Correio de Carajás

Comerciantes de Parauapebas projetam fim de ano com esperança

Comércio em Parauapebas vive expectativa de recuperação nos próximos meses (Imagem: Ronaldo Modesto)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Momento é de recuperação após dois anos difíceis causados pela pandemia do coronavírus

Entre todos os infortúnios que a terrível pandemia do coronavírus causou e ainda tem causado — uma vez que não chegamos ao fim dela –, as milhares de vidas perdidas devem sempre serem lembradas em primeiros lugar, por simplesmente não terem como serem recuperadas. Foram meses de muita incerteza e medo, mas que aos poucos vão se findando, ao ritmo em que vemos a população sendo vacinada, resultando na diminuição dos casos da doença.

O que é recuperável, e certamente será, é o status da economia atual no Brasil. Em Parauapebas, onde boa parte do comércio definhou durante os últimos 20 meses, o momento é de esperança para os lojistas. Com a Black Friday, o Natal, a virada de ano e um 2022 sem o peso das quarentenas – ao menos é o que se espera – o setor se anima e esquenta para receber os consumidores deste momento em diante.

Entrevistado pelo Portal Correio de Carajás, o presidente da Comissão de Dirigentes Lojistas de Parauapebas (CDL), Euler Roni dos Santos, que também é empresário, relembra o período difícil para o comércio parauapebense. “Tivemos segmentos que fecharam as portas, shoppings e galerias fechadas por vários meses, e 2021 está sendo um ano de recuperação gradativa. Projetamos um Natal diferente do último ano”, disse o lojista.

Leia mais:
Euler dos Santos, da CDL, prevê período semelhante ao de 2018 (Imagem: Ronaldo Modesto)

“Os hábitos de compra da população mudaram após a pandemia”, ressalta Euler, comentando sobre o e-commerce, principalmente nos setores alimentícios e de vestimentas. “Isso afeta nosso comércio local e estamos nos adaptando à nova realidade. Nós, empresários, vamos ter que aprender a lidar com essa nova forma de consumo”, diz Euler, projetando uma virada de ano similar à de 2018.

Adenilton Alves de Freitas, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Bens e Serviço de Parauapebas (SINTRACPAR), estimou que o consumo no comércio, por conta da questão de saúde e também do aumento do desemprego e portas fechadas nas lojas, sofreu uma queda de 70% no país, revés este que também foi muito sentido em Parauapebas, ao que Adenilton agradeceu publicamente os trabalhadores de locais de atividades essenciais, como supermercados e farmácias.

Adenilton Freitas, da SINTRACPAR, admitiu cautela com o comércio (Imagem: Ronaldo Modesto)

Ele ainda afirma que a geração de emprego na cidade, um dos locais referência no Pará e no Brasil nesse quesito, está “tímida” atualmente. Algumas vagas surgiram, segundo Adenilton, por conta de muitos ainda estarem impedidos de voltar à rotina, por pertencerem a grupos de risco ou o caso das grávidas, sobre quem o Governo Federal ainda age com cautela em relação a vacinação.

Mesmo com o pessimismo do sindicalista em relação às vagas de emprego no fim do ano, o Portal Correio de Carajás conversou com Hadiel Gonçalves, vendedor de loja de eletrodomésticos na Avenida do Comércio, que conseguiu emprego fixo para trabalhar na época mais quente para a economia no ano. O recém-empregado estima um bom desempenho para o período.

Hadiel Gonçalves demonstrou otimismo para vendas na virada de ano (Imagem: Ronaldo Modesto)

“Muitas promoções já estão ativas e a procura está alta, mesmo que os preços tenham aumentado bastante em relação ao período pré-pandemia”, disse Hadiel. Ele finaliza afirmando que o comércio onde trabalha já está preparado para receber os consumidores. (Juliano Corrêa e Ronaldo Modesto)

Comentários

Mais

Instituto Miguel Chamon entrega óculos no Liberdade, em Parauapebas

Instituto Miguel Chamon entrega óculos no Liberdade, em Parauapebas

Durante o mês de outubro, o Instituto Miguel Chamon esteve em diferentes localidades de Parauapebas e do Pará realizando atendimentos…
Assinado convênio para implantação do Centro Nacional de Vacinas

Assinado convênio para implantação do Centro Nacional de Vacinas

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) assinou hoje (8) um convênio para implantação do Centro Nacional de Vacinas,…
Pelé é internado para tratamento de tumor do cólon

Pelé é internado para tratamento de tumor do cólon

Pelé voltou a ser internado no Hospital Israelita Albert Einstein para dar sequência ao tratamento do tumor de cólon, identificado…
Ômicron chega a 57 países e hospitalizações devem subir

Ômicron chega a 57 países e hospitalizações devem subir

A variante Ômicron já foi notificada em 57 países, e o número de pacientes que precisarão de internação hospitalar provavelmente aumentará…
Portadores de fibromialgia começam a receber carteirinha a partir de sexta-feira (10)

Portadores de fibromialgia começam a receber carteirinha a partir de sexta-feira (10)

Na próxima sexta-feira (10), às 10h da manhã, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Departamento de Doenças…
Operações da Semas no período de defeso apreendem mais de 15 toneladas de pescado

Operações da Semas no período de defeso apreendem mais de 15 toneladas de pescado

A fim de combater a captura ilícita de peixes no período do defeso, (prazo estabelecido de acordo com a época…