joel do Sindicato (PDT) – 2.024 votos (reeleito);

•       Zacarias Marques (PP) – 1.898 votos (reeleito);

•       Francisco Eloécio (Republicanos) – 1.544 votos;

•       Aurélio Goiano (PSD) – 1.508 votos;

•       Josivaldo da Farmácia (PP) – 1.437 votos;

•       Israel Miquinha (PT) – 1.395 votos (vereador em 2009/2012 e 2013/2016);

•       Josemir Silva (Pros) – 1.259 votos;

•       Leandro do Chiquito (Pros) – 1.213 votos;

(Reportagem: Theíza Cristhine)

Coube ao vereador Zacarias colocar a faixa no prefeito
Vice e prefeito já empossados
Juramento de posse dos novos vereadores de Parauapebas. Apenas uma mulher eleita para a Legislatura.

Mais

Estados e municípios poderão utilizar saldos de fundos de saúde

Estados e municípios poderão utilizar saldos de fundos de saúde

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei complementar que estende até o fim de 2021 a autorização concedida a estados,…
Senadores avaliam semana da CPI da Pandemia como positiva

Senadores avaliam semana da CPI da Pandemia como positiva

Os senadores avaliaram de forma positiva a primeira semana de oitivas da CPI da Pandemia. Foram ouvidos os ex-ministros da…
Brasil precisa fortalecer produção de insumos, diz Queiroga

Brasil precisa fortalecer produção de insumos, diz Queiroga

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta quinta-feira (6) em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia…
Queiroga diz que enfrentamento à pandemia requer união de forças

Queiroga diz que enfrentamento à pandemia requer união de forças

Em depoimento nesta quinta-feira (6) à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia no Senado, o ministro da Saúde, Marcelo…
Teich diz que deixou cargo por falta de autonomia e por não aceitar cloroquina

Teich diz que deixou cargo por falta de autonomia e por não aceitar cloroquina

O ex-ministro da Saúde Nelson Teich disse nesta quarta-feira (5) em depoimento à CPI da Pandemia que deixou o governo…
Bolsonaro defende liberdade e cogita decreto de livre circulação

Bolsonaro defende liberdade e cogita decreto de livre circulação

Em discurso hoje (5) em cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre as manifestações ocorridas no 1º de…