Correio de Carajás

Consumidores organizam protesto contra a Celpa em Marabá

Foto: Evangelista Rocha
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Dois grupos de consumidores realizarão amanhã, quarta-feira (13), manifestações conta a Celpa em Marabá. De acordo com Alex Solino, coordenador de fiscalização do MTCC (Movimento Todos Conta a Celpa), o objetivo é conscientizar a população que está sendo prejudicada de alguma forma pela empresa.

Ainda segundo o coordenador do movimento, a cada quatro reclamações que o Procon recebe, três são referentes aos serviços prestados pela concessionária.

“A gente quer fazer com que a rede Celpa tenha sua oportunidade de se defender, assim como o consumidor. Ressaltamos que existem algumas questões que o consumidor está totalmente errado, mas tem outras em que a empresa está errada. Então a gente quer fazer essa conciliação”, explicou.

Leia mais:

A primeira manifestação ocorrerá a partir das 8 horas da manhã, na Av. Transamazônica, nº 2180 – Cidade Nova (Posto do Bolinha). A segunda será às 16 horas, em frente ao Shopping Pátio Marabá, localizado na Rodovia Transamazônica, à altura da Folha 30, Nova Marabá.

Resposta da Celpa

Procurada pela Reportagem do Portal Correio, a assessoria de imprensa da Celpa respondeu por e-mail. Leia na íntegra a nota enviada pela empresa:

“Em relação a manifestação que está sendo organizada em Marabá pelo Movimento Todos Contra a Celpa, a concessionária informa que está à disposição dos consumidores para prestar todos os esclarecimentos necessários a respeito dos valores cobrados na conta de energia e sobre os serviços e atendimentos oferecidos pela empresa.

Para responder a alguns questionamentos feitos pelos participantes do movimento, a Celpa esclarece que atua apenas como arrecadadora da contribuição de iluminação pública e repassa o valor integralmente para o município, que é responsável pela implantação, manutenção, operação e expansão do serviço. Às concessionárias de energia elétrica cabe apenas a ampliação da rede de distribuição de energia para atendimento a novos consumidores. A contribuição para os custos do serviço de iluminação pública está prevista no artigo 149-A da Constituição Federal de 1988. Nela, fica estabelecido que é competência do município definir a forma de cobrança e a base de cálculo da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), conforme lei específica aprovada na Câmara Municipal

É importante também ressaltar que a Celpa cumpre rigorosamente a legislação tributária Estadual e Federal em relação ao faturamento de ICMS, PIS/COFINS no Pará. A definição da base de cálculo destes tributos é de responsabilidade dos Governos Federal e Estadual.

Por fim, a empresa reforça que todos os seus procedimentos de cobrança e suspensão de fornecimento são regulados pelo que determina a legislação do setor elétrico brasileiro.

No caso de dúvidas em relação a conta de energia, o cliente deve buscar informações por meio dos canais de atendimento 0800 091 01 96, na internet no site www.celpa.com.br, além das agências de atendimento presencial”. (Karine Sued)

Mais

Helder inaugura, entrega cheques e assina ordens de serviço em Marabá

Helder inaugura, entrega cheques e assina ordens de serviço em Marabá

Em visita a Marabá nesta quarta-feira (12) o governador Helder Barbalho rodou a cidade fazendo inaugurações, assinando ordens de serviço,…
Cruzamento na VS-10 causa graves acidentes de trânsito

Cruzamento na VS-10 causa graves acidentes de trânsito

Um cruzamento entre a Avenida VS-10 e a Rua Florita, na altura do Bairro Morada Nova, em Parauapebas, tem causado…
Sete em cada dez empreendedores fizeram vendas online na pandemia

Sete em cada dez empreendedores fizeram vendas online na pandemia

Sete em cada dez micro, pequenas ou médias empresas (73,4%) do país estão fazendo vendas online durante a pandemia do novo coronavírus.…
Brasil inaugura primeira antena rural para a internet 5G

Brasil inaugura primeira antena rural para a internet 5G

O Brasil já tem instalada a sua primeira antena rural destinada à quinta geração de internet (5G). A tecnologia funcionará,…
Defensoria recomenda vacina a pessoas presas de grupos prioritários

Defensoria recomenda vacina a pessoas presas de grupos prioritários

A Defensoria Pública do Pará (DPE) emitiu uma recomendação ao Governo do Estado para que as pessoas privadas de liberdade…
Comissão da OMS faz recomendações para evitar próxima pandemia

Comissão da OMS faz recomendações para evitar próxima pandemia

Um novo sistema global transparente deveria ser criado para apurar surtos de doenças, habilitando a Organização Mundial da Saúde (OMS)…