Correio de Carajás

Com espetáculo multissensorial, Yaguara celebra 20 anos de palco

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Visão e audição são os dois principais sentidos exigidos para assistir a Burlesque, a nova magia da Cia. de Dança Yaguara, que na noite deste sábado, 18 de novembro, comemorou 20 anos de atuação visceral no palco. Mas há espaço também para aguçar o olfato e até mesmo o paladar de forma metafórica.

Tudo no show realizado no teatro da Faculdade Metropolitana favorecia para aproximar a plateia do palco: luzes, coreografia, figurino e o carisma dos atores-bailarinos, que sabiam desde o primeiro dia que começaram a ensaiar – dez meses atrás – que Burlesque é, mais do que tudo, a arte da sedução.

Cláudio Roberto, diretor do espetáculo e da Cia. Yaguara, revela que os 18 bailarinos e 5 diretores disponibilizaram muitos dias de ensaio exaustivo para torná-lo o mais real possível. “Foram horas e horas de repetição pra pegar até o respirar do personagem. Realizamos trabalhos individuais e em grupo de forma intensa. Acho que a parte mais difícil foi interpretar a dublagem”, avalia Claúdio.

Leia mais:

E não era apenas a mente que estava preparada para a apresentação. Com três sessões durante a noite, os bailarinos estavam, também, cientes de que fisicamente haveria muitos desgastes e não aparentaram cansaço ou monotonia até o último minuto do espetáculo.

Um total de 930 pessoas acompanharam o show musical e dançante durante as três sessões. Questionado se pretende realizar outras apresentações do referido espetáculo, Claúdio Roberto afirma que sim, revelando que já recebeu convites para Bom Jesus do Tocantins e Canaã dos Carajás. “Vamos levar esse musical para municípios da região até abril de 2018. Tivemos muitos preparativos e investimentos para que se resuma em apenas uma noite”, justifica.

Ele agradece o apoio que recebe de empresas e comerciantes de Marabá. Entre os quais, destaca Lázaro Som e Luz, que doou a estrutura de iluminação, e ainda a Faculdade Metropolitana, que cedeu o espaço gentilmente.

Sinopse

Ali (Valéria Marques) deixou sua pequena cidade natal em busca do sucesso em Los Ângeles. Logo ao chegar, ela conhece a boate Burlesque, especializada em shows musicais de belas mulheres, que sempre se apresentam usando playback. O local é gerenciado por Tess (Thais Cristina), que nega uma chance a Ali. Ela insiste e consegue ser contratada como garçonete, graças à ajuda do balconista Jack (Erivelton Marques).

Ali passa a acompanhar todos os shows, decorando as canções e coreografias. Quando Tess e seu braço-direito Sean (Thiago Mattos) realizam uma audição em busca de novas bailarinas, Ali aproveita a chance para mostrar do que é capaz. E põe capacidade nisso. (Ulisses Pompeu)

 

Coreografia

Cláudio Yaguara

Augusto Wesley

Figurinos

Janinas Malharia

Francisco Taveira

Direção geral

Cláudio Yaguara

Patrocinador oficial

SINOBRAS

 

Bailarinos

Carla

Jaque

Eduardo

Valeria (Ally)

Erivelton

Nando

Ingrid

Janina

Henrique

Yria

Derlan

Wess

Kemylle

Cristina

Fernando

Diretores:

Rafael Machado

Karine

Marcos Petri

Vanuci

Cláudio

Visão e audição são os dois principais sentidos exigidos para assistir a Burlesque, a nova magia da Cia. de Dança Yaguara, que na noite deste sábado, 18 de novembro, comemorou 20 anos de atuação visceral no palco. Mas há espaço também para aguçar o olfato e até mesmo o paladar de forma metafórica.

Tudo no show realizado no teatro da Faculdade Metropolitana favorecia para aproximar a plateia do palco: luzes, coreografia, figurino e o carisma dos atores-bailarinos, que sabiam desde o primeiro dia que começaram a ensaiar – dez meses atrás – que Burlesque é, mais do que tudo, a arte da sedução.

Cláudio Roberto, diretor do espetáculo e da Cia. Yaguara, revela que os 18 bailarinos e 5 diretores disponibilizaram muitos dias de ensaio exaustivo para torná-lo o mais real possível. “Foram horas e horas de repetição pra pegar até o respirar do personagem. Realizamos trabalhos individuais e em grupo de forma intensa. Acho que a parte mais difícil foi interpretar a dublagem”, avalia Claúdio.

E não era apenas a mente que estava preparada para a apresentação. Com três sessões durante a noite, os bailarinos estavam, também, cientes de que fisicamente haveria muitos desgastes e não aparentaram cansaço ou monotonia até o último minuto do espetáculo.

Um total de 930 pessoas acompanharam o show musical e dançante durante as três sessões. Questionado se pretende realizar outras apresentações do referido espetáculo, Claúdio Roberto afirma que sim, revelando que já recebeu convites para Bom Jesus do Tocantins e Canaã dos Carajás. “Vamos levar esse musical para municípios da região até abril de 2018. Tivemos muitos preparativos e investimentos para que se resuma em apenas uma noite”, justifica.

Ele agradece o apoio que recebe de empresas e comerciantes de Marabá. Entre os quais, destaca Lázaro Som e Luz, que doou a estrutura de iluminação, e ainda a Faculdade Metropolitana, que cedeu o espaço gentilmente.

Sinopse

Ali (Valéria Marques) deixou sua pequena cidade natal em busca do sucesso em Los Ângeles. Logo ao chegar, ela conhece a boate Burlesque, especializada em shows musicais de belas mulheres, que sempre se apresentam usando playback. O local é gerenciado por Tess (Thais Cristina), que nega uma chance a Ali. Ela insiste e consegue ser contratada como garçonete, graças à ajuda do balconista Jack (Erivelton Marques).

Ali passa a acompanhar todos os shows, decorando as canções e coreografias. Quando Tess e seu braço-direito Sean (Thiago Mattos) realizam uma audição em busca de novas bailarinas, Ali aproveita a chance para mostrar do que é capaz. E põe capacidade nisso. (Ulisses Pompeu)

 

Coreografia

Cláudio Yaguara

Augusto Wesley

Figurinos

Janinas Malharia

Francisco Taveira

Direção geral

Cláudio Yaguara

Patrocinador oficial

SINOBRAS

 

Bailarinos

Carla

Jaque

Eduardo

Valeria (Ally)

Erivelton

Nando

Ingrid

Janina

Henrique

Yria

Derlan

Wess

Kemylle

Cristina

Fernando

Diretores:

Rafael Machado

Karine

Marcos Petri

Vanuci

Cláudio

Comentários
Helen McCrory, atriz de 'Peaky Blinders' e 'Harry Potter', morre aos 52 anos

Helen McCrory, atriz de 'Peaky Blinders' e 'Harry Potter', morre aos 52 anos

A atriz Helen McCrory, conhecida por papéis na série “Peaky Blinders” e na franquia “Harry Potter”, morreu nesta sexta-feira (16),…
Joelma lança clipe sobre força e libertação feminina: ‘Cheguei ao fundo do poço algumas vezes’

Joelma lança clipe sobre força e libertação feminina: ‘Cheguei ao fundo do poço algumas vezes’

O nome dela é Joelma, mas pode chamar de Fênix. Ou libélula, como a cantora se mostrará a partir desta quinta-feira…
Mick Jagger lança 'Eazy Sleazy' em parceria com Dave Grohl para celebrar fim do lockdown na Inglaterra

Mick Jagger lança 'Eazy Sleazy' em parceria com Dave Grohl para celebrar fim do lockdown na Inglaterra

Mick Jagger lançou, de surpresa, uma música nesta terça-feira (13), “Eazy Sleazy”, que comemora o fim do lockdown na Inglaterra…
Virada Digital 2021 abre inscrições para workshops gratuitos

Virada Digital 2021 abre inscrições para workshops gratuitos

A Virada Digital 2021 abre, na segunda-feira (12), as inscrições para quatro workshops gratuitos sobre comunicação, escrita poética, cinema e…
Ulda Wambergue lança “Amor Líquido” nesta sexta (9)

Ulda Wambergue lança “Amor Líquido” nesta sexta (9)

O amor pode até ser efêmero, mas, isso não quer dizer que ele não exista. É dessa premissa que nasce…
Movimenta Pebas inscreve para curso de cinema com Cavi Borges

Movimenta Pebas inscreve para curso de cinema com Cavi Borges

Estão abertas as inscrições para o curso on-line sobre História do Cinema de Baixíssimo Orçamento. Esta é a primeira atividade…