Correio de Carajás

CMP determina apuração em caso de veículo envolvido em acidente

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
36 Visualizações

Depois do protesto realizado na última terça (26) pela família do pintor Fernando Pereira dos Santos, de 22 anos, que morreu em um acidente no qual estaria envolvido o vereador João Assi, o João do Feijão (PV), a Câmara Municipal de Parauapebas (CMP) emitiu nota dizendo que já encaminhou memorando à Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, determinado a abertura de procedimento administrativo para apurar o envolvimento do veículo locado pelo Poder Legislativo no caso.

É que a caminhonete em que vereador estava quando se envolveu no acidente é locada pela Câmara Municipal. A família de Fernando acusa o vereador de estar sob efeito de bebida alcoólica quando atropelou a vítima, que voltava a pé de uma partida de futebol. O pintor morreu na hora. O vereador se apresentou na polícia 48 horas após acidente, foi ouvido e depois liberado.

Até o momento, o vereador não se manifestou sobre o assunto. Ele esteve na Câmara na última terça-feira, chegou a dizer que participaria da sessão, mas ao ver a grande manifestação contra ele, feita por parentes e amigos do pintor, não apareceu em plenário. Veja na íntegra a nota emitida pela Câmara Municipal:

Leia mais:

“Em relação ao acidente automobilístico ocorrido no último dia 16, envolvendo um veículo locado pela Câmara Municipal de Parauapebas, dirigido pelo vereador João Assi, culminando com a morte do pedestre Fernando Pereira dos Santos, a Câmara de Vereadores esclarece o seguinte:

a) O vereador se apresentou à Delegacia de Polícia Civil e prestou depoimento, narrando as circunstâncias do lamentável acidente;

b) Posteriormente, João Assi comunicou oficialmente o fato à presidência da Casa de Leis, apresentando cópia do depoimento prestado à Polícia Civil;

c) A presidência da Câmara Municipal, por sua vez, encaminhou memorando à Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, determinando a abertura de procedimento administrativo para apurar o envolvimento do veículo locado pelo Poder Legislativo no referido acidente com vítima fatal.

A Câmara Municipal lamenta profundamente o fatídico acidente e se solidariza com a dor pela qual passa a família da vítima. (Tina Santos)

Depois do protesto realizado na última terça (26) pela família do pintor Fernando Pereira dos Santos, de 22 anos, que morreu em um acidente no qual estaria envolvido o vereador João Assi, o João do Feijão (PV), a Câmara Municipal de Parauapebas (CMP) emitiu nota dizendo que já encaminhou memorando à Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, determinado a abertura de procedimento administrativo para apurar o envolvimento do veículo locado pelo Poder Legislativo no caso.

É que a caminhonete em que vereador estava quando se envolveu no acidente é locada pela Câmara Municipal. A família de Fernando acusa o vereador de estar sob efeito de bebida alcoólica quando atropelou a vítima, que voltava a pé de uma partida de futebol. O pintor morreu na hora. O vereador se apresentou na polícia 48 horas após acidente, foi ouvido e depois liberado.

Até o momento, o vereador não se manifestou sobre o assunto. Ele esteve na Câmara na última terça-feira, chegou a dizer que participaria da sessão, mas ao ver a grande manifestação contra ele, feita por parentes e amigos do pintor, não apareceu em plenário. Veja na íntegra a nota emitida pela Câmara Municipal:

“Em relação ao acidente automobilístico ocorrido no último dia 16, envolvendo um veículo locado pela Câmara Municipal de Parauapebas, dirigido pelo vereador João Assi, culminando com a morte do pedestre Fernando Pereira dos Santos, a Câmara de Vereadores esclarece o seguinte:

a) O vereador se apresentou à Delegacia de Polícia Civil e prestou depoimento, narrando as circunstâncias do lamentável acidente;

b) Posteriormente, João Assi comunicou oficialmente o fato à presidência da Casa de Leis, apresentando cópia do depoimento prestado à Polícia Civil;

c) A presidência da Câmara Municipal, por sua vez, encaminhou memorando à Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, determinando a abertura de procedimento administrativo para apurar o envolvimento do veículo locado pelo Poder Legislativo no referido acidente com vítima fatal.

A Câmara Municipal lamenta profundamente o fatídico acidente e se solidariza com a dor pela qual passa a família da vítima. (Tina Santos)

Comentários

Mais

Inscrições para Programa de Estágio foram prorrogadas até dia 21

Inscrições para Programa de Estágio foram prorrogadas até dia 21

O Grupo Equatorial Energia prorrogou até esta quarta-feira, dia 21, as inscrições para o processo seletivo do seu Programa de…
Mulher é atacada por dois pitbulls em Conceição do Araguaia

Mulher é atacada por dois pitbulls em Conceição do Araguaia

Uma mulher foi atacada por dois cachorros da raça pitbull em Conceição do Araguaia, no sul do Estado. O fato…
Políticas públicas garantem defesa de direitos dos Povos Indígenas no Pará

Políticas públicas garantem defesa de direitos dos Povos Indígenas no Pará

O técnico agrícola Raimundo Delival é extensionista rural da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) há…
Média de mortes em 2020 não foi menor que em 2019

Média de mortes em 2020 não foi menor que em 2019

Postagem do cantor Roger Moreira no Twitter usa dados antigos e incompletos de mortes por covid-19 no Brasil. Print do…
Casa da Cultura lança oficina virtual e gratuita de grafismo indígena

Casa da Cultura lança oficina virtual e gratuita de grafismo indígena

No Dia do Índio é comum as crianças chegarem da escola com o rosto pintado e um cocar na cabeça.…
Pará atinge o segundo lugar no ranking nacional de vacinação contra Covid-19

Pará atinge o segundo lugar no ranking nacional de vacinação contra Covid-19

O Pará já é o segundo estado que mais aplicou doses de vacinas contra a Covid-19 entregues pelo governo federal,…