Correio de Carajás

Consulta pública revela que 87% são contrários a mudar nomes de folhas

Resultado revela que mais da metade das pessoas é contrária ao projeto - Foto: Evangelista Rocha

DEIXA COMO ESTÁ

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Consulta Pública realizada pela Escola do Legislativo de Marabá (Elmar) para ouvir a opinião da população de Marabá sobre as mudanças propostas pelo Poder Executivo para alteração nos nomes das folhas encerrou no dia 3 deste mês de junho e o resultado revela que mais da metade das pessoas é contrária ao projeto elaborado pela Secretaria de Indústria e Comércio de Marabá (Sicom).
Ao todo, segundo a Elmar, participaram da consulta 2.386 pessoas. Havia cinco perguntas que foram apresentadas no questionário. A primeira era: “você concorda que a Nova Marabá precisa ser organizada geograficamente e ser renomeada?” Como resposta, 78% dos participantes disseram serem contrários, enquanto 21,7% se manifestaram positivamente.
Para a segunda pergunta: “você concorda com a mudança das folhas, que passarão a ter nome de frutas regionais?” Para essa questão, 87,1% deram um sonoro “não”, enquanto 12,9% foram favoráveis.
Ainda segundo a consulta, 65,40% preferem continuar com o mesmo nome; 17,40% foram favoráveis a acrescentar o nome “bairro” em todas as folhas, como por exemplo: Bairro Folha 28.
Também recebeu posicionamento bastante negativo a proposta de denominar as ruas da Nova Marabá com nomes de pássaros da América do Sul. Entre os mais de 2.380 participantes da consulta, 85,2% disseram “não”, enquanto 14,8% concordaram com a sugestão.
Ao permitir que os participantes dessem sugestões para alterações, a Câmara recebeu inúmeras propostas diferentes, algumas inusitadas. Mas, 31,60% opinaram que as ruas de cada folha ou bairro devem ser nomeadas com nomes de personalidades ou fatos históricos. Exemplo: Rua 15 de Novembro, Rua Luzia Nunes.
Para 16,30% dos internautas, as ruas de cada folha ou bairro devem ser nomeadas com números, como: Rua 1, Rua 2, Rua 3. Mas, para 15,10%, as ruas de cada folha devem ser nomeadas com letras alfabéticas: Rua A, Rua B, Rua C. Por fim, 37% apresentaram sugestões bastante variadas. (Fonte: Ascom CMM)

Comentários

Mais

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

José Divino Naves, mais conhecido como Dr. Naves, desembarcou às 16h30 deste sábado (18) em Marabá, após passar 5 meses…
Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Passados 11 anos desde a realização do último censo nacional, o Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, uma associação sem…
Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na noite desta sexta-feira que aprovou a indicação do medicamento baricitinibe para…
Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

O Pará contabilizou mais 51 casos de Covid-19 e 4 mortes causadas pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“O Forma Pará, antes de qualquer coisa, é um programa que cuida de pessoas. E vocês também serão profissionais que…
Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

A família do adolescente Marcos Henrique dos Santos, de 14 anos, que foi morto na noite desta quinta-feira (16), no…