Correio de Carajás

Começa apoio psicológico a quem combate a Covid-19

Reunião entre as equipes de Unifesspa e Prefeitura fechou a parceria / Imagem: Divulgação
Reunião entre as equipes de Unifesspa e Prefeitura fechou a parceria / Imagem: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Faculdade de Psicologia da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Fapsi/Unifesspa) está coordenando um projeto para garantir apoio psicológico a profissionais de saúde que estão atuando no combate ao novo coronavírus, em Marabá. Psicólogos da Unifesspa, da Prefeitura Municipal, psicólogos voluntários e alunos do curso de Psicologia, sob supervisão clínica, integram esta rede de acolhimento.

O serviço de escuta psicológica pode ser acessado por profissionais de saúde e de outras áreas como limpeza, vigilância e logística que atuam em hospitais, clínicas e postos de saúde. Os atendimentos serão realizados de forma on-line, utilizando os diversas meios digitais como whats app, skype, ligação telefônica, entre outras formas de mediação virtual.

O objetivo é oferecer apoio aos profissionais que estão expostos à rotina de cansaço, estresse, medo e outras dificuldades enfrentadas durante a pandemia, causada pelo novo coronavírus. São médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, mas também cozinheiros, vigilantes e terceirizados que estão lidando indiretamente com a crise epidemiológica, dentro das instituições de saúde.

Leia mais:

Atualmente, são 1800 profissionais atuando na rede de saúde municipal, muitos deles nunca vivenciaram um momento de grave crise epidemiológica, e que podem vir a sofrer com os impactos dessa pandemia. Para definir os encaminhamentos do projeto, a Unifesspa promoveu uma reunião por vídeo-conferência no último dia 24, com gestores da Saúde.

Com a presença da vice-reitora da Unifesspa no exercício da Reitoria, Idelma Santiago, foram discutidos detalhes importantes do projeto, como questões metodológicas, de logística e de comunicação.

“Esta é uma ação extremamente importante e que precisa começar o mais breve possível. Por isso, daremos agilidade nessa formalização e reforçamos o apoio da Administração Superior para que a Unifesspa ofereça contribuições à sociedade, nesse momento difícil. Além dessa iniciativa, outras estão sendo somadas a exemplo do Painel Reflexão em tempos de crise, que criamos para dar contribuições científicas no enfrentamento ao novo coronavírus”, destacou a reitora em exercício, Idelma Santiago.

A professora Katerine Sonoda, que já coordena uma ação de acolhimento psicológico para alunos da Unifesspa, destacou a relevância do atendimento on-line, serviço já regulamentado pelo Conselho Regional de Psicologia. “Sabemos que o atendimento presencial tem uma ação muito mais potente, porém, diante de uma situação de pandemia, que exige cuidado com a segurança de todos, os atendimentos on-line têm se mostrado muito viáveis. O atendimento remoto, especialmente em situações de crise como esta, possui grande eficácia terapêutica”, disse.

SERVIÇO

Os profissionais que se enquadram no direito a esse serviço de escuta psicológica qualificado são: enfermeiros, nutricionistas, dentistas, médicos, técnicos em enfermagem, pessoal da limpeza, cozinheiros, maqueiros, psicólogos e outros profissionais que estejam atuando durante a pandemia da Covid-19. As pessoas devem enviar contato e um breve histórico por escrito da situação pela qual está passando para o e-mail: [email protected] (Fonte: Ascom Unifesspa)

Comentários

Mais

Caminhão a serviço do Dnit derruba tanque e VP-8 é parcialmente bloqueada

Caminhão a serviço do Dnit derruba tanque e VP-8 é parcialmente bloqueada

Uma das rotatórias da avenida VP-8 da nova Marabá estava parcialmente isolada nesta manhã de domingo (20), bem perto da…
Presidente do Incra exalta reforma agrária

Presidente do Incra exalta reforma agrária

Presidente do Incra exalta reforma agrária Em seu discurso no evento em Marabá, o presidente do Incra, Geraldo Melo Filho,…
Começa hoje a vacinação da  população sem prioridade

Começa hoje a vacinação da população sem prioridade

Um mutirão de dois dias vai marcar o momento tão esperado pelos marabaenses: o início da vacinação contra a covid-19…
Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

A Secretaria Municipal de Saúde de Canaã dos Carajás recebeu do Governo do Estado 3.140 doses de vacina contra o…
Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

A administração pública de Parauapebas trabalha para resolver a situação dos indígenas venezuelanos da etnia Warao, que estão acampados há…
Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Logo após a execução do Hino Nacional, no Parque de Exposições, nesta sexta-feira, dia 18, o prefeito de Marabá, Tião…