Correio de Carajás

Comunidade Kolping de Marabá forma 240 jovens neste final de ano

Após cinco meses de curso, jovens estão prontos para a primeira experiência de trabalho no mercado formal.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Comunidade Kolping entregou, na última quinta-feira, 12, certificação a 240 jovens que participaram durante este ano dos cursos de formação do “Programa Qualifica”, ofertados pela Ong. A inciativa é uma parceria da Kolping de Marabá com o Ministério Público do Trabalho, Ministério Público Estadual e Prefeitura de Marabá.

O Programa Qualifica é um projeto que propõe a formação técnica de adolescentes e jovens, cursando o ensino fundamental e médio, que cumprem medida sócio educativa na região Sudeste do Estado. O programa oferece cursos com duração de cinco meses, na modalidade administrativa (com carga horária de 160 horas) e industrial (com carga horária de 320h). Entre eles, destacam-se os cursos de informática, auxiliar de almoxarifado, mecânica, eletricidade, pintura predial, entre outros.   

Segundo a coordenadora da Kolping de Marabá, Andreia Rodrigues, esta é a segunda parceria da instituição com o Ministério Público do Trabalho, e teve um resultado acima da média. “2019 foi um ano muito bom, muito produtivo. Só no segundo semestre, por meio desta parceria com o Ministério Público do Trabalho, nós entregamos 425 certificados. Atualmente temos 200 jovens inseridos no mercado na função de aprendiz, e agora com a conclusão desta segunda leva de cursos, são mais 240 jovens aptos para entrarem no mercado de trabalho”, pontua a gestora.

Leia mais:

Entre os diferenciais do programa, Andreia Rodrigues destaca a metodologia. Os alunos tiveram acesso a uma formação humanizada, que privilegiou, além dos conteúdos específicos de cada ofício, temas relacionados ao relacionamento humano. “Nós tivemos um trabalho muito grande com eles, na questão das relações humanas, do comportamento. Nossa metodologia se voltou para a questão relacional e de integração. Hoje, eles estão prontos para conhecer o mercado sob uma ótica mais humana, empática e proativa”, salienta.

Ainda de acordo com a coordenadora da Kolping de Marabá, após a entrega dos certificados, os dados de todos os jovens formandos serão integrados a um banco de dados para futuras contratações: “Eles já estão automaticamente cadastrados para colocarmos eles no mercado de trabalho por meio do programa de aprendizagem, o Jovem Aprendiz. Convidamos também as empresas para absorverem estes jovens nos seus quadros funcionais”.

 MISSÃO SOCIAL   

A Comunidade Kolping de Marabá é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 1989 pelo padre italiano da congregação jesuíta Pietro Colzani. Nos últimos 30 anos a instituição realiza um trabalho de apoio à sociedade de Marabá, especialmente aos adolescentes e jovens. Segundo Andreia Rodrigues, o trabalho de formação oferecido para a comunidade não é só uma prestação de serviços, mas uma missão. “A Kolping tem uma grande missão, uma responsabilidade que é a superação da pobreza através de qualificação profissional. Nós trabalhamos com adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social, então a gente sabe a responsabilidade e importância deste trabalho”, pontua. (Bianca Levy)

Comentários

Mais

Briga de vizinhos termina em morte na Folha 33

Briga de vizinhos termina em morte na Folha 33

Por volta das 5 horas da manhã deste domingo (18), Washington Santos Batista, 41 anos, recebeu golpes de arma branca…
Homem é assassinado na Feira do Rio Verde quando jogava bozó

Homem é assassinado na Feira do Rio Verde quando jogava bozó

Por volta das 13h deste domingo (18) um homem identificado como Pedro Alife Reis França foi assassinado na Feira do…
Colisão de motos deixa dois mortos e um ferido no bairro Betânia

Colisão de motos deixa dois mortos e um ferido no bairro Betânia

Por volta das 15 horas deste sábado (17), uma colisão frontal entre duas motos no bairro Betânia, em Parauapebas, resultou…
Trio é detido por tráfico no bairro Altamira

Trio é detido por tráfico no bairro Altamira

Na noite desta sexta-feira (16), a policia autuou três jovens por tráfico de drogas no bairro Altamira, em Parauapebas. Viniciu…
Menor de idade é baleado no bairro Liberdade

Menor de idade é baleado no bairro Liberdade

Na noite desta sexta-feira (16), um menor de idade foi alvejado no antebraço em sua casa, no bairro Liberdade, em…
Dr. Jairinho é investigado por agressões a três crianças; entenda

Dr. Jairinho é investigado por agressões a três crianças; entenda

Com o novo depoimento de uma ex-namorada de Dr. Jairinho, Débora Melo Saraiva, já são três casos investigados pela polícia sobre crianças…